Fernando Machado

Blog

Tag julgadora

Martha Vasconcelos vence o Miss Brasil de 1968

As misses no palco do Maracanãzinho e Martha Vasconcellos já como Miss Brasil (Foto: O Cruzeiro)

Martha Vasconcellos e Martha com a Miss Universo de 1967, Silvia Hitchcock (Fotos: O Cruzeiro e Manchete)

Há 52 anos acontecia no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro, diante de um publico de 40 mil pessoas, o Miss Brasil de 1968. A vencedora foi Martha Vasconcellos, da Bahia e que foi coroada por Wilza Rainato, que assumiu o titulo devido a renuncia de Carmen Silvia Ramasco, Miss Brasil de 1967. A 2ª colocação ficou com Ângela Stecca (Minas Gerais), que representou o Brasil no Miss Mundo, em Londres e a terceira colocada Maria da Gloria Carvalho, (Guanabara) que representou o Brasil no Miss Internacional, realizado no Japão e voltou com a coroa. Os apresentadores do concurso foram Paulo Max Marly Bueno.

As misses no palco aguardando a hora de desfilar na passarela (Foto: O Cruzeiro)

O Top 8: Ângela, Delzi, Evelize, Marluce, Maria da Glória, Josemary, Maria do Pilar  e Martha (Foto: O Cruzeiro)

Martha Vasconcellos, do alto dos seus 1,75 m de altura, 59 kg de peso, 59 cm de cintura, 93 cm de busto e de quadris, 55 cm de coxa e 21 cm de tornozelo, voltou para o Brasil, com o titulo de Miss Universo de 1968. No Maracanãzinho, Martha desfilou com um modelo azul turquesa assinado pelo estilista Gerson e com um traje típico de baiana estilizada grifada pelo estilista Evandro Castro Lima. A Miss Simpatia foi Maria Anunciada Cunha (Goiás) e a Miss Fotogenia Martha Vasconcellos (Bahia).

Maria do Pilar, Josemary e Maria da Gloria (Foto: O Cruzeiro)

Delzi, Evelize e Marluce (Foto: O Cruzeiro)

A comissão julgadora foi presidente pela primeira dama de Mato Grosso Maria Aparecida PedrossianTeresinha Silveira, Miss Brasil de 1958 Adalgisa Colombo, Miss Brasil de 1965 Maria Raquel de AndradeDalal Achcar (diretora do corpo de baile do Teatro Municipal), a atriz Bibi FerreiraAntonio Manoel Silveira (diretor da TAP), Nei Cidade Palmeira (Presidente do Tribunal de Alçada da Guanabara), os jornalistas Mário Moraes (O Cruzeiro) e Justino Martins (Manchete), Oscar Ornstein (diretor do Copacabana Palace), figurinista Evandro Castro LimaOrlando Zancani (Secretário de Turismo de São Paulo), o diplomata Donatelo Griecco e Bem Novack (dono do Hotel Fontainebleu de Miami Beach).

Em trajes típicos Maria do Pilar, Carmen e Dalva (Foto: O Cruzeiro)

As misses Vera, Mariza e Maria de Fátima(Foto: O Cruzeiro)

Ficaram no Top 8: Martha Vasconcellos (Bahia), Maria do Pilar Matos Ferro (Brasilia), Josemary Vasconcelos Correa (Estado do Rio), Maria da Gloria Carvalho (Guanabara), Angela Stecca (Minas Gerais), Delzi Captan (Paraná), Evelize Brietzig (Santa Catarina) e Marluce Facci (São Paulo). O resultado final ficou assim: em 4º lugar Josemary Correia (Estado do Rio), em 3º lugar Maria da Gloria Carvalho(Guanabara), em 2º lugar Angela Stecca (Minas Gerais) e a Miss Brasil, Martha Maria Cordeiro de Vasconcellos.

As miss Maria da Glória, Ângela e Maria Anunciada (Foto: O Cruzeiro)

As misses Ângela, Vilma e Claudia Virginia (Foto: O Cruzeiro)

Participaram do concurso 25 jovens: Carmen Ferreira Nunes (Acre), Claudia Virginia Lisboa Martins(Alagoas), Maria de Fátima de Souza Acris (Amazonas), Martha Maria Cordeiro de Vasconcelos (Bahia), Maria do Pilar Matos Ferro (Brasilia), Vera Maria Veras (Ceará), Dalva Riva (Espírito Santo), Josemary Vasconcelos Correa (Estado do Rio), Maria Anunciada Fernandes da Cunha (Goiás), Maria da Gloria Carvalho (Guanabara), Vilma das Graças Castro Sales (Maranhão), Maria Auxiliadora Campos (Mato Grosso).

