Nos Bastidores da Política

Registros atualizados nesta semana pela Dataprev indicam que aproximadamente 124,2 milhões de pessoas foram diretamente ou indiretamente beneficiadas pelo Auxílio Emergencial do Governo Federal. O número contabiliza os 65,4 milhões de cidadãos considerados elegíveis e os integrantes de suas famílias.

Os efeitos da pandemia do novo coronavírus também têm afetado a população jovem. Muitos relatam instabilidade econômica no período e a necessidade de recorrer a políticas públicas de contingência para enfrentar a crise. É o que diz a pesquisa Juventudes e a pandemia do Coronavírus, que mostrou que seis a cada dez jovens fizeram cadastro ou tiveram alguém de suas famílias cadastradas, no Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos Auxílio, para receber auxílio emergencial.

A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe alcançou 88,8% do público-alvo, da meta de 90%. Entre os grupos prioritários, os idosos foram o que tiveram melhor desempenho, com cobertura de 119,29%. Os estados e municípios receberam um total de 79,9 milhões de doses da vacina. Desse total, 77,28% foram aplicadas. A vacina é segura e reduz as complicações que podem produzir casos graves da doença e óbitos.