Fernando Machado

Blog

Tag tarde

Há 60 anos, nascia à estrela Mônica

Mônica Rios Rodrigues (Foto: Fernando Machado)

O almoço de adesão para comemorar os 60 anos da promoter Mônica Rios Rodrigues, no The Black Angus, começou às 13h, mas a aniversariante chegou somente perto das 15h, pisando num tapete vermelho, como em Hollywood. Somente não parecia mais, porque sobre a passadeira jogaram pétalas de rosas vermelhas. A trilha sonora remetia as musicas do cinema. Afinal de contas o tema da festa era 1960, Nasce Uma Estrela.

Alice Souza Leão, Sonia Fernandes, Rosa Peres e Germana Monteiro de Carvalho (Foto: Fernando Machado)

Mônica estava em grande tarde num deux pieces by Skazi. A decoração esplêndida lembrava os rolos de filmes, onde repousavam fotos, em preto e branco, contando a história de sua vida. Desde o primário, passando pela adolescência, pelo casamento e pelo nascimento dos três filhos. O DJ Thiago atacou de músicas bregas e carnavalescas levando as convidadas ao delírio.

Eliana Lapenda Guerra, Tinane Almeida e Eliane Neves Baptista (Foto: Fernando Machado)

Nas picapes ouvimos, Jorge Ben Jor, Ataulfo Alves, Sidney Magal, Ivete Sangalo, Elba Ramalho, mas quando entraram as velhas marchinhas do carnaval a turma não fez por menos, fizeram até cordão como nos velhos tempos. A Marcha do Remador: “Se a canoa não virar, Olê olê olê olá / Eu chego lá / Rema, rema, rema, remador / Quero ver depressa o meu amor / Se eu chegar depois do sol raiar / Ela bota outro em meu lugar”.

Alizete Maynard, Cristina Vita e Lídia Lopes (Foto: Fernando Machado)

A Turma do Funil: “Chegou a turma do funil / Todo mundo bebe, mas ninguém dorme no ponto / Ha ha ha ha, ninguém dorme no ponto / Nóis é que bebemos e eles que ficam tonto”. E ainda teve, para citar apenas, estas a Cabeleira do Zezé: “Olha a cabeleira do Zezé / Será que ele é? / Será que ele é? / Será que ele é bossa nova? / Será que ele é Maomé? / Parece que é transviado / Mas isso eu não sei se ele é / Corta o cabelo dele! / Corta o cabelo dele!”

Gloria Pereira, Sonia Fernandes e Cristina Vita (Foto: Fernando Machado)

Teve também nossos frevos como esse do imortal Capiba: “Madeira do Rosarinho / Vem a cidade sua fama mostrar / E traz com seu pessoal / Seu estandarte tão original / Não vem pra fazer barulho / Vem só dizer… e com satisfação / Queiram ou não queiram os juízes / O nosso bloco é de fato campeão”. Às 17h, tivemos os tradicionais parabéns, para você, cantado por um coral de 90 vozes e corte do bolo grifado por Mariana Vita.

Augusta Soares, Dora Rangel Moreira, Rosinha Spinelli, Fátima Maia e Vera Costa (Foto: Fernando Machado)

O encontro foi coordenado pelas amigas Lidia Lopes e Germana Monteiro de Carvalho, e com o apoio de Eliana Lapenda Guerra, Lourdes Barreto, Cristina e Carmen Vita, Sandra Fonseca, Silvia Maciel Carvalho, Zenia Vilarim, Elisa Castro e Eliane Neves Baptista. Sem dúvida uma festa que ficou marcada na vida da aniversariante e dos que foram prestigia-la.

Iara Dubeux e Mônica Rios Rodrigues (Foto: Fernando Machado)

Parabéns, Dona Lia!

O padre Tiaraju abençoando dona Lia (Foto: Paulo Higor Nunes)

Márcia Souto Carvalho e Marta Freire (Foto: Fernando Machado)

A senhora Marta Freire, née Brito Alves, abriu as portas do seu belíssimo apartamento da Avenida Boa Viagem, ontem, ao cair da tarde para um happy hour  tem torno dos 100 anos, de sua mãe, dona Lia de Brito Alves. A data mesmo é dia 12 de maio, mas como cairia no Dia das Mães, Marta antecipou. Foi um encontro simples, mas muito categorizado. Os Brito Alves recebem muito bem.

José Brito Alves Neto a esposa Georgina e as filhas Marina e Julia (Foto: Fernando Machado)

Tamise e Manuela Brito Alves (Foto: Fernando Machado)

Na hora do Angelus, o Padre Tiaraju Dantas de Araujo, deu uma benção. Sua homilia foi em cima do amor. Lembrou os cantores Roberto Carlos e Gonzaguinha via suas musicas sobre o amor. Na sequencia ele aspergiu água benta sobre os convidados, todos com ligação a matriarca, e encerrou a cerimônia rezando o Padre Nosso e depois a Ave Maria.

Geralda Farias e Auxiliadora Paes Mendonça (Foto: Fernando Machado)

Lucia Bacelar e Maria Clara Dubeux (Foto: Fernando Machado)

O bufê foi com as comidas que dona Lia gosta. O bolo de noiva foi grifado por Mana Asfora, não precisa dizer mais nada. O cardápio, de se comer rezando para Nossa Senhora de Fátima, constou de bolo de palmito, pateis de festa (com e sem açúcar), brigadeiro, beijinhos, surpresa de uva, coxinha de galinha, cachorro quente. Informação importante tudo feito em casa. Existe coisa mais chique do isso?