Marluce, Martha e Josemary (Foto: O Cruzeiro)

Maria Eunice, Leonisia e Clara (Foto: O Cruzeiro)

Ainda Angela Carmelia Stecca (Minas Gerais), Clara Marcos Pinto (Pará), Ilona Pinheiro de Sá (Paraiba), Delzi Capan (Paraná), Maria Eunice Mergulhão Maciel (Pernambuco), Ana Aurora Aragão (Piaui), Maria Suely Pereira da Silva (Rio Grande do Norte), Elizabeth Borella Finardi (Rio Grande do Sul), Mariza Correa (Rondonia), Angela Maria Martins (Roraima),  Evelize Brietzig (Santa Catarina), Marluce Facci (São Paulo) e Leonisia Fonseca Mota (Sergipe).

Ana Aurora, Delzi e Maria Suely (Foto: O Cruzeiro)

Ângela Stecca, Delzi Captan e Martha Vasconcellos by Gerson (Fotos: O Cruzeiro)

Maria Lucia vence o Miss Pernambuco de 1961

Maria Lucia em traje de maiô e traje de gala (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Hoje faz 59 anos, que a Miss Clube Internacional do Recife, Maria Lúcia Santa Cruz, do alto dos seus 1m70 de altura, 98cm de busto e quadris, 58cm de coxa e cintura, era eleita nos salões do seu Clube, Miss Pernambuco de 1961. O concurso teve o menor número de candidatas, assim o júri formado por cinco membros. O festival da beleza feminina pernambucana foi apresentado pela atriz Heloisa Helena (1917/1999).

Carmen Aurélia Rodrigues, Guaracy Gouveia, Gicelda Nascimento e Maria Lúcia Santa Cruz (Reprodução do Diário de Pernambuco)

A comissão julgadora foi presidida por Almeida Castro e composta pelo médico Álvaro Ferraz, pelo advogado Joel Pereira, pelas socialites Lais Cabral da Costa e Hughete Leimig. Participaram do concurso apenas quatro candidatas: Guaracy Gouveia (Clube Português), Carmen Aurélia Rodrigues (Clube Náutico Capibaribe), Maria Lúcia Santa Cruz (Clube Internacional do Recife) e Gicelda Nascimento (Clube Líbano Brasileiro).

Maria Edilene Torreão passando a faixa para Maria Lucia (Reprodução do Diário de Pernambuco)

O resultado final ficou assim: em quarto lugar Gicelda Nascimento, em terceiro lugar Guaracy Gouveia, em segundo Carmen Rodrigues e a vencedora foi Maria Lúcia Santa Cruz que usou um modelo deslumbrante desenhado por Victor Moreira, e costurado por Inês Peixe. Informação importante: Carmen Rodrigues representou o Rio Grande do Norte no Miss Brasil, porque a eleita Ronnie Pacheco, renunciou para casar com Carlos Regnier.

Hemê Pessoa, a coiffeur Aparecida, o figurinista Victor Moreira, Maria Lúcia Santa Cruz e coiffeur Fausto (Foto: Acervo de Hemê)

Cilene Aubry vence o Miss Pernambuco de 1974

Há 46 anos, Cilene Aubry Bezerra, de Serra Talhada, era eleita diante de um publico de 15 mil pessoas, no Geraldão, Miss Pernambuco de 1974, que coroada pela Miss Pernambuco de 1973, Enilda Sá Barreto. Participaram do concurso 28 candidatas. A apresentação foi de Carmen Towar e Albuquerque Pereira. O show ficou por conta dos cantores Ronnie Von e Rosemary, do MPB 4 e do conjunto de Mário Griz.

Carmen Towar entrevistando a nova Miss Pernambuco (Foto: Acervo de Cilene)

Na comissão julgadora estavam José de Almeida Castro (presidiu), Newton Agra, Wellington Virgulino, Valéria Freitas, Sonia Maria Campos Batista, Thais Notare Lemos, Maria do Carmo Vilaça, e a senhora Gercino Lins. A coordenação foi de Severino Barbosa, Maria Alice Santos, Ricardo Pinto, Fátima Beltrão e Miriam Machado. Cristina Barros Valente de Paudalho foi Miss Simpatia.

Cilene  Aubri coroada e desfilando na passarela (Fotos: Acervo de Cilene)

No Top 10 ficaram Rosangela Dourado Lins (Vitória), Laurineide Coutinho Ferreira (Timbaúba), Lourdes Olinos (Náutico), Albanise Maria Braga Coelho (Sport), Oda Uood (Escolas Fisk), Aerlane Zamboni Maia (Português), Rita de Cassia Dutra (Grupo Jovem de Boa Viagem), Angélica Moura Lins (Gravatá), Isolda Lira Cabral (Caruaru) e Cilene Aubry Bezerra (Serra Talhada).

