Fernando Machado

Blog

Tag mãe

Anotações do Cotidiano

Papo de Mãe de hoje, às 19h10, na TV Cultura, as apresentadoras Mariana Kotscho e Roberta Manreza fala sobre o luto materno, um assunto difícil, porém necessário, e que pode ajudar outras mães que passam por isso e sofrem caladas. Para tratar do tema, o programa recebe Gladys Ajzenberg, uma mãe que perdeu o filho Vitor, atropelado por um motorista alcoolizado. A edição tem uma reportagem com Neide dos Santos, do projeto Vila Corrida. Neide teve seu filho assassinado aos 14 anos por um menor de idade, e decidiu fazer um projeto para tirar adolescentes das ruas do Capão Redondo, de São Paulo.

A partir de um pequeno livro que lhe foi ofertado, um dicionário japonês-português-japonês, o fotógrafo ensaísta e expoente da fotografia contemporânea brasileira, Gal Oppido, desenvolveu uma obra inédita e relacionada a um projeto que toca há anos, o Shunga, Serenos e Ofegantes, sobre imagens das xilogravuras eróticas do Japão impressas entre os séculos XVII e XIX. A experiência resultou na publicação Pequeno Dicionário Erótico Ilustrado Japonês Português Japonês, livro produzido pelo artista entre março e junho deste ano, com lançamento pela Galeria Lume @galerialume.

De Volta para o Passado

Há 120 anos, nascia na Bahia, escritor Anísio Teixeira, que morreu no dia 11 de março de 1971.

Há 107 anos, nascia em Pernambuco, minha mãe Severina da Silva Machado, que morreu no dia 8 de março de 2002.

Há 105 anos, nascia na Paraíba, a senhora Dinah Vieira da Cunha Barreto, que morreu no dia 5 de setembro de 2008.

Doris, Niedja e Creusa (Reprodução do Diário da Manhã)

Há 90 anos, acontecia no Cinema Moderno, o concurso Beleza Infantil promovido pelo Diário da Manhã. A vencedora foi Dóris Tavares Cunha, o 2º lugar ficou Niedja da Silva Rego, em 3º lugar ficou Creusa Tavares do Carmo.

Há 75 anos, nascia em Pernambuco, o ator André Valli, que morreu no dia 20 de junho de 2008.

Há 30 anos, morria na Itália, o técnico João Saldanha, que nasceu no dia 3 de julho de 1917.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, o fotografo Mauricio Borba, que nasceu no dia 20 de abril de 1964.

Há 10 anos, morria no Rio de Janeiro, o clarinetista Paulo Moura, que nasceu no dia 15 de julho de 1932.

Cinelândia

O filme curta metragem Linha de Um Tempo Qualquer, produzido pelos atores Bruno Lamberg e Luciana Malavasi foi o vencedor do I Festival de Esquetes Online – Cena Curta em Casa, promovido pela Federação de Teatro Associativo do Estado do Rio de Janeiro. A produção conquistou três prêmios no festival; Melhor Filme, Melhor Atriz e Melhor Texto.

Ryan Reynolds e Elizabeth Banks no E! Entertainment (Foto: Divulgação)

Na próxima sexta-feira, às 21h10, pelo E!  Entertainment, será exibido o filme Três Vezes Amor, com Ryan Reynolds, Rachel Weisz e Elizabeth Banks. Will Hayes é um pai solteiro que vive em Manhattan, com sua filha de 10 anos, Maya. Quando a menina pergunta sobre sua mãe, Will revive o passado e conta a ela as historias de três mulheres com quem se relacionou, mas sem revelar no inicio qual delas é sua mãe.

Como surgiu o Dia das Mães

Dizem que a mais antiga comemoração do dia das mães é mitológica e surgiu na Grécia Antiga. O Dia das Mães no atual modelo foi criado pela filha de Ann Maria Reeves Jarvis, a metodista Anna Jarvis, que em 12 de maio de 1907, dois anos após a morte de sua mãe. A data foi reconhecida em 8 de maio de 1914, quando a resolução Joint Resolution Designating the Second Sunday in May as Mother’s Day foi aprovada pelo Congresso dos Estados Unidos, determinando o segundo domingo de maio como Dia das Mães. O presidente Thomas Woodrow Wilson proclamou no dia seguinte que no Dia das Mães os edifícios públicos fossem decorados com bandeiras.

Anna Jarvis, jovem e adulta (Fotos: Divulgação)

Assim, o Dia das Mães foi celebrado pela primeira vez em 9 de maio de 1914. Anna Jarvis afastou-se do movimento porque a data ficou comercializada. No Brasil, coube à Associação Cristã de Moços do Rio Grande do Sul a iniciativa da comemoração. A data foi trazida ao Brasil pelo então Secretário-geral da instituição, Frank Long. A primeira celebração no país ocorreu em 12 de maio de 1918, em Porto Alegre. Em 1932, o então presidente Getúlio Vargas, a pedido das feministas da Federação Brasileira pelo Progresso Feminino, oficializou a data no segundo domingo de maio. Anna Jarvis nasceu no dia 1 de maio de 1864 e faleceu no dia 24 de novembro de 1948.