Fernando Machado

Blog

Tag Pernambuco

Maria Edilene brilha agora no céu

Maria Edilene no Top 8 do Miss Brasil (Foto: O Cruzeiro)

Ela deixou de desfilar pelas ruas de São José do Egito, pelas do Recife, pelas do Rio de Janeiro e finalizou nas de Londres. Achou pouco veio arrasar na passarela do Miss Pernambuco, depois na do Miss Brasil e finalmente nas do Miss Mundo. Do alto dos seus 1m71 de altura, 56kg de peso, busto e quadris 92cm, coxa e cintura 58cm, era uma figura feminina deslumbrante. Sem dúvida tinha um corpo escultural. Estamos nos referindo a Maria Edilene Vidal Torreão que desde domingo foi brilhar no céu.

Maria Edilne de traje de noite by Victor Moreira e maiô by Catalina (Foto: Revista O Cruzeiro)

Somente os missologos, e nem todos, sabem o que esta mulher de sorriso tímido representou para nós. Quando Maria Edilene passava era um murmúrio geral. Nascida no dia 21 de abril de 1944, em 1959 foi Miss Clube Náutico Capibaribe, no ano seguinte Miss Santa Futebol Clube e Miss Pernambuco. No dia 11 de junho, num Maracanãzinho lotado, mais de 28 mil pessoas, dividiu a passarela ao lado de 22 jovens. No final faturou o 3º lugar e foi representar o Brasil, em Londres.

As concorrentes no Lyceum Ballroom Theatre (Foto: Alamy)

A Miss Brasil foi Gina Macpherson, da Guanabara. No dia 8 de dezembro lá estava ela no Lyceum Ballroom Theatre, em Londres disputando o Miss Mundo de 1960, ao lado de 38 candidatas. Retornou ao Brasil como uma das 10 mulheres mais bonitas do Mundo. A vencedora foi a Miss Argentina Norma Gladys Cappagli. Pois bem essa sertaneja faleceu domingo por ter contraído COVID 19 num Hospital de Boa Viagem.

Maria Edilene Torreão (Foto: Revista Manchete)

Quando essa noticia chegou me encobriu de tristeza, pois Edilene ajudou a escrever os momentos mais marcantes dos concursos de misses. Não posso dizer quem era mais bela, se Maria Edilene miss, ou Maria Edilene gente. Maria Edilene teve dois filhos Roberto Phaelante da Camara Filho (que mora em Salt Lake City) e Vicente de Paula Phaelane da Câmara Neto. E deixou oito netos e e três bisnetos. Assistam parte do concurso de Miss Mundo no link: https://www.youtube.com/watch?v=zvsC9q2FY2Y.

Maria Edilene Torreão antes de partir até Londres (Foto: Revista Mundo Ilustrado)

Ana Almeni vence o Miss Pernambuco de 1970

Ana Almeni de Arruda Correa desfilando como Miss Pernambuco de 1970 (Foto: Natanael Guedes)

Há 50 anos, Ana Almeni Arruda Correa, Miss Surubim, era eleita nos salões do Sport, Miss Pernambuco de 1970, que tinha 1m58 de altura, 89 cm de busto 89, 91 cm de quadris, 63 cm de cintura e usou um modelo de Marcilio Campos. O show ficou por conta da cantora Doris Sandra e da Orquestra de José Menezes. No 2º lugar ficou Lucia Spessatto Ribeiro do Clube Internacional e em 3º lugar ficou Maria de Lourdes Silva de Vertentes.

Misses Belo Jardim, Sport, Náutico e Sociétè de Moreno (Reprodução do Diário de Pernambuco)

No Top 7 ficaram Maria Luzinete Sobral do Sport, que participou no ano anterior como Miss Caruaru, Ana Almeni Arruda Correia de Surubim, Lucia Spessatto Ribeiro do Clube Internacional, Sonilda Lima do Náutico, Maria de Lourdes da Silva de Vertentes, Maria Norma Ferreira da Silva de Barreiros e Beatriz Guedes Alcoforado de Limoeiro. Miss Interior foi Maria de Lourdes Silva de Vertentes foi eleita Miss Interior.

Misses Limoeiro, Internacional, Carpina, Barreiros e Vertentes (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Os apresentadores foram Albuquerque Pereira e Carmen Towar, e a comissão julgadora foi formada pelas senhoras Santuzza Paiva Moreira, Tinani Almeida, Tereza Carvalho, Tininha Porto e Lea Bernardi de Lemos, José Carlos Poncell Neto, brigadeiro Márcio Leal Coqueiro, o jornalista Paulo Macedo (de Natal). As 18 candidatas foram: Maria Lucia dos Santos (Jaboatão dos Guararapes), Ana Almeni Arruda Correia (Surubim), Maria Norma Ferreira da Silva (Barreiros), Suzana Oliveira (Caruaru), Maria Luzinete Sobral (Sport).

Misses Moreno, Vitória de Santo Antão, Jaboatão dos Guararapes e Garanhuns (Reprodução do Diário de Pernambuco)

E Lucia Spessatto Ribeiro (Clube Internacional), Sonilda Lima (Náutico), Maria da Conceição Leite (Belo Jardim), Ângela Soares (Vitória de Santo Antão), Célia Maria Tavares de Oliveira (Goiana), Zélia Pedrosa (Sociétè de Moreno), Beatriz Guedes Alcoforado (Limoeiro), Suelda Maria de Araújo (Carpina), Márcia Helena de Lima (E. C. João Pessoa de Moreno), Etienne Vieira (Bezerros), Maria de Lourdes da Silva (Vertentes), Ivone Costa (Garanhuns) e Joana D’Arc Amorim (Petrolina).