Isolda Lira Cabral, Cilene Aubry Bezerra e Angelica Moura Lins (Foto: Acervo de Cilene)

Top 5: Rosangela Dourado Lins (Vitória),  Rita de Cassia Dutra (Grupo Jovem de Boa Viagem), Isolda Lira Cabral (Caruaru), Angélica Moura Lins (Gravatá), e Cilene Aubry Bezerra (Serra Talhada). Resultado final: 3º lugar Isolda Lira Cabral, em 2º lugar Angélica Moura Lins e em 1º lugar Cilene Aubry Bezerra.

Enilda Sá Barreto e Cilene Aubry Bezerra (Foto: Acervo de Cilene)

Candidatas Aerlane Zamboni Maia (Português), Ana Lucia Ramalho (Escada), Josieda Coelho Saraiva (Petrolina), Risalva Maria dos Santos (Surubim), Regina Coeli Pereira (Goiana), Cilene Aubry Bezerra (Serra Talhada), Janise de Moura Bezerra (Vertentes), Zuleica Maria Tavares de Brito (Catente), Cristina Barros Valente (Paudalho), Cristina Veloso (Canhotinho), Maria do Carmo Orrico (Barreiros), Márcia Milanea Bezerra (Salgueiro), Rosangela Dourado Lins (Vitória), Rita de Cassia Dutra (Grupo Jovem de Boa Viagem), Lourdes Olinos (Náutico).

Cilene Aubry Bezerra antes de ser anunciada como Miss Pernambuco de 1974 (Foto: Divulgação)

Ainda Angélica Moura Lins (Gravatá), Oda Uood (Escolas Fisk), Claudete Vieira da Silva (Garanhuns), Antônia Alves Cavalcanti (Exu), Isolda Lira Cabral (Caruaru), Albanise Maria Braga Coelho (Sport), Laurineide Coutinho Ferreira (Timbaúba), Maria de Fátima Souza Leite (Arcoverde), Maria do Carmo Mergulhão (Belo Jardim), Marluce Maria de Oliveira (Paulista), Eunicia Maria de Barros Galdino (Pesqueira), Sônia Maria Cavalcanti (São José da Coroa Grande), Sônia Maria Barbosa Vieira (Sindicato dos Rodoviários).

Miss Pernambuco de 1956: Nelbe Souza

Magaly, Lieselotti, Nelbe, Telma, Lucy e Zuleide (Fotos: Acervo do blog)

Hoje faz 64 anos, hoje, que os salões do Clube Náutico Capibaribe recebia um público de cinco mil pessoas assistirem ao concurso de Miss Pernambuco de 1956. A grande atração, depois das candidatas, foi o show do cantor Ataulfo Alves e suas pastoras. A coordenação do festival da beleza pernambucana foi dos jornalistas Alex e Fernando Cascudo, além de Colombo Campos.

Lieselotte Cornils e Lucy Tenório (Fotos: Reprodução do DP)

Era o segundo concurso promovido pelo Diário de Pernambuco. A Miss Pernambuco de 1955 foi Alba Souza Leão Carneiro que renunciou o concurso, seis meses depois, para casar com o oficial norte-americano Harry Richburg. Participaram do festival da beleza pernambucana Magali Janete de Almeida (Português), Lucy Oliveira Tenório (Cabanga), Nelbe Souza (Náutico), Telma Della Santa (Internacional), Zuleide Pereira Sá (Circulo Militar) e Lieselotte Cornils (Aero Clube de Pernambuco).

Magali Janete de Almeida e Nelbe Souza (Fotos: Reprodução do DP)

A comissão julgadora foi formada por Paulo Cabral, Valdemar de Oliveira, Mauro Mota, Álvaro Ferraz, Bibiano Silva, Lula Cardoso Ayres, Fédora Rego Monteiro Fernandes, Altamiro Cunha, Telma Vasconcelos, Alex e Leônidas Ramalho. Informação importante: As misses não desfilaram de maiô para o público, somente para os jurados. O buchicho era que Nelbe era a candidata de Alex e Liesellote a do famoso cronista social Altamiro Cunha.

Telma Della Santa e Zuleide Pereira de Sá (Fotos: Reprodução do DP)

O resultado foi divulgado nas primeiras horas do domingo. E ficou assim: terceiro lugar Telma Della Santa do Clube Internacional do Recife, no segundo lugar Lieselotte Cornils do Aero Clube de Pernambuco. E a vencedora foi a alvirrubra Nelbe Souza. Estava prevista que a primeira dama de Pernambuco Avany Cordeiro de Farias entregaria a faixa para a Miss Pernambuco, ela fez forfait.

Telma Della Santa, Nelbe Souza e Lieselotte Cornils (Foto: Acervo do blog)

  • 1 2 6