Fernando Machado

Blog

Tag peça

De volta para o passado

Há 120 anos, morria em Pernambuco, o poeta Paulo Arruda, que nasceu no dia 5 de janeiro de 1873.

Há 95 anos, nascia na França, a modelo Bettina Graziani, que morreu no dia 2 de março de 2015.

O ícone do futebol brasileiro Friedenrich (Foto: Divulgação)

Há 95 anos, passava pelo Recife, procedente da França, e com destino a São Paulo, o Clube Paulistano, a bordo do Flandria. No elenco El Tigre (Friedenrich).

Há 95 anos, no Teatro de Santa Isabel, a peça A Suspeita, de Manoel Bernardo. No elenco Maria Castro e Antonio Ramos.

Há 90 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Heleno Gouveia, que morreu no dia 30 de março de 2002.

George Mendonsa (1923/2019) beijando Greta Zimmer Friedman (1924/2016) ao saber do fim da guerra (Foto: Alfred Eisenstaedt)

Há 75 anos, acontecia o Dia da Vitória com o fim da II Guerra Mundial.

Há 70 anos, morria no Rio de Janeiro, o cientista Vital Brasil, que nasceu no dia 28 de abril de 1865.

Há 65 anos, na Ilha do Retiro, acontecia o Torneio Inicio de Futebol de 1955. O América foi o campeão ao vencer o Nautico por 2×0.

Há cinco anos, morria em Pernambuco, a senhora Aliete Duque de Miranda, que nasceu no dia 30 de dezembro de 1932.

De Volta para o Passado

Anúncio do Hotel do Parque no Jornal do Recife e Bento Luiz de Aguiar (Fotos: Acervo do Blog)

Há 105 anos, o comendador Bento Luiz de Aguiar (1871/1915), inaugurava na Rua do Hospício, o Hotel do Parque.

Há 85 anos, nascia em Portugal, a atriz Ruth Escobar, que morreu no dia 5 de outubro de 2017.

O ator Oswaldo Barreto (Foto: Diário da Manhã)

Há 80 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, o Grupo Gente Nossa, com a peça Mimosa de Leopoldo Froes. No elenco no Oswaldo Barreto, Raul Prysthon, Amalia Souza, Lourdes Monteiro, Luiza Oliveira, Mayeber de Carvalho, e Carlos Torres.

Há 85 anos, o Náutico ao vencer o Sport por 8 x 1, no Campo do Malaquias, era campeão de futebol de 1934. Os gols foram Fernando Carvalheira (3), Arthur Carvalheira (2), Estácio (2) e Zezé pelo Nautico. Marcilio descontou pelo Sport.  O alvirrubro jogou com Epaminondas, Salsa e Salsinha; Taurino, Edson e Rafael; Zezé, Artur, Fernando, Estacio e J. Manuel.

Há 75 anos, acontecia no Grande Hotel, show do cantor Ronaldo Lupo.

Há 75 anos, era inaugurado, na Rua 1º de Março, pelo banqueiro Jorge Baptista da Silva, o Banco Nacional de Pernambuco, o Banorte.

Há 15 anos, o Santa Cruz ao vencer o Petrolina, por 2 x 1, em Petrolina, era campeão pernambucano de futebol de 2005, antecipadamente. Os gols foram Carlinhos Bala e Roberto (SC) e Eliomar (Petrolina). O Santa Cruz jogou com Cléber, Osmar, Carlinhos, Roberto e Peris; Neto, Andrade, Zada e Rozembrick (Otacílio); Carlinhos Bala e Paulinho. O técnico foi Givanildo Oliveira.

De Volta para o Passado

Há 160 anos nascia no Rio de Janeiro, o artista plástico Antônio Parreiras, que morreu no dia 18 de outubro de 1937.

Francisco Manuel da Silva e Joaquim Osório Duque de Estrada (Fotos: Internet)

Há 130 anos, era oficializado o Hino Nacional do Brasil, composto por Joaquim Osório Duque de Estrada e Francisco Manuel da Silva.

Há 100 anos, nascia na Itália, o cineasta Federico Fellini, que morreu no dia 31 de outubro de 1993.

Há 100 anos, Alfredo Botelho fundava no Recife, o Club Carteiros em Folia.

Há 75 anos, no Santa Isabel a peça Qué matá Papai, Oião? com a Cia Brasileira de teatro Musical. No elenco Hilda Fernandes.

Há 65 anos, passava, via Alitalia, a atriz Silvana Pampanini. Ia participar do Festival Internacional de Cinema em Punta del Este. Ela recebeu um disco da Rosenblit de Carnaval, entregue por José Kreime.

Há 30 anos, morria nos Estados Unidos, a atriz Bárbara Stanwyck, que nasceu no dia 16 de julho de 1917.

Há 65 anos, chegava ao Recife o escritor Malba Tahan.

De Volta para o Passado

Há 150 anos, era inaugurado o Canal de Suez, obra do engenheiro Fernando Lesseps.

Há 95 anos, no Teatro do Parque, a Cia de Comedia Viriato Correia, com a peça Zuzu. No elenco Augusto Anibla, Manuel Mattos e Otilia Amorim.

Há 85 anos, na Casa Laubitsch e Hirth, na Rua do Hospício, acontecia vernissage do artista plástico Di Cavalcanti e Noemia Mourão.

Há 85 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, Festival do artista Roberto Andrade, com a peça A Divina Canção. No elenco Luiz Maranhão, Augusto Monteiro e Maria França.

Há 60 anos, morria no Rio Grande do Sul, o maestro Heitor Villa-Lobos, que nasceu no dia 5 de março de 1887.

Há 55 anos, acontecia no Teatro do Parque, o vernissage do artista plástico Mario Nunes.

Há 40 anos, a executiva Helena Lundgren inaugurava, na Praia de Jatiúca,  em Maceió, o Hotel Alteza.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, o diretor de televisão Adel Barros Correia, que nasceu no dia 15 de março de 1930.