Fernando Machado

Blog

Tag robô

Flashes

Homero Moutinho, da Moura Dubeux, e Alexandre Frankel, da Housi, lançaram sexta-feira, online, o Rooftop.470, nova operação no Recife.

Demazinho Gomes ficou triste com o falecimento da locomotiva Tereza Souza Campos. A propósito conheceu ela em Maceió.

O Supera Boa Viagem, de Andréa Negreiros, conquistou o prêmio de melhor prática pedagógica da rede de Franquia Supera do Brasil.

O II Seminário Antidopagem Brasileiro, promovido pela Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem, terminou sexta-feira com uma rodada de palestras.

Hígia, um robô que esteriliza ambientes com 99,9% de efetividade, foi o ganhador do HackSerpro on-line, promovido pelo Ministério das Comunicações.

Anotações do Cotidiano

A Festa de Frei Damião Bozzano, em Caruaru começa amanhã, no Convento às 19h, com a Hora da Misericórdia e Adoração ao Santíssimo; na sexta-feira, às 19h, Momento Mariano; no sábado, às 19h, Vigília de Pentecostes e no domingo, encerrando os festejos, temos às 6h, Caminhada Penitencial com a imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida e às 10h, Missa Solene.

Na próxima sexta-feira serão realizadas as primeiras gastroplastias com o robô Da Vinci Si HD no Hospital Esperança Recife, sob o comando dos cirurgiões Walter França e Alvaro Ferraz. Não esquecer que os urologistas Misael Wanderley Junior e Roberto Lucena foram os primeiros pernambucanos a operar com o sistema robótico.

Noticias da Alemanha

Cientistas alemães desenvolveram um robô que gera seus diferentes movimentos por uma única rede de comutação central. O equipamento, criado por especialistas do Instituto Max Planck de Dinâmica e Auto-Organização, do Centro Bernstein de Neurociência Computacional e da Universidade de Göttingen, também é capaz de aprender sozinho tarefas simples.

Parecido com um inseto de seis pernas, o robô pode executar diversos movimentos diferentes. Como sua mudança de marcha é flexível, o equipamento também é capaz de se adaptar facilmente às mudanças de velocidade e direção. Agora, apesar do grande passo dado, os cientistas querem mais: o próximo objetivo é construir um robô que funciona independentemente do controle humano direto. Quem nos informa é Martin Mahn, Adido de Imprensa do Consulado da Alemanha.

Notícias da Alemanha

Pesquisadores do Instituto Fraunhofer em Bremen, no norte da Alemanha, desenvolveram um robô subaquático que pode contar com o sentido do tato. As aplicações são inúmeras. Com o toque eles podem esperar em plataformas ou coletar amostras de sedimentos. No futuro – assim esperam os pesquisadores – deverá ser possível também detectar os diferentes fluxos do mar e obstáculos.

Para estabelecer a medição, os pesquisadores pulverizam uma solução contendo nanopartículas de um aerossol. O software controla o fluxo de aerossol para lugar certo. Um protótipo em forma de polvo será apresentando na feira Sensor e Teste, que acontece de 26 a 28 de maio, em Nuremberg. Quem nos informa é Martin Mahn, do Consulado Geral da Alemanha.