Fernando Machado

Blog

Tag hotel

Há 50 anos morria sua majestade Chanel 

Coco Chanel no Hotel Ritz de Paris (Foto: Divulgação)

Há 50 anos, morria sozinha no Hotel Ritz, em Paris, uma daquelas estilistas mágicas, uma mulher de ouro para a moda. Estamos nos referindo a Coco Chanel, que do alto dos seus 87 anos deixava um legado infinitamente rico. Coco era muito além do seu tempo. Foi amante, entre outros, do compositor Igor Stranvinski (1882/1971), que era casado e foi morar com a mulher Katarina e quatro filhos na casa de Coco Chanel.

Coco Chanel em clima de relax mas sem esquecer o cigarro (Foto: Divulgação)

Tudo que fazia era objeto de desejo. Seus tailleurs são referencia até hoje, por conta deles Chanel conseguiu colocar a mulher no nível dos homens nas empresas. Suas roupas passaram a vestir as grandes estrelas de Hollywood. Em 1920 criou o perfume Chanel Nº 5, arrasou quarteirão, graças à diva do cinema Marilyn Monroe (1926/1962) confessando que dormia nua apenas com uns pingos de Chanel Nº 5.

Marilyn Monroe e seu perfume preferido Chanel Nº 5 (Foto: Divulgação)

Durante a II Guerra Mundial Chanel fechou sua Maison, mas permaneceu morando na Cidade Luz. Como não poderia deixar de ser teve um relacionamento com Hans Dincklage, da inteligência alemã, que atuava na França. Em 1954 reabriu sua casa de costura, mas os franceses que condenaram esse romance viraram as costas para sua loja. Por conta disso Chanel passou por dificuldades financeiras e decidiu terminar o namoro.

Chanel sempre ao lado do cigarro (Foto: Divulgação)

Chanel dividia seu tempo entre a França e a Suíça, onde se relacionou amorosamente com banqueiros, empresários, condes, duques e políticos. Graças a então primeira dama dos Estados Unidos Jacqueline Kennedy (1929/1994) sua cliente, retomou para as paginas das revistas de moda, com seus tailleurs. Depois Chanel retornou a residir em Paris. Por conta da sua idade foi morar em hotéis, pois não se sentia sozinha. Gabrielle Bonheur Chanel nasceu na França em 19 de agosto de 1983.

Chanel e o bailarino russo Serge Lifar (Foto: Divulgação)

De Volta para o Passado

Há 105 anos, era inaugurado na Rua Marcilio Dias, 70, o Hotel Café Democrata.

O medico Waldemir Miranda e o Padre Félix Barreto (Foto: Diário da Manhã)

Há 75 anos, o medico Waldemir Miranda inaugurava a Casa de Saúde São Marcos. A benção foi com Padre Félix Barreto. Falou o medico Caldas Bivar.

Há 40 anos, morria na França, o romancista Archibald Joseph Cronin, que nasceu no dia 19 de julho de 1896.

Flashes

O Marante Executive Hotel, localizado na Avenida Domingos Ferreira, no Pina, é uma maravilha. De parabéns, o engenheiro Felipe da Fonte.

A médica Isabela Coutinho Coelho vai permanecer como diretora do Hospital da Mulher do Recife, nova gestão da Prefeitura do Recife.

O presidente da Abrajet-PE, jornalista Luiz Felipe Moura, sempre uma figura humana solidária e amiga. Feliz Ano Novo, amigo.

A cantora Mayra Clara (Foto: Vanessa Acioly)

A cantora acreana Mayra Clara participou como convidada da nova música autoral de Sergio Gaia, chamada de Breve Balanço.

O personal trainer pernambucano radicado em Los Angeles, Caio Nunes de Souza, veio passar o réveillon com a família, no Recife.

O arquiteto Geraldo Machado, da Trosten, é assinou o projeto da loja Main Shoes, no Shopping Recife, que inaugurou em dezembro.

Duas festas inesquecíveis de 2019

O Salão Luiz Felipe Brennand do Sheraton Reserva do Paiva estava deslumbrante, no réveillon d de 2019, com uma decoração que remetia ao branco, dourado e nude. Cerca de três mil balões brancos, dourados, nudes e transparentes (estes últimos repletos de serpentina) deram o toque todo especial. No comando estava o gerente-geral Guido Stütz e Ana Laura. Atualmente o resort está fechado, mas suas festas não serão esquecidas.

Ana Laura e Guido Stütz no Sheraton (Foto: Fernando Machado)

Sheila Wanderley e João Alberto Sobral na Arcadia do Paço Alfandega (Foto: Fernando Machado)

Uma noite linda e glamorosa aquela que aconteceu no dia 2 de dezembro de 2019, na Arcádia do Paço Alfândega, para comemorar os 50 anos de colunismo social e o lançamento do livro Sociedade Pernambucana de 2020, do colunista social João Alberto Martins Sobral. Os parabéns vão para a mulher de João Alberto, a executiva Sheila Wanderley, que cuidou de tudo nos mínimos detalhes.