Fernando Machado

Blog

Tag teatro

De Volta para o Passado

Há 170 anos, nascia em Pernambuco, o abolicionista José Mariano Carneiro da Cunha, que morreu no dia 8 de junho de 1912.

A atriz Alda Garrido (Foto: Diário da Manhã)

Há 95 anos, estreava no Teatro de Santa Isabel, a Cia Alda Garrido, com a peça Quem Paga é o Coronel, de Freire Junior. No elenco Alda Garrido, Estephania Louro, Maria Leal, Dulce de Almeida, Georgina Teixeira, Augusta Guimarães, Gilda Rossi, Pepa Ruiz, Guilhermina dos Anjos, Americo Garrido, Alvaro Diniz, Manoelino Teixeira, João Silva, Eder Carvalho, Gim de Almeida, Deolindo Martins, Alvaro Ribeiro e Ferreira Maia.

Há 90 anos, nascia em São Paulo, o ator Edson França, que morreu no dia 25 de fevereiro de 2003.

Há 90 anos, nascia no Ceará, o cantor Evaldo Gouveia, que morreu no dia 29 de maio de 2020.

Há 85 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, o concerto da cantora Vera Janacopulos.

A atriz Carmen Towar (Foto: Acervo de Carmen)

Há 60 anos, na TV Radio Clube, no Grande Teatro A Palmeira, era encenada a tele-novela A Malquerida, realização de Heloisa Helena. No elenco Carmen Towar, Arlete Sales, Heloisa Helena, Rosa Maria, Albuquerque Pereira, Bianor Batista, Francisco Advíncula, Evandro Vasconcelos, Lucio Mauro e Rudy Barbosa.

Há 65 anos, o cientista Alberto Sabin, recebi na UFPE a Medalha de Visitante Ilustre, Doutor Honoris Causa, do reitor Geraldo Lafayette.

Há 35 anos, morria nos Estados Unidos, a atriz Louise Brooks, que nasceu no dia 14 de novembro de 1906.

De volta para o passado

Há 135 anos, o Barão de Casa Forte (Antônio João d’Amorim) fundava, no Recife Antigo, nesse prédio de dois andares, o Clube Internacional do Recife. Ao lado a Matriz do Corpo Santo.

Há 110 anos, era inaugura, em Fortaleza, no Ceará, o Teatro José de Alencar.

Há 90 anos, na Photographia Elite, na Rua Imperatriz, acontecia vernissage do artista plástico Marcel Abougit.

Há 70 anos, era inaugurada na Rua da Penha, o armazém de miudezas Furtunato Russo Sobrinho.

Há 65 anos, Walt Disney inaugurava em Naheim, na Califórnia, a Disneyworld.

Há 65 anos, nascia em Pernambuco. A jornalista Luzanira Rego, que morreu no dia 1 de novembro 2007.

Há 50 anos, começavam as enchentes no Recife, cujo pico aconteceu no dia 21 de julho.

De volta para o passado

Há 100 anos, nascia no Rio de Janeiro, a divina Elizete Cardoso, que morreu no dia 7 de maio de 1990.

Há 95 anos, morria no Rio de Janeiro, o jornalista José Lopes da Silva Trovão, que nasceu no dia 23 de maio de 1848.

Há 90 anos, Mabel Santos, era coroada Miss Caruaru, no Central Sport Clube.

Há 90 anos, o Papa Pio XI, consagrava Nossa Senhora Aparecida como padroeira do Brasil.

Há 85 anos, no Teatro de Santa Isabel acontecia vesperal com a peça de Lucilo Varejão, Casa de Gonçalo, com Grupo Gente Nossa.

A seleção do Uruguai campeã do mundo de 1950 (Foto: Divulgação)

Há 70 anos, acontecia no Maracanã, o jogo Uruguai 2×1 Brasil. E era campeão da Copa do Mundo 1950. Gols de Schiafino e Gighia; Friaça pelo Brasil.

Há 60 anos, acontecia nos salões do Santa Cruz, a festa Misses na Passarela. Participaram as misses Vanja Nobre Jacob (AM), Vanda Lucia Gomes de Medeiros (CE), Jocy Santana de Moraes (ES), Maria das Mercês Moraes (PB), Edna Azevedo (PA), Maria Edilene Torreão (PE) e Mara Bandeira de Melo Labuto (SE).

Há 20 anos, morria no Rio de Janeiro, o líder política Barbosa Lima Sobrinho, que nasceu no dia 22 de janeiro de 1897.

Anotações do Cotidiano

No próximo domingo, das 16h às 19h, acontece a live que da Banda Som da Terra que além de brindar seus 45 anos de existência, ela também terá viés solidário, com o objetivo de arrecadar doações para o Hospital de Câncer de Pernambuco. A live será transmitida pelo canal oficial da banda no YouTube/SomdaTerra e pelo perfil oficial no Instagram @somdaterra. Formada por um estilo marcante, deixando por onde passa uma surpreendente energia performática de talento e alegria, a banda promete momentos especiais durante a live, com canções que marcaram seus 45 anos de carreira. Tudo começou em 1975, via um grupo de amigos do bairro de Casa Amarela.

Banda Som da Terra (Foto: Divulgação)

O Teatro Vivo promove amanhã, às 20h, o monólogo Os Malefícios do Fumo, texto de Anton Tchekhov, com direção e interpretação de Cássio Scapin. O espetáculo conta a história de um homem frustrado, fracassado profissionalmente e dependente de sua esposa. Por questões de sobrevivência, é obrigado a fazer uma conferência sobre os malefícios do tabaco, apesar de ser um de seus poucos prazeres. O projeto inclui ainda uma apresentação musical antes do espetáculo, com André Abujamra. Os ingressos são gratuitos e limitados e podem se inscrever via plataforma @vivo.cultura, no Instagram e após cadastro recebem um link para acesso exclusivo à apresentação.