Nadja Dumaresq e Cecilia Brennand (Foto: Fernando Machado)

Helena Brennand, Maria do Carmo Monteiro e Lulu Vita (Foto: Fernando Machado)

Informação importante: Dona Lia Brito Alves sempre teve um olhar para os mais necessitados. Foi Voluntária no Banco da Providência e na Creche Menino Jesus. Depois, dedicou-se de corpo e alma ao Lar do Nenen por cinco anos. Foi graças a dona Lia a entidade tem uma sede própria na Torre. Sem, dúvida um nome que a história vai guardar.

Dona Zita Figueiredo com as filhas Suzana, Ana Cristina e Claudia (Foto: Fernando Machado)

Dona Dione Brito Alves e a filha Dani (Foto: Fernando Machado)

 

Parabéns, Maria Digna, Geralda e Celia!

Ricardo e Maria Digna Pessoa de Queiroz (Foto: Fernando Machado)

Geralda Farias, Maria Digna e Célia Bivar Foto: Fernando Machado)

No final da tarde ontem, no belíssimo apartamento de Maria Digna e Ricardo Pessoa de Queiroz, da Avenida Boa Viagem, tivemos a comemoração dos aniversários da dona da casa, de Geralda Farias e Célia Bivar. O petit comité surpresa foi organizado por Patrícia Pessoa de Queiroz. Maria Digna irrepreensível num deux pièces, à côté Geralda e Célia ouviu um coral de 35 vozes cantar os tradicionais parabéns para vocês. Depois elas partiram o bolo.

Patricia Pessoa de Queiroz, Catarina Brennand Moon e Lourdes Brennand (Foto: Fernando Machado)

Cecilia Brennand, Margot Monteiro e Marta Freire (Foto: Fernando Machado)

Receber bem é uma arte e isso Maria Digna née Lima Cavalcanti tem para dar e vender. O menu foi preparado em casa. Existe coisa mais chique do que comida caseira? Os pratos de porcelana inglesa e os talheres de prata portuguesa foram os mesmos servidos na recepção do casamento de Maria Digna e Ricardo, que aconteceu no palacete dos pais da noiva, Thereza e Ruy de Lima Cavalcanti, há 67 anos, nas Graças.

Eduardo e Cristiana Henriques (Foto: Fernando Machado)

Eduardo Fernandes e Tereza (Foto: Fernando Machado)

No cardápio bobó de camarão com arroz de alho poró, bolo de bacalhau (receita de Dona Thereza Lima Cavalcanti), quiche de queijo, torta de queijo, pudim de queijo, cheescake de morango, bolos de laranja e de ameixa com cobertura de morango, mousse de aipo e pasteis de festas. Tudo de a gente comer ajoelhado para Santa Terezinha.

Cristina Ribeiro, Marta Freire, Margot Monteiro, Maria do Carmo Calado, Paula Moraes, Maria Digna, Fatima Patury, Célia Bivar e Carlos Rangel (Foto: Fernando Machado)

José Ribeiro e Eduarda (Foto: Fernando Machado)

Tudo com aquele toque de classe, como as festas da época de glamour nos salões do Recife. A animação ficou por conta do pianista Lúcio Azevedo que apresentou um setlist elogiado por todos. Não foi somente a comida que estava gostosa, o papo também. As mulheres estão antenadas e já incorporaram ao seu way of life o instagram, whatsApp e o facebook.

Ricardo, Amadeu, Bruna e Eduardo Pessoa de Queiroz (Foto: Fernando Machado)

Carlos Augusto Lira e Murilo Santiago (Foto: Fernando Machado)

Variedades

Dos treze projetos brasileiros enviados pelo Instituto dos Arquitetos do Brasil para participação no Prêmio Oscar Niemeyer de Arquitetura Latino-Americana, cinco foram selecionados pelo júri e estão entre os 20 finalistas que irão concorrer a premiação, dia 23 de outubro na Cidade do México. Os selecionados foram Moradias Infantis – Aleph Zero + Rosenbaum – Formoso do Araguaia/TO; Hostel Villa 25 – C+P Arquitetura – Rio de Janeiro; Casa da Cultura ADUnB – Nonato Veloso – Brasília; Estúdios Ouro Preto – Arquitetos Associados – Sete Lagoas/MG e Cais do Sertão – Brasil Arquitetura – Recife.

Sandro Barros e Ricardo Tozzi na Pink Market (Foto: Rafaela Duarte)

Semana passada aconteceu um evento beneficente Pink Market do Atelier Sandro Barros, em São Paulo com renda para à luta contra o câncer de mama. O Atelier Sandro Barros está realizando uma ação especial em homenagem ao Outubro Rosa até o próximo dia 31. O Pink Market é um bazar com itens selecionados no qual parte da renda será revertida para o Hospital A.C. Camargo. Nesta tarde filantrópica, anotamos entre outras presenças Lele Saddi, Luciana Tranchesi, Marcella Tranchesi, Cris Lotaif, Silvia Braz, Ricardo Tozzi, Preta Gil e Rodrigo Godoy.

  • 1 2 5