Não Podemos esquecê-los

Em Memória dos que foram assassinados pelo Brasil Livre do Comunismo lembramos, hoje, aqueles de 1970: o tenente da PM Alberto Mendes Junior, o sargento da Aeronáutica Walder Xavier de Lima, os sargentos PM José Geraldo Alves Cursino e Antônio Aparecido Posso Nogueró, os soldados PM Newton de Oliveira Nascimento, Célio Tonelly, Garibaldo de Queiroz e José Aleixo Nunes.

O tenente da PMSP Alberto Mendes Junior foi assassinado pelo grupo terrorista de Carlos Lamarca (Foto: Divulgação)

Além dos seguranças Joaquim Melo e João Batista de Souza, os agentes da PF Irlando de Moura Régis e Hélio de Carvalho Araújo, os seguranças Isidoro Zamboldi, Vagner Lúcio Vitorino da Silva e Bertolino Ferreira da Silva, o comerciante José Armando Rodrigues e o civil José Marques do Nascimento.