Fernando Machado

Blog

Tag samba

Flashes

Hoje, às 17h, no Convento de São Félix de Cantalice, vamos ter missa por conta do aniversário de Frei Damião. E às 19h30, temos a live Frei Damião: homem de Deus e homem do povo, com Frei Jociel Gomes.

O urologista Felipe Dubourcq alerta para os números de câncer de próstata no País é o segundo mais comum entre os homens, perde apenas para o de pele.

O Caruaru Shopping está sediando até o próximo dia 29, a III Expô Natalina. A exposição de grande oportunidade é promovida por Cleide Santos.

O Samba do Trabalhador volta acontecer, na próxima segunda-feira, às 16h30, no Renascença, do Rio, com Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador.

Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador no Renascença (Foto: Marluci Martins)

O Clube das Pás cujo presidente é Rinaldo Lima, está promovendo a campanha para arrecadar alimentos não perecíveis para os moradores de Sanharó.

O pernambucano Paulo Higor Nunes é o fotógrafo oficial do projeto Janelas  CasaCor. Sem dúvida, um serviço de status de PH. Um grande sonho.

Domingo, 10h, São José da Coroa Grande recebe o Coroa Grande Kite Point. A iniciativa é da Prefeitura com o apoio da Secretaria de Turismo, leia-se Sérgio Aroucha.

Velha Guarda da Portela

Majestade do samba carioca, a Velha Guarda da Portela fará uma live hoje, às 14h, como parte de suas comemorações de 50 anos. Destinada aos portelenses e a quem não dispensa um bom samba, Uma história contada à samba celebrará a trajetória do grupo, comemorando também o aniversário de meio século da música Foi Um Rio que Passou em Minha Vida, composição de Paulinho da Viola, idealizador do grupo, para a Portela. A Velha Guarda da Portela tem sua origem em 1970, quando o sambista Paulinho da Viola reuniu os baluartes mais representativos da escola para gravarem o álbum Portela Passado de Glória.

A velha guarda da Portela em tempo de live (Foto: Divulgação)

A iniciativa foi tomada para preservar os fenomenais sambas que eram tocados nos eventos da escola e que não tinham registro para além das memórias dos presentes. A Portela foi a primeira escola a ter uma velha guarda show organizada em grupo musical, abrindo precedentes para a valorização dos integrantes que fizeram história também em outras agremiações. A apresentação será transmitida simultaneamente pelos canais no YouTube da produtora audiovisual Fitamarela, no link http://www.youtube.com/c/Fitamarela, e no da escola, na Portela TV, no link http://www.youtube.com/c/PortelaTV.

Fatos Diversos

O BNDES já movimentou R$ 61,7 bilhões na economia para auxiliar as empresas brasileiras a superar os efeitos da pandemia de Covid-19. Ao longo de 5 meses, desde o anúncio das primeiras medidas no fim de março, esse valor foi destinado prioritariamente a micro, pequenas e médias empresas – 99% das 200 mil empresas apoiadas. Todas essas empresas empregam mais de seis milhões de pessoas.

Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador (Foto: Divulgação)

Já é tradição, segunda-feira é dia de Samba do Trabalhador. Segunda com feriado então, o encontro é ainda mais certo. Os shows com público ainda não estão liberados por conta da pandemia do novo Coronavírus, mas para não deixar os amantes do samba na mão, vai ter live! Dia 7 de setembro, às 17h, Moacyr Luz e o Samba do Trabalhador apresentam a clássica roda de samba no Renascença Clube, com transmissão ao vivo pelo YouTube da cervejaria Praya – http://youtu.be/l886we4s15I.

Gente da Bahia: Martha Vasconcellos

Roberto Macedo, Martha Vasconcelos e este cronista (Foto: Janisson Bezerra)

Há cinco anos fui até Salvador para prestigiar a noite de autógrafos da biografia da psicóloga e Miss Universo de 1968, Martha Vasconcellos, que aconteceu na Associação Comercial da Bahia. A obra que faz parte da Coleção Gente da Bahia, foi escrita pelo missologo e jornalista Roberto Macedo. Apesar das chuvas cerca de 700 pessoas estavam no salão nobre da Associação Comercial recebendo seu autografo.

O presidente da Assembleia Marcelo Nilo e o presidente da Associação Marcos de Meirelles Fonseca (Foto: Fernando Machado)

Martha é nome de viaduto em Salvador, de Alameda num Shopping Center e de uma Rua em Vitória da Conquista, além de ter sido citada no samba enredo da Salgueiro, escola campeã do carnaval carioca de 1969. O livro traz os principais acontecimentos da vida da miss, desde o seu nascimento até os dias atuais. São 20 capítulos, com direito a eleição do Miss Bahia, do Miss Brasil e do Miss Universo, sua chegada apoteótica a Salvador com mais de 300 mil pessoas nas ruas.

Karina e Leonardo Vasconcellos Loureiro, Leilane Vasconcellos Loureiro e Rodrigo Souza (Foto: Fernando Machado)

Roberto nos leva a passear com Martha Vasconcellos nas suas viagens pelo mundo, nos conflitos pela sobrecarga de trabalho, pelos casamentos, pela vida de celebridade, pelo período de estudo de psicologia em Boston (EUA), pelos anos trabalhando com mulheres vítimas de violência doméstica. Falaram na ocasião Roberto Macedo, Martha Vasconcellos, o presidente da Assembleia deputado Marcelo Nilo e o presidente da Associação Comercial Marcos Meirelles da Fonseca.

Miss Bahia de 2006 Juliana Pina e a Miss Brasil de 1991 Patrícia Godoi (Foto: Fernando Machado)