Fernando Machado

Blog

Tag pesquisador

Gal Oppido expõe a Shunga

O fotógrafo ensaísta e expoente da arte contemporânea brasileira, Gal Oppido é um ávido pesquisador da arte erótica japonesa, Shunga. Em suas fotografias, aquarelas, xilogravuras, obras em suportes diversos, o corpo é fonte provedora de liberdade e sensualidade, inquietação e mistérios, tal qual um lugar a ser desbravado. Uma síntese inédita desta aproximação com a cultura japonesa pode ser vista na exposição Shunga: Serenos e Ofegantes, em cartaz até 20 de fevereiro na Galeria Lume, no Jardim Europa, em São Paulo.

Gal Oppido e uma das suas obras (Fotos: Divulgação)

Durante os quase três séculos do período Edo, o Japão vivia um momento de isolamento. Foi nesta época que nasceu Shunga, a arte erótica que trazia à sociedade uma espécie de cartilha sexual, com ilustrações dos mais diferentes ritos sexuais de características gráficas e cores vivas criadas pelos principais artistas deste período. Para Oppido, que teve o primeiro contato com Shunga no início da década de 1970, a arte vai muito além dos ritos sexuais. A exposição é proibida para menores de 18 anos.

Noticias da Paraíba

O Departamento de Química da Universidade Federal da Paraíba atuará no projeto Prospecção bio-guiada de fármacos antiCovid-19 a partir de plantas comestíveis e desenvolvimento de híbridos sintéticos com potencial antiviral para dar suporte na busca de fármacos contra o novo coronavírus (Sars-Cov-2), por meio de plantas comestíveis.

De autoria do pesquisador da Universidade Federal de Santa Catarina, Antonio Luiz Braga, o projeto terá a atuação do Laboratório de Quimioinformática, do Instituto de Pesquisa em Fármacos e Medicamentos da UFPB, no desenvolvimento dos cálculos teóricos. Também há parceria com a Universidade Federal do ABC paulista.

Parabéns

Hoje, 20, Dia de São Bernardo, e do Vizinho, aniversariam Jones Figueiredo, o pesquisador Gustavo Arruda, a economista Telma Liege, os executivos Jorge Martins Neto e Marcela Campos, os jornalistas Fernando Veloso e Jomeri Pontes,

A senhora Ana Elisa Oliveira (Foto: Elisa Castro)

De volta para o passado

Há 135 anos, nascia em Pernambuco, a Condessa Beatriz de Araujo Pereira Carneiro, que morreu no dia 3 de dezembro de 1940.

Há 105 anos, acontecia na Praça da Independência meeting, às 16h, em protesto ao planejamento de reconhecimento do Senador Rosa e Silva. Na coordenação o coronel Antônio Florentino (diretor do Correio do Norte), Alberto da Silveira, Cardoso Menezes, e o representante do Centro Cívico Dantas Barreto, o deputado estadual Souza Filho. A reunião foi na alfaiataria J. Machado.

Há 95 anos, nascia em Pernambuco, o pesquisador Liedo Maranhão de Souza, que morreu no dia 14 de maio de 2014.

Há 65 anos, a Nova Euterpe, de Caruaru, era campeã, no Campeonato de Bandas do Interior, aconteceu na Radio Clube de Pernambuco.

Há 60 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, o barítono norte-americano McHenry Boatwright.

Há 60 anos, acontecia a Prova de Ciclismo, pelo 17º aniversário do Atlético Clube de Amadores. O CCR foi o campeão, o Sport ficou no segundo e o Atlético em 3º lugar. Na primeira categoria venceu Rômulo Gomes. Na 2ª categoria venceu Eraldo Holanda e na 3ª categoria venceu Ivanildo Bezerra (Sport).