Fernando Machado

Blog

Tag recife

Fatos Diversos

Ano passado este blog teve o seguinte ranking: Recife, São Paulo, Rio de Janeiro, Fortaleza, Jaboatão dos Guararapes, Salvador, Brasilia, Belo Horizonte e João Pessoa.

Semana passada este blog teve o seguinte ranking, nesta ordem: Recife, São Paulo, Fortaleza, Rio de Janeiro, Brasilia, Jabotão dos Guararapes, Salvador, Olinda e Belo Horizonte.

Carnavais que não voltam mais

As reportagens dos Carnavais que não voltam mais, do Recife antigo tem feito o maior sucesso. E hoje relembramos baile da segunda-feira do América Futebol Clube, o corso na Rua Nova e os foliões atrás dos blocos na Praça da Independência em 1942.

Os foliões na segunda-feira de Carnaval no América (Foto: Diário da Manhã)

Essas jovens fizeram muito sucesso no Corso pela Rua Nova (Foto: Diário da Manhã)

Os foliões atrás de um bloco passando pela Praça da Independência (Foto: Diário da Manhã)

Passaporte

Janeiro é um dos meses mais movimentados do ano para se fazer turismo pelo brasileiro, muito por conta do início de verão e férias escolares. Pensando nisso, o Kayak (www.kayak.com.br) levantou quais são os destinos mais buscados pelos brasileiros para viajar neste período e o preço médio da passagem aérea.

O resultado mostra que Miami primeiro lugar da lista. Pelo ranking temos Miami (USS 843), Orlando (USS 894), Fortaleza (USS 307), Lisboa (USS 836), Recife (USS 283), Rio de Janeiro (USS 134), São Paulo (USS152), Salvador (USS 209) e Nova Iorque (USS 951). Informa Nicolas Scafuro, vice-presidente da América Latina.

 

O virtuoso Waldemar de Almeida

Recife hospedou por duas semanas um dos maiores violoncelistas do mundo. Estamos nos referindo a Waldemar de Almeida Junior, que nasceu em Natal, no Rio Grande do Norte, no dia 7 de setembro de 1939. Seu pai, Waldemar foi um grande pianista e seu irmão, Cussy um virtuoso como compositor, violinista e regente. Com uma raiz desta, claro que Wally como é conhecido nos Estados Unidos, não poderia ser diferente. Em 1950 seus pais, trocaram Natal pelo Recife, onde estudou no Conservatório Pernambucano de música. Daqui ele seguiu para Genebra onde se aperfeiçoou por quatro anos.

waldemar-de-almeida3

O cellista Waldemar de Almeida Junior solista da Suisse Romande Oschestre (Fotos: Divulgação)

Foi spalla da Suisse Romande Orchestre de Genebra. Depois a convite do famoso violoncelista potiguar Aldo Parisot , professor da Universidade de Yale, foi estudar na Universidade Yale, em Connecticult, nos Estados Unidos. Com outra bolsa seguiu para Vermont (USA), onde conheceu a violoncelista Ann Martin, da Califórnia que estudava por lá e se casou com ela. Tem três filhos Victor (violista), Paulo André (advogado) e Natalie (Curadora de museu). Foi solista da Filarmônica de Berlim, da Sidney Opera House e da Opera de San Francisco.

w-fernando-ana-corintha-mcmahn-waldemar-de-almeida

Este cronista ao lado de Ana Corintha de Almeida McMahan e Waldemar de Almeida Junior (Foto: Cortesia)

Escrever sobre performance musical. Subiu ao palco, entre outros, do Carnigie Hall de Nova Iorque, do Scala de Milão, no Victoria Hall de Genebra, Symphony Hall de Tóquio, o Teatro Municipal do Rio de Janeiro e o de São Paulo, e claro no nosso Santa Isabel. Atualmente atua na Pacific Symphony Orchestra de Los Angeles e na Universal, onde já fez trilhas sonoras para os filmes Guerra nas Estrelas e James Bond. Foi regido pelos maestros Eleazar Carvalho, Ernest Ansermet e Herbert Von Karayan, etc.