Fernando Machado

Blog

Tag natalina

Anotações do Cotidiano

Quinta-feira, na cobertura do Empresarial ITBC, no Recife Antigo, aconteceu a confraternização natalina da comunidade TIC de Pernambuco. A festa – promovida conjuntamente pelo SoftexRecife, Porto Digital, Assespro e Seprope –  reuniu mais de 60 empreendedores. Durante o encontro, muitos empresários já estabelecidos aproveitaram para dividir sua experiência com os jovens que estão iniciando sua jornada no setor e que fazem parte da comunidade aberta de startups Manguez.Al.

Felipe e Waldemir Faria e Alcides Pires na confraternização (Foto: Virgínia Rodriguez/ Divulgação)

A demora no pagamento de cachês de artistas e produtores que se apresentam em eventos de Prefeituras e Governo de Pernambuco é uma das principais reclamações do setor cultural. Para tratar de assuntos relacionados aos contratos e convênios com órgãos de cultura dentro da política cultural no Estado, a Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Pernambuco promove hoje, às 8h, na Fundação Joaquim Nabuco, o Seminário Mercado Cultural – A Hora é Essa!

Anete Cunha e sua ceia natalina

Sábado, a artista plástica Anete Cunha manteve a tradição ao abrir seu bonito apartamento de Boa Viagem para ceia natalina, junto à família. Tudo remetia ao tema com uma decoração linda. Destaque-se a arvore de Natal e a mesa com direito a um castiçal do século XIX, dando um toque todo especial. Sem esquecer os pratos de Limoges e os talheres portugueses. Anete recebe muito bem.

Anete e Lúcia Cunha, Mariana, Maria Cecilia e Edaurdo Cunha (Foto: Divulgação)

Na Árvore de Natal estavam os pacotes, e quando deu meia noite começou a troca de presentes. Num recanto do apartamento repousava o piano de cauda, onde a anfitriã dedilhou Noite Feliz. Sobre a mesa os convidados podiam escolher entre um peru à Califórnia, bacalhau ao forno, tender, pasteis de festa, empadas, bolo de nozes, tâmaras, amêndoas, damasco, passas e ameixas.

Flashes

Hoje, às 20h, no Dom Ferreira, Dina e Mário Gil Rodrigues movimentam confraternização natalina, por adesão.

A Pousada da Paixão, em Nova Jerusalém, vai realizar novamente seu réveillon. Informações no www.posadadapaixão.com.br.

Hoje, 20, às 18h, na Alepe, temos reunião solene em homenagem aos 90 anos de fundação do Grande Oriente.

Luiz Augusto Corrêa de Araújo Filho, leia-se Agência UM, comemorou o sucesso da empresa com todo o seu time nas ladeiras de Olinda.

Hoje, às 17h30, no Telhado Verdedo ITBC, temos a confraternização de TI (SoftexRecife, Assespro, Seprope, Sucesu e Porto Digital).

Hoje, às 18h, o médico Jurandir Brainer profere palestra na Interne, de Paula Meira, sobre as novidades no tratamento do HIV.

Será lançada amanhã, às 17h, na Livraria Praça de Casa Forte a Revista Coluna Pernambucana, da editora Digital e a Naipes.

Hoje, às 14h, na Casa da Justiça e Cidadania do Tribunal de Justiça de Pernambuco, no Coque, acontece o quinto casamento coletivo.

Hoje, no Barchef, em Casa Forte, teremos o vernissage do artista plástico Cavani Rosas. A mostra ficará aberta até 20 de janeiro de 2017.

Murilo, Marcos e a ceia natalina  

Sexta-feira, Murilo Amorim e Marcos Simão movimentaram ceia natalina das mais alinhadas. Foi um encontro petit comité e com direito a um cardápio francês assinado por Marcos Simão. A reunião aconteceu na sua casa de recepção, por sinal notável, a Casa de Actus. O local, um casario do final do século XVIII, no estilo colonial português, que no túnel do tempo, já foi prostíbulo, e o Restaurante Dom João.

Murilo Amorim, Margarida Cantarelli e Marcos Simão (Foto: Fernando Machado)

A Casa de Actus é um verdadeiro museu, onde podemos ver peças de artes maravilhosas. Na sala principal caia do teto sobre os convidados um lustre de Bacarat. Nossos olhos passeavam pelas estantes do século XIX tendo como recheio pratarias portuguesa e francesa, além de biscuits franceses. Recebendo os convidados estavam Marcos, Murilo e Betania Amorim. O fundo musical foi bem francês, mas com um recheio de MPB.

Elisio Moura e Cremilda Martins (Foto: Fernando Machado)

O bufê era de se comer rezando para Nossa Senhora da Conceição, cuja imagem do século XIX, repousava num móvel da sala de jantar, foi grifado por Marcos Simão. Na mesa de frios tínhamos queijos nacionais e importados, pães italianos, português e brioches, pernis de presunto home made, defumado, salames especiais: italianos, espanhóis, canadense, portugueses e pastas diversas: de berinjelas, de queijos, de tomates secos, de azeitonas.

Dete Martins, Veranica de França e Suzana Martins (Foto: Fernando Machado)

No coquetel volante massa folhada ao creme quatro queijos, vol-au-Vent de Camarões ao creme com ervas de provence, salada de palmito, champignons, tomate cereja, espinafre e iogurte grego. O jantar degustamos aubergines farcies saumon au four et crème d’abricot (beringuelas recheadas de salmão ao creme de damasco), tomates Crevettes Surmonté le four avec des tranches de griller les amandes (tomates recheados de camarão ao forno com fatias de amêndoas torradas).

Paulo Moreira e Murilo Santiago (Foto: Fernando Machado)

Para sobremesa tinha bolo de Souza leão (receita de família), bolo de Rolo da Casa dos Frios e bolo de chocolate da diplomata delicatessen. Tudo isso regado a espumante Chandon, uísque Johnny Walker Black, além de vinhos chilenos e argentinos. Sem dúvida um encontro que ficou com gostinho de quero mais.