Fernando Machado

Blog

Tag Guanabara

Vera Maia: Miss Guanabara de 1963

Aizita, Léia, Eliane, Vera, Vilma, Maria da Penha, Cecilia e Sonia (Foto: O Cruzeiro)

No próximo dia 15 de junho fará 15 anos, que Vera Lucia Ferreira Maia, filha da cantora Nora Ney, representando o Fluminense Futebol Clube, era eleita Miss Guanabara de 1963. Vera tinha 1m72 de altura, busto e quadris 93 cm e cintura 60 cm. Roseana Frota Mendes, da Federação Atlética Estudantil, foi escolhida Miss Simpatia. Os apresentadores foram Paulo Porto e Neide Aparecida. Participaram do concurso 24 candidatas.

A mulata Aizita Nascimento se dependesse do público teria vencido (Foto: O Cruzeiro)

A comissão julgadora foi formada pela diretora da Revista Joia Lucy Bloch, Oscar Ornstein do Copacabana Palace, o artista plástico Luiz Jasmin, o editor da O Cruzeiro Ziraldo Pinto, do escultor Mateus Fernandes, do figurinista Evandro de Castro Lima, do diretor dos Diários Associados Paulo Cabral, José Guimarães do Correio da Manhã e o escritor Henrique Pongetti. A mais miss aplaudida por um público estimado em 15 mil pessoas do Maracanãzinho foi à mulata Aizita Nascimento.

Victor Bouças entregando a faixa de Miss GB 63 para Vera Maia (Foto: O Cruzeiro)

A classificação final ficou assim: 1º lugar Vera Lúcia Ferreira Maia (Fluminense), em 2º lugar Eliane Silveira (Riachuelo), em 3º lugar Wilma Thomas Pereira (Flamengo), no 4º lugar Lea de Carvalho Soares (Madureira), no 5º lugar Maria da Penha Cotrim (Vila Isabel), no 6º lugar Aizita Nascimento (Renascença), em 7º lugar Cecília Rangel da Rocha (Melo Tênis Clube) e no 8º lugar Sônia Madeira de Lei (Olaria Atlético Clube).

Fluminense, Riachuelo, Flamengo, Madureira, Bangu, América, 10 de Maio e Portuguesa (Foto: O Cruzeiro)

As 24 candidatas foram: Irene Orwert (Ilha do Governador Iate Clube), Suely Rago (Clube Sul América), Wilma Thomaz Pereira (Clube de Regatas Flamengo), Lídia Dolabella (Clube Universitário), Eliane Silveira (Riachuelo Tênis Clube), Leila Adiles de Serqueira (Botafogo Futebol Clube), Sônia Pedrosa (A. A. Portuguesa), Sônia Madeira de Lei (Olaria Atlético Clube).

 

Clube Univesitário, Garnier, Botafogo, Aliados Guanabara, Grajaú, Costa Brava e Filosofia (Foto: O Cruzeiro)

Ainda Nadja Lacerda (Costa Brava Clube), Natalina Batista (Bangu Atlético Clube), Rose Mary de Menezes (Grajaú Country Club), Jacy Pithon (E. C. Minerva), Roseana Frota Mendes (Federação Atlética Estudantil), Lea de Carvalho Soares (Madureira Atlético Clube), Dalva Celeste de Almeida (E. C. Garnier), Regina Maria Bueno (Sociedade Musical 10 de Maio).

Vila Isabel, Renascença, Mello, Olaria, Barra da Tijuca, Estudantil, Minerva e Sul América (Foto: O Cruzeiro)

E finalmente Aizita Nascimento (Clube Renascença), Sonja Pereira de Melo (Barra da Tijuca Country Clube), Cecilia Rangel Rocha (Melo Tênis Clube), Nadir de Souza (Clube dos Aliados), Vera Lúcia Ferreira Maia (Fluminense Futebol Clube), Maria da Penha Cotrim (Associação Atlética Vila Isabel), Suely Beck (América Futebol Clube) e Marlene Bezerra (Escola Nacional de Filosofia).

