Fernando Machado

Blog

Tag raizes

Bella e o novo Single

Dialogando com várias vertentes da música pop, mesclando elementos eletrônicos e orgânicos sem se distanciar de suas raízes, a cantora e compositora Bella Schneider estreou recentemente o single e o clipe NADA, uma prévia do seu disco de estreia, ELA, que chega ao mercado no início de 2020, com distribuição LAB 344. NADA é um desabafo da artista sobre as máscaras do falso cidadão de bem e sobre a dificuldade das pessoas em aceitar o outro como ele é.

A excelente cantora Bella Schneider (Foto: Divulgação)

O álbum ELA marca uma nova fase na carreira de Bella Schneider e vai reunir composições autorais que flertam com o pop eletrônico e ritmos pernambucanos. A produção musical tem a assinatura de Diego Marx (Scalene, Festival CoMA) e a pós-produção de Henrique Andrade (Justin Bieber, Zayn, Rita Ora), ambos vencedores do GRAMMY®. Em suas canções, a artista fala sobre o amor, suas experiências de vida e algumas superações, sempre com um clima de muita energia positiva. Atualmente, apresenta o programa musical Usina Sonora, na TV Nova Nordeste e TV Cultura.

Noticias da Paraíba

Celebrando as raízes brasileiras, a Fundação Espaço Cultural da Paraíba abriu, sábado, a IV Exposição das Agremiações Carnavalescas Tribos Indígenas. A mostra reúne oito cocares do desfile das tribos do Carnaval Tradição da capital paraibana e pode ser visitada até o próximo dia, na Praça do Povo do Espaço Cultural José Lins do Rego. Este ano temos adereços das tribos Tabajaras, Tupi Guanabara, Guanabara, Tupi Guarani, Xavantes, Tupinambás, Papo Amarelo e Africanos.

Os cocares da tribos do carnaval de João Pessoa (Foto: Governo do Estado)

Os professores de Astronomia, alunos e pesquisadores da Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes, Associação Paraibana de Astronomia, Rede Brasileira de Observação de Meteoros e da Coordenação Regional Nordeste conseguiram captar, domingo, a passagem pelo céu de João Pessoa da Estação Espacial Internacional em frente à lua. O registro foi captado pelo astrônomo amador, Renato Bandeira, e coordenada pelo professor Marcos Jerônimo.