Fernando Machado

Blog

Tag paciente

O oftalmologista Álvaro Dantas agora é 1.000

Karla by D&G e Álvaro Dantas by Ermenegildo Zegna (Foto: Fernando Machado)

Para comemorar a milésima cirurgia de catarata a Laser, o oftalmologista Álvaro Dantas, convidou alguns amigos e clientes para assistirem a intervenção cirúrgica, via telão, quarta-feira. O grupo ficou na futura sala de recepção, projeto do arquiteto André Cavendish, deverá ser inaugurada oficialmente em janeiro. Do bloco cirúrgico, que fica no segundo andar do Empresarial Pontes, em Boa Viagem. Na ocasião foram realizadas duas cirurgias, transmitidas com tecnologia 3D.

Álvaro Dantas e Suely Cruz (Foto: Fernando Machado)

João Eduardo Marinho, Aírton Ayres e Rogério Cerilo (Foto: Fernando Machado)

A paciente de número 1.000 foi Suely Cruz, que depois de terminada as cirurgias, olhos direito e esquerdo, desceu até a sala de recepção para receber os parabens, juntamente com Álvaro e Karla Dantas. A cirurgia mesmo demora uns 10 minutos em cada olho. À entrada da sala de recepção que recebeu uma decoração muito bonita de Andrea Manzi, estava o Quarteto Egan, que deu um show. No repertório o popular da musica erudita e o erudito da musica popular brasileira.

Ana Carolina Pontes e Wellington Saraiva (Foto: Fernando Machado)

Karla Dantas e cirurgiã plastica mineira Julia Rocha (Foto: Fernando Machado)

O bufê da Arcádia estava de se comer rezando na Santa Luzia. No cardápio canapes (salmão, lagosta, camaraão e kani kama), camarão natural e cestinha de Prima Donna no perfume de canela, pastel de siri, camarão Panko, cambraias com carne de sol e queijo de coalho, além de triangulo Filadelfia. Tivemos dois pratos quentes: Risoto de pato, alho poró frito e canelone ao molho aos quatro queijos. Tudo pervisionado pela competente Roberta Serrano.

Kacia e Kary Nogueira, Karla Dantas, Kelyne e Katia Nogueira (Foto: Fernando Machado)

Anotações do Cotidiano

Atingindo um índice de 50% nos EUA, 70% na Austrália e quase 100% no Japão, segundo dados do Sindicato dos Cemitérios e Crematórios Particulares do Brasil, a cremação ainda possui muito espaço para crescer no Brasil. Em Pernambuco, no entanto, a procura pelo serviço tem superado a média nacional, que é de 2%. No Morada da Paz, administrado pelo Grupo Vila, o número de cremações teve um aumento de 85% entre os anos de 2010 e 2015.

O Hospital Regional Dom Moura, leia-se o gestor Luiz Melo, implantou, no início deste ano, a Comissão de Segurança do Paciente com o objetivo de promover e apoiar ações voltadas à qualidade das atividades e serviços no hospital. A Comissão é constituída por uma equipe multiprofissional do hospital, com representantes da direção, departamentos médico e de enfermagem.