Fernando Machado

Blog

Tag mundo

Anotações do Cotidiano

Monique Mawulawe Agbedekpui, foi eleita sexta-feira, Miss Gana de 2020. Ela representará seu pais no Miss Mundo 2020 que acontecerá em 2021. No segundo lugar ficou Annalisa Anangfio e no terceiro lugar Issabella Agbo. O evento, que aconteceu no Teatro Nacional em Accra, contou com a participação de 16 candidatas.

Issabella Agbo, Monique Agbedekpui e Annalisa Anangfio (Foto: Concurso)

A Rua Dona Mariana, em Botafogo, vai ganhar um sofisticado empreendimento residencial da Bait Incorporadora: o IVO. O nome é uma homenagem a Ivo Pitanguy, antigo proprietário do terreno e da icônica casa onde funcionou sua clínica. Antes escondida por um muro, a casa ganhará visibilidade para a rua, devolvendo à cidade a beleza icônica de sua arquitetura. O lançamento está previsto para o final de setembro.

Copa do Mundo de 1950

Há 70 anos, acontecia na Ilha do Retiro, às 14h50, o único jogo da Copa do Mundo de 1950, no Recife. E a partida foi entre o Chile que venceu os Estados Unidos por 5×2. Os gols do Chile foram de Robleto, Prieto (2) e Cremaschi (2) e os dos EUA Wallace e Maca.

A seleção chilena (Foto: O Cruzeiro)

O Chile jogou com Livingstone, Machuca e Alvarez; Busquete, Faria e Rojas; Riera, Cremaschi, Robleto, Prieto e Ibanez. Os EUA com Berghi, Keough e Maca; Mcllveny, Colombo e Bahr; Wallace, Pariani, Guaetjens, Souza I e Souza II.

O selecionado norte-americano (Foto: Diário da Manhã)

Flashes

O maestro Dante Henrique Mantovani voltou para a presidência da Funarte. Parabéns presidente Bolsonaro.

By the way: Regina Duarte demitiu apenas os bolsonaristas, os petistas, socialistas e comunistas continuam mandando brasa por lá.

A Revista Happiness, leia-se a jornalista Manu Siqueira, lança sua versão digital. A revista originalmente é impressa.

O duo Sargaço Nightclub compôs a música O Mundo sem Nós, que virou videoclipe e será lançado amanhã no Youtube da banda.

Andréa Negreiros, do Supera Ginástica para o Cérebro, de Boa Viagem, comemora a conquista do 9º Selo de Excelência de 2020, da ABF.

As mulheres da Emirates

As mulheres contribuem cada vez mais para a indústria da aviação em todo o mundo e apoiam diretamente as trocas globais em diversas áreas servidas pela aviação, como o comércio internacional. Por ocasião do Dia Internacional da Mulher, a Emirates destaca como as mulheres na aviação apoiam economias e emocionam pessoas do mundo inteiro.

Ellen Roz e Heidi McDiarmid (Foto: Divulgação)

As mulheres constituem mais de 40% da equipe total da Emirates, a maioria trabalhando como tripulação de cabine. As pilotas da Emirates são de mais de 30 nacionalidades, de 23 a 62 anos de idade. A companhia aérea divulgou um vídeo que acompanha uma tripulação composta por mulheres somente operando voos de carga com várias escalas em quatro continentes no avião cargueiro Boeing 777 da Emirates SkyCargo.

Heidi, Ellen e Heather Wolff (Foto: Divulgação)

A capitã Ellen Roz, dos Estados Unidos, e a primeira oficial Heidi McDiarmid, da Austrália, percorrem cerca de 30 mil km em 10 dias em cinco voos de carga de Frankfurt para a Cidade do México e depois para Quito, Aguadilla, Amsterdã e, por fim, Dubai, transportando mais de 300 toneladas de carga, incluindo flores e frutas frescas e produtos farmacêuticos. As duas pilotas tiveram o acompanhamento da capitã Heather Wolf, do Canadá, para operar o voo de Frankfurt para a Cidade do México.