Algumas misses desfilando na passarela de 220 metros (Foto: O Cruzeiro)

Vera Lúcia Saba é a Miss GB 62

No dia 10 de junho de 1962, diante de um publico de 15 mil pessoas, no Maracanãzinho, a morena Vera Lucia Saba, do Clube Monte Líbano, foi eleita Miss Guanabara de 1962. Do alto de seus 18 anos, 1m70 de altura, 57cm de cintura, 92cm de busto e quadris Verinha que é mineira tem sangue alemão, árabe, húngaro, norte-americano, venceu 21 candidatas, e ainda foi eleita Miss Simpatia.

Alda Coutinho de Moraes enfaixando Vera Lúcia Saba (Foto: Manchete)

Vera Lucia Saba foi enfaixada pela Miss Guanabara de 1961, Alda Coutinho de Moraes. No segundo lugar ficou a amazonense Fátima das Neves Silva (Grajaú Tenis Clube), em 3º lugar Helga Mayer (Riachuelo), em 4º lugar Janete Batisti da Costa (Vila Isabel), em 5º lugar Miriam Machado Bellini (Bangu), em 6º lugar Claudia Souto (Fluminense), em 7º lugar Janete Passos Muniz (Botafogo), e em 8º luar Carmen Lucia Martinet (Renascença).

Fátima, Vera e Helga, Vera entre as sete finalistas (Fotos: Manchete / O Cruzeiro)

A comissão julgadora foi composta de Oscar Sanamaria, Eunice Modesto Leal, Ari Barroso, Accioly Netto, Maria Claudia (Correio da Manhã), Roldão Barbosa, o escultor Mateus Fernandes, Oscar Ornstein e Vincent Trotta. Para Maria Augusta da Socila a mulata Carmen Lucia Martinet (Miss Renascença) e Mercedes Grenbinski (Miss Caça e Pesca) foram as que melhores pisaram na passarela.

Vera Saba de vestido, maiô e Vestido (Fotos: Manchete)

Participaram do concurso as seguintes jovens Miriam Machado Bellini (Bangu), Sonia Regina Soares da Rocha(Lagoa Clube), Janete Passos Muniz (Botafogo), Neide Kastrup (A. A. Tijuca), Neide Toscano (Tatuis), Marly Barbosa (Olaria), Claudia Souto (Fluminense), Helena Crisaffe (Grajaú Country Club), Carmen Lúcia Martinet (Clube Renascença), Vera Lucia Saba (Monte Líbano), Lúcia N. de Sá (Campo Grande), Maria da Penha Perrota (ACC).

Helga Mayer desfilou debaixo de uma chuva de serpentina e papel picado (Foto: O Cruzeiro)

E finalmente Elianne Fróes (Sampaio), Ana Maria Vasconcelos (Clube Universitário), Mercedes Grebinski (Caça e Pesca), Maria do Carmo Airosa Ribeiro (America), Janette Batisti da Costa (Vila Isabel), Áurea Pereira (Sul-America), Tiana Maria Cipriano (Minerva), Helga Mayer (Riachuelo Tênis Clube), Fátima das Neves Silva (Grajaú Tenis Clube) e Fátima das Neves Silva (Grajaú Tenis Clube).

 

Ana Cristina Ridzi é Miss GB de 1966

Ana Cristina Ridzi e Miss Brasil de 1965, Maria Raquel de Andrade (Foto: O Cruzeiro)

No dia 11 de junho de 1966, 29 jovens disputaram o titulo de Miss Guanabara. Foi uma noitada de gêmeas e a vencedora foi Ana Cristina Ridzi (1947/2015) do Marã, que tinha 19 anos, 1m72 de altura, 93 de busto e quadris e 60 de cintura, que foi enfaixada pela Miss Guanabara de 1965, Maria Raquel de Andrade. Sua irmã gêmea Ana Cristina faturou 97 pontos, Maria Elizabeth do Bancremer 73 pontos, Elizabeth Santos do Rená 57 pontos e Sandra Maria do Fluminense 47 pontos.

