Fernando Machado

Blog

Tag ouvir

Carmen Miranda: A Pequena Notável

“Taí, eu fiz tudo prá você gostar de mim / Oh! meu bem, não faz assim comigo não! / Você tem você tem que me dar seu coração! / Meu amor não posso esquecer / Se dá alegria faz também sofrer / A minha vida foi sempre assim / Só chorando as mágoas que não têm fim / Essa história de gostar de alguém / Já é mania que as pessoas têm / Se me ajudasse Nosso Senhor / Eu não pensaria mais no amor”. Hoje, faz 60 anos, que morria em Beverly Hills, Hollywood, a cantora e atriz. Estamos nos referindo a Carmen Miranda, que nasceu no dia 9 de fevereiro de 1909, em Portugal e com 10 meses veio morar no Brasil. Entre 1930 e 1950 Carmen Miranda reinou primeiramente em nosso país e depois nos Estados Unidos. Apelidada de Brazilian Bombshell, com seu figurino e chapéu com frutas foram sua marca registrada.

Carmen Miranda em 1943 (Foto: Internet)

Quando adolescente aprendeu a fazer chapéus. Seu primeiro álbum com o compositor Josué de Barros em 1929, resultou num sucesso colossal. A música Taí (Pra Você Gostar De Mim), de Joubert de Carvalho, a levou ao estrelato no Brasil como a principal intérprete do samba. Carmen participou de cinco musicais carnavalescos. Em 1939, ela apareceu pela primeira vez caracterizada de baiana, personagem que a lançou internacionalmente, no filme Banana da Terra, dirigido por Ruy Costa.

Carmen é madrinha da turma alegre (Foto: Internet)

Neste mesmo ano, o produtor da Broadway, Lee Shubert, ofereceu para a diva um contrato de oito semanas no The Streets of Paris depois de vê-la no Cassino da Urca, no Rio de Janeiro. No ano seguinte, a fez sua estreia no cinema norte-americano com o filme Serenata Tropical, ao lado de Don Ameche e Betty Grable. Naquele ano, a Pequena Notável, ela tinha 1m52 de altura, foi eleita a terceira personalidade mais popular nos Estados Unidos, e por conta disso foi convidada para se apresentar com seu grupo, o  Bando da Lua, para o presidente Franklin Roosevelt, na Casa Branca. Carmen Miranda de acordo com o Departamento do Tesouro dos States a ser a mulher mais bem paga dos Estados Unidos.

Tico Tico no Fubá: https://www.youtube.com/watch?v=oFw9HWUdYF4 

Carmen Miranda foi a primeira artista latino-americana a ser convidada a imprimir suas mãos e pés no pátio do Grauman’s Chinese Theater, em 1941. Ela também se tornou a primeira sul-americana a ser homenageada com uma estrela na Calçada da Fama, em Hollywood. Até hoje, nenhum artista brasileiro teve tanta projeção internacional como ela.

Carmen Miranda e  Dennis O’Keefe

https://www.youtube.com/watch?v=9f01BkrntYE

Fatos Diversos

Raphael Costa grava amanhã o álbum Kickante, com produção de Marcelo Jeneci. Participam do evento os músicos Gilú Amaral, Lucas dos Prazeres, Rogério Samico, Thiago Hoover e Luccas Maia., além de Thiago Lasserre.

raphael-costa-carol-de-andrade

Raphael Costa em tempo de Kickante (Foto: Carol Andrade)

Começa hoje, e vai terminar na próxima sexta-feira, no Instituto JCPM, as palestras do seminário Aprendendo a Ouvir Música Clássica com o crítico Irineu Franco Perpétuo. O evento faz parte da programação do IV Virtuosi Século XXI.

Village People

Para mim o grande momento do Braziilan Day foram as três musicas interpretas pela Banda Village People, formada supostamente por um policial, um índio norte americano, um cowboy, um operário, um soldado e um motociclista. Essa banda remonta deste o ano de 1978. Quem não lembra de Macho Man e Y-M-C-A

b-people-village2

Village People no palco (Foto: Fernando Machado)

E quando a banda, cujas músicas remetem ao mundo gay, atacou o “Jovem, não há necessidade de se sentir pra baixo / Eu disse, jovem, recomponha-se e levante do chão / Eu disse, jovem, porque você está em uma nova cidade / Não há nenhuma necessidade para ser infeliz” o povo foi à loucura, principalmente no refrão: / É divertido ficar na Y-M-C-A. / É divertido ficar na Y-M-C-A”.

b-people-village

Viva o Village People (Foto: Fernando Machado)

Não precisava mais de ouvir nenhum Gusttavo Lima ou Zeca Pagodinho da vida. Preferi caminhar pela Broadway cantarolando: “Jovem, você está me ouvindo? / Eu disse, jovem, o que você quer ser? / Eu disse, jovem, você pode tornar reais seus sonhos / Mas você tem de saber esta única coisa”. Vamos para o Y-M-C-A.