Fernando Machado

Blog

Tag vestidos

Esquinas do Mundo

Na lista dos vestidos mais icônicos de todos os tempos colocou o de Marilyn Monroe, do filme O Pecado Mora ao Lado, criado pelo figurinista William Travilla, leiloado em 2011, por 4,6 milhões de dólares em primeiro lugar. No segundo lugar, ficou o de Jennifer Lawrence usado na cerimônia do Oscar de 2013, e Nicole Kidman by John Galliano de dois milhões dólares que usou na cerimônia do Oscar de 1997, ficou no terceiro lugar. MM sempre é inigualável.

Marilyn Monroe e sua famosa saia esvoaçante (Fotos: Divulgação)

Carmen Miranda e Amanda Acosta (Fotos: Divulgação)

Na próxima terça-feira, a pequena notável Carmen Miranda se viva fosse estaria comemorando 112 anos. Em comemoração a essa data, sob a direção de Kleber Montanheiro, estreou ontem no Centro Cultural Banco do Brasil no Rio de Janeiro, o musical Carmen, a Grande Pequena Notável. Carmen Miranda renasce no palco via atriz Amanda Acosta.

Acontecencias

A coleção composta de vestidos, batas, blusas, shorts e saia confeccionados de tecidos nobres como seda, rendas, crepe e etc. A cartela de cores é vibrante e poderosa, destaque para os tons de verde, amarelo, vermelho e laranja. As peças são perfeitas para festas de fim de ano, mini weddings e ocasiões especiais. “É minha primeira coleção ready to wear e o sucesso é absoluto. Estar na Namix em Trancoso é super especial. As peças tem tudo a ver com o clima do vilarejo, chique e sem muito compromisso”, conta o estilista libanês radicado em São Paulo, Lucas Andrei.

Os looks de Lucas Andrei (Foto: Divulgação)

A atriz Tóia Ferraz mostra sua versatilidade na profissão quando trabalha como diretora. Na próxima semana, será lançado o primeiro curta da atriz desempenhando esse papel, ao lado do diretor da O2 Filmes, André Gustavo. O filme foi filmado 100% remoto, e se chama Tomás, o Projeto contando a história de um artista plástico que está isolado em sua casa e está enfrentando seu inferno particular. O curta faz parte da série Crônicas da Pandemia e tem como protagonista o ator Flávio Bauraqui. O elenco estão, ainda, Augusto Madeira, Thiago Justino, Marcela Rosis e Amanda Brambilla.

A atriz Toia Ferraz (Foto: Michelle Silva)

Está tudo pronto para a abertura, em soft open, do LUP Beach Club, primeiro empreendimento de porte da região de Guadalupe. De frente para a belíssima Ilha de Santo Aleixo, a estrutura promete ser o point do verão de quem procura o Litoral Sul para passar a temporada. O club está estrategicamente próximo a Carneiros e Tamandaré, e também de Porto de Galinhas, já que muita gente que vem para o balneário costuma “descobrir” outras praias. O LUP abre hoje, exclusivamente mediante reservas, para garantir apenas 50% da ocupação prevista.

Os mais belos nos tempos das passarelas

Elvira Wilberg e Teresinha Morango (Fotos: O Cruzeiro)

Como estamos em tempo uma peste, as noticias não aparecem, e quando surgem é para falar de Coronavirus e noticias dessa doença eu me recuso a publicar. Quero coisas positivas e glamour. Por isso então resolvi hoje escrever sobre os vestidos mais Bonitos dos concursos de Miss Brasil. Foram os que me recordo, pois tiveram outros belíssimos. Meu Top 10 são os seguintes.

Dione Oliveira e Maria Euthymia Manso (Fotos: O Cruzeiro)

Começo por 1955 e o look que não esqueço foi o da Miss Distrito Federal, Elvira da Veiga Wilberg, em linha princesa e rebordado. Outro modelo maravilhoso foi de Miss Amazonas e Miss Brasil de 1957, Teresinha Morango, também estilo princesa. Em 1959 tivemos dois vestidos fantásticos: o da Miss Bahia, Maria Euthymia Manso Dias by Casa Canadá e o da Miss Pernambuco, Dione Brito Oliveira by Marcilio Campos.

Victor Moreira, Maria Lucia Santa Cruz e Kalina Ligia Nogueira (Fotos: Divulgação/Manchete)

O da Miss Pernambuco de 1961, Maria Lucia Santa Cruz, criado pelo figurinista Victor Moreira, era impecável. Quando entrou na passarela com uma capa preta foi impactante, mas o melhor veio depois, ao tirar a capa e surgir um look rebordado. Em 1963 fico com o da Miss Paraíba, Kalina Ligia Nogueira by Marcilio Campos. O de 1964 foi o da Miss Guanabara, a deusa de ébano Vera Lucia Couto todo ele feito de fuxico.