Misses Petrolina, Surubim, Bezerros, Goiana e Caruaru (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Vera Bezerra vence o Miss Pernambuco de 1963

Terezinha Frazão e Vera Lúcia Bezerra (Foto: O Cruzeiro)

Há 57 anos, a jovem Vera Lúcia Bezerra, do Náutico, era eleita no Ginásio dos Sesc, em Santo Amaro, Miss Pernambuco de 1963. Em segundo lugar ficou Carmen Lucia Veloso e em terceiro lugar Maria Lúcia FariasVera Lucia concorreu em 1962, representando também o alvirrubro e ficou no terceiro lugar. O show com os cantores Wilson Miranda, Demétrius, Elza Laranjeiras, Rosa Toledo e Alda Perdigão.

Rosa Bastos, Vera Lúcia Bezerra e Maria Lucia Farias (Reprodução do DP)

Os apresentadores foram Albuquerque Pereira, Heloisa Helena e Marly Bueno. Vera Lúcia foi enfaixada pela Miss Pernambuco de 1961, Terezinha Frazão. A comissão julgadora foi composta pela consulesa da Inglaterra, brigadeiro Silva Gomes, almirante Luiz Clovis de Azevedo, o compositor Capiba, o medico Ricardo Cunha Cavalcanti, o advogado Antenor Cavalcanti e a senhora Rebeca Zaverucha.

Zilma Alencar, Diva Margareth e Eneida Costa (Reprodução do DP)

Concorreram ao título Carmen Lúcia Veloso (Atlético Clube de Amadores), Eneida Costa (América), Glenda Paiva (Internacional), Maria Lúcia de Farias (Umuarama Tenis Clube), Diva Margareth Rodaske (Clube de Sargento Wolff), Vera Lúcia Bezerra (Náutico) e Zilmar Alencar (Arca). Carmen Lúcia Veloso disputou o Miss Pernambuco de 1964 e ficou no terceiro lugar. Vera Lúcia Bezerra que usou um modelo de Victor Moreira confeccionado por Inês Peixe, tinha 1m69 de altura e 19 anos.

Carmen Lucia, Glenda Paiva e Maria Lucia Farias (Reprodução do DP)

Matilde Terto é Miss Pernambuco de 1976

Miss Pernambuco de 1976, Matilde de Souza Terto de maiô Catalina e vestido de Gilson Guedes (Fotos: Acervo de FAM)

Há 44 anos, diante de um público de 20 mil pessoas Matilde de Souza Terto, de Serra Talhada, era eleita no Geraldão, Miss Pernambuco de 1976. Os apresentadores foram Albuquerque Pereira e Carmen Towar. Outra atração da noite foi o show com Maria Alcina. Participaram do concurso 25 candidatas. No 2º lugar ficou Rejane Liberal, no 3º Maria Pompeia Farias, em 4º Maria de Fátima Lima, e em 5º  Maria de Lourdes NóbregaMatilde ganhou um Chevette. Maria Aparecida Santos, Miss Caruaru, foi escolhida como Miss Simpatia.

 

Julia Katia, Katia Cristina, Lutércia Maria, Maria Aparecida e Maria Betania (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Maria da Conceição, Maria Gilvante, Maria de Fátima, Maria Helena e Maria de Lourdes (Reprodução do Diário de Pernambuco)

As candidatas foram Ana Catarina Linhares Wanderley (Internacional), Ângela Maria Roberto Varela (Vitória de Santo Antão), Célia Gomes de Moraes (Clube Democrático de Arcoverde), Elizabete Inácia Rodrigues de Lima (ESURP), Helbe Maria Padilha de Barros (Buique), Júlia Katia de Araújo (Grupo Jovem de Boa Viagem), Katia Cristina Medeiros da Silva (Fisk), Lutércia Maria Sampaio Saraiva (Gremio Cabense), Maria Aparecida Druzziane Saraiva (Caruaru), Maria Betânia Magalhães Albertim (Pesqueira), Maria da Conceição do Nascimento (Clube Destilaria do Cabo), Maria Gilvanete Néris Cavalcanti (Sindicato dos Tecelões de Pernambuco), Maria de Fátima Lima (Flamengo Esporte Clube de Arcoverde).

Marta Maria, Matilde, Rejane Maria, Rosaura e Roseilda (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Ana Catarina, Angela Maria, Célia, Elizabeth e Helbe Maria (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Ainda Maria Helena Farias Cavalcanti (Ribeirão), Maria de Lourdes Cavalcanti Lima (Associação dos Jornalistas de Turismo), Maria de Lourdes Cavalcanti Nóbrega (Sport), Maria de Lourdes dos Santos (São Bento do Una), Maria Pompeia Farias (Náutico), Maria do Socorro Barata (Colégio Abreu e Lima), Maria do Socorro Sobral (Moreno), Marta Maria Cavalcanti Leitão (Catende), Matilde de Souza Terto (Serra Talhada), Rejane Maria Liberal (Clube Elefante de Olinda), Rosaura Muniz da Silva (Praia do Janga) e Roseilda Soares (Associação Atlética Diário do Agreste de Caruaru).

Maria de Lourdes, Maria do Socorro, Socorro Sobral, Maria de Lourdes e Maria Pompeia (Reprodução do Diário de Pernambuco)