Fernando Machado

Blog

Tag madrugada

Nos Bastidores da Política

O número de pessoas curadas do coronavírus continua superando o número de casos ativos no Brasil. Sábado, o Ministério da Saúde registrou 520.734 pessoas curadas, enquanto outros 496.869 pacientes seguem em acompanhamento médico. As informações estão atualizadas até as 17h30 e foram enviadas pelas Secretarias Estaduais e Municipais de Saúde. Outra boa notícia é que os números de casos e óbitos começaram a se estabilizar e a entrar em tendência de queda no país, algo que já vem sendo observadas nas últimas quatro semanas.

O Brasil recebeu na madrugada de sábado o 24º voo da Latam, fretado pelo Ministério da Infraestrutura, com carga de máscaras compradas pelo Governo Federal e destinadas aos estados para enfrentamento à Covid-19. Desde o dia 6 de maio, o país já recebeu 146 milhões de máscaras cirúrgicas e do tipo N95 de um total de 240 milhões de unidades adquiridas pelo Ministério da Saúde. O Ministério vai fretar mais de 40 voos para transportar a carga.

A Secretaria de Especial de Previdência e Trabalho e o INSS anunciaram o retorno gradativo do atendimento presencial nas Agências da Previdência Social, a partir do dia 13 de julho. O atendimento por meio de canais remotos continuará sendo realizado mesmo após a reabertura das agências. O comunicado foi feito durante reunião do Conselho Nacional de Previdência na manhã de sexta-feira.

Galo da Madrugada no passo do Cordel

Rômulo e Ana Neri Meneses com o neto Marcelo (Foto: Sheila Wanderley)

Praça Sérgio Loreto, no bairro de São José, surgiu depois de vários aterramentos. Seu traçado original com características do paisagismo inglês – linhas curvas, imitando as linhas da natureza, delineando o lago e os passeios sinuosos, sombreados por grandes árvores e imponentes palmeiras imperiais – foi definido em 1924, e sua instalação realizada pelo prefeito Antonio de Góes, em 1926, em homenagem ao governador.

O presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira e Zulene Norberto (Foto: Sheila Wanderley)

Antes, era conhecida como Praça do Muniz, Campina do Bodé e Praça Siqueira Campos. A Praça era considerada o mais belo jardim do Recife: possuía coreto em que bandas de música faziam retretas. Existia a Ilha dos Amores e a calçada do jardim, apelidado de quem-me-quer, de onde os rapazes dirigiam galanteios às moças que ali surgissem. Quem sabe a turma alegre também não batia o ponto por lá.

Sheila Wanderley com um dos arranjos mais bonitos do camarote e João Alberto (Foto: Instagram)

Sérgio Loreto é contornada pela Rua Imperial e pela Avenida Sul. No seu logradouro, foi inaugurado em 1975, um monumento em concreto armado polido em homenagem aos heróis da Restauração Pernambucana, by o escultor Abelardo da Hora. Com o tempo a praça foi esquecida pelo governo municipal e a população em geral não mais a visitava. Após muitas reclamações, o governo municipal realizou algumas intervenções necessárias para revitalizá-la.

O desembargador Fausto Campos e Amanda (Foto: Sheila Wanderley)

A partir de 2009 o Clube de Máscaras Galo da Madrugada, que possui um galpão nos seus arredores decidiu adota-la. Neste local foi fincado o Camarote do Galo da Madrugada, com 1.200 m². O tema deste ano foi O Galo Gigante – No Passo do Cordel. O cordelista J. Borges estava lá. O camarote foi decorado por Romildo Alves. Cerca de dois mil e 200 convidados assistiram a passagem do Galo.

Lelé Carvalho e Andre Valença à Van Gogh (Foto: Sheila Wanderley)

O bufê maravilhoso foi grifado pelo La Cuisine de Sophia Lins. Quem chegou cedo teve direito a um café da manhã com sanduíches, cachorros quentes e vários tipos de bolos. Depois das 11h foram servidas massas, salada italiana com penne, ravióli de queijos nobres. Não esquecer os hambúrgueres da Dom Black que fizeram muito sucesso.

Antônio Lavareda e Caçyone Gomes (Foto: Sheila Wanderley)

Evoé, Evoé, Evoé!

Amanhã o Recife vai parar por conta do desfile do Galo da Madrugada. Estarei a convite de Ana Neri e Rômulo Meneses no Camarote Oficial. O tema deste ano é O Galo Gigante no Passo do Cordel. A decoração será grifada por Romildo Alves. O bufê que será servido aos convidados é La Cuisine de Sophia Lins.

Rômulo Meneses à côté Ana Neri (Foto: Fernando Machado)

Rosa Maria, que vai atender a clientela de melindrosa (Foto: Ademar Filho)

Amanhã, o restaurante Tempero da Rosa, localizado do Hotel Central, na Boa Vista, estará aberto. A proprietária, Rosa Maria, criou o Camarote do Galo, começando às 6h. À tarde, vai ter orquestra de frevo e casal de passistas. No cardápio, comida regional, galinha à cabidela, bode guisado, charque frita, bolinho de bacalhau, entre outras delícias.

Alberto Feitosa ganha Galo de Ouro

Alberto Feitosa ao receber o Galo de Ouro de Rômulo Menezes (Foto: Fernando Machado)

Aconteceu quinta-feira, à noite, na sede do Palácio Enéas Freire, no tradicional reduto do carnaval recifense, o bairro de São José, a penúltima Quinta do Galo da Madrugada. O Clube de Máscaras Galo da Madrugada foi fundado no dia 24 de janeiro de 1978, por Enéas Freire (1921/2008), na Rua da Concórdia. A partir de 2006 a sede foi repaginada e ganhou um nome imponente de Palácio Enéas Freire.

Sheila Wanderley e João Alberto Sobral (Foto: Fernando Machado)

Cecilia e André Correa (Foto: Fernando Machado)

O espaço, possui uma área mil m², e foi projeto pela arquiteta Arinêe Fulco e pelo engenheiro José Schvartz. A decoração interna foi finalizada pelo arquiteto Mário Baô, que utilizou cores variadas e fortes, trabalhando com elementos mutantes, de modo que os espaços possam ser utilizados de formas flexíveis. Foram gastos na obra cerca de 1,3 milhão de reais. Pois foi neste cenário que o presidente Rômulo Meneses entregou o Galo de Ouro para o deputado Alberto Feitosa.

Duas figuras bonitas Guilherme e sua mãe Ana Neri Menezes (Foto: Fernando Machado)

O Coral de Edgar Moraes fez sucesso no Galo (Foto: Fernando Machado)

Tivemos intervenções de palhaços e grupo de fantasias da entidade, o maracatu Leão Formoso de Casa Amarela, grupo de passistas e o Bloco dos Artesões. E em seguida o espetáculo de cultura pernambucana continuou. Tivemos ainda o Coral de Edgar Moraes, Nono Germano e Gustavo Travassos. Foi de autoria de Alberto Feitosa o projeto de lei que transformou, em 2009, o Galo em Patrimônio Cultural e Imaterial de Pernambuco.

Duas figuras lindas do Maracatu Leão Formoso (Foto: Fernando Machado)