Vera Lucia Couto e Martha Vasconcellos (Fotos: Revista Manchete)

Em 1968 amei o da Miss Bahia, depois Miss Brasil e por fim Miss Universo, Martha Vasconcellos em azul turquesa criado pelo figurinista Gerson. Em 1985 coube a Miss Brasil Mundo, Simone Augusto usar um modelo criado por Marcilio Campos. Lindo de viver. E por último evoco o vestido criado pela modista Nicia Barbalho para a Miss Pernambuco de 1988, a deusa de ébano Ana Maria Guimarães.

Simone Augusto e Ana Maria Guimarães (Fotos: Divulgação)

Miss e Mister Brasil-Estados Unidos de 1993

Há 25 anos, acontecia no Clube Português do Recife, a eleição da Miss e do Mister SCBEU de 1993, promoção da Sociedade Cultural Brasil/Estados Unidos, leia-se o presidente Esmeraldino Oliveira. Participaram do concurso 51 candidatos (34 alunas e 17 alunos). Os vencedores foram Ana Leticia Rocha e Joran Rufino Diniz. A apresentação do festival da beleza foi do professor Esmeraldino Oliveira.

Renata Nunes, Raquel de Oliveira, Gerlane de Lima, Ana Leticia Rocha e Ana Cristina Carvalho (Foto: Beleza)

A comissão julgadora da Miss foi formada por Ana Alice Fontes (Presidente), Ruth Costa, Cristina Vitória Pereira, Ana Cristina Xavier Bondon, Maynard Campos, Alex, Gillene Costa, Elisio Moura, Agostinho Gomes, Tancredo Albuquerque, Carlos Cavalcanti e Orismar Rodrigues.

Vlademir da Costa, Joran Diniz, Gilberto Trindade, Cristiano Gomes e Andre de Medeiros (Foto: Beleza)

A comissão julgadora do Mister foi composta por Rosana Galvão Passos (presidente), Yolanda Rodrigues Leite, Lucia Helena Xavier, Odenilda Souza, Regina Beltrão, Ana Maria Noyama, Ana Claudia Coelho Neves, Eduarda Neves, Tayana Calado, Marcia Rushansky, Daniela Dias Pereira e Pietra Spessato.

O Mister SCBEU Joran Rufino Diniz e a Miss SCBEU Ana Leticia Rocha (Foto: Beleza)

Os vestidos das misses foram criados e confeccionados pela figurinista Lourdinha Noyama, os ternos foram grifados por pela figurinista Lucia Spessato. Os trajes de banho foram da Cris & Luci de Ana Cristina Xavier Bondan e Lucia Helena Xavier. Este evento foi o terceiro e último promovido pela Sociedade Cultural Brasi/Estados. A coordenação foi dos jornalista Fernando Machado e Muciolo Ferreira.

Joran Diniz, Ana Leticia Rocha, Gracemerce Camboim Miss SCBEU de 1992 e Fabiano Jose da Costa Mister SCBEU de 1992 (Foto: Beleza)

Concorreram ao Miss SCBEU Ana Cristina Pontes de Carvalho (1m72), Ana Leticia Broderodes Olimpio da Rocha (1m70), Gerlane Mendes de Lima (1m67), Raquel Santos de Oliveira (1m69) e Renata Oliveira Nunes (1m65). Participaram do Mister SCBEU André Coelho de Medeiros (1m69), Cristiano da Costa Sampaio Gomes (1m82), Gilberto Henrique de Lins Trindade (1m82), Joran Rufino Diniz (1m85) e Vlademir Azevedo da Costa (1m73).

Gilberto Trindade, Andre de Medeiros, Joran Diniz, Ana Leticia Rocha, Gerlane de Lima Gracemerce Camboim, Ana Cristina Carvalho e Fabiano Costa (Foto: Beleza)

Na classificação final das garotas tivemos em 1º lugar Ana Letícia Rocha, que foi coroada pela Miss SCBEU de 1992 Gracemerce Camboim, em 2º Ana Cristina Carvalho e em 3º lugar Gerlane Mendes. Entre os homens em 1º lugar foi para Joran Rufino Diniz que recebeu a medalha do Mister SCBEU de 1991 Fabiano José da Costa, em 2º lugar ficou Gilberto Henrique Trindade e em 3º ficou André Coelho de Medeiros.