Ana Cristina Ridzi de maiô Catalina e de longo (Fotos: O Cruzeiro)

As candidatas foram Ana Cristina Ridzi (Marã), Maria Elizabeth Ridzi (Bancremer), Sandra Maria Araujo (Fluminense), Marina Alice Vidal (Flamengo), Elizabeth Santos (Renascença), Maria Luiza Cortez (Vasco da Gama), Mariza Silva (Circulo de Oficiais da PM), Eliane Pio Pedro (São Cristovão Futebol e Regatas), Maria da Penha Santos Fundão (Banco Mineiro de Produção), Marina Conceição Silva (Cacique de Ramos), Leda Gonçalves Teixeira (Orfeão Portugal).

O Top 4 Sandra Maria Araujo, Maria Elizabeth e Ana Cristina Ridzi com Elizabeth Santos (Foto: O Cruzeiro)

Ainda Vera Lucia Diniz Cabral (Grêmio Social e Esportivo Rocha Miranda), Janete Guimarães Zugaib (Clube dos Suboficiais e Sargento da Aeronáutica), Janete Santos Aguiar (Carioca Esporte Clube), Lanir Gonçalves Teixeira (Associação Atlética Portuguesa), Aladir Carvalho Trindade (Melo Tênis Clube), Ângela Alves da Silva (Olímpico Clube), Lucia Viganó Duarte (São Cristovão Imperial), Neuza Maria Ferraz (S. C. Mackenzie), Fanny Diez Agra (Esporte Clube Radar).

O Top 8 (Foto: O Cruzeiro)

Mais Margarete Soares Bulcão (Campo Grande Atlético Clube), Sônia Marly Martins (Grêmio Social Rio), Maria Elisabeth Andrade Jorge (Inhaúma Social Clube), Vera Lucia Ferreira (Bangu Atlético Clube), Janete Silva Coelho (Cassino Bangu), Luiza Peçanha (Social Ramos Clube), Norma Ricaldone Schmidt (Vale do Paraíso Campestre Clube), Jussara Gomes Wanderley (Olaria Atlético Clube), e Inês Gomes Pessoa (Sampaio Atlético Clube).

As gêmeas Ana Cristina e Maria Elizabeth Ridzi (Foto: O Cruzeiro)

No Top 8 ficaram Eliane Pio Pedro (São Cristóvão Futebol e Regatas), Marina Conceição Silva (Cacique de Ramos), Vera Lucia Diniz Cabral (Grêmio Social e Esportivo Rocha Miranda), Marina Alice Vidal (Flamengo), Sandra Maria Araujo (Fluminense), Elizabeth Santos (Renascença), Ana Cristina Ridzi (Marã) e Maria Elizabeth Ridzi (Bancremer). O final ficou assim: no 4º lugar ficou Sandra Maria Araujo (Fluminense), no 3º lugar ficou Elizabeth Santos (Renascença), no 2º lugar ficou Maria Elizabeth Ridzi (Bancremer) e a vencedora foi Ana Cristina Ridzi (Marã).

A mulata Vera vence o Miss Guanabara de 1964

O Top 3 Vania Padilha, Vera Lúcia Couto e Elci Wurzler (Foto: O Cruzeiro)

No dia 17 de junho, num Maracanãzino com 15 mil pessoas, tivemos a escolha da Miss Guanabara de 1964, com a participação de 26 candidatas, uma mulata, sete louras e 18 morenas. As apresentações foram de Correa Araujo e Marly Bueno. A vencedora foi a mulata, aliás, o Renascença estava na sua quarta tentativa, Vera Lucia Couto dos Santos. Tinha 1m70, 59 quilos, 93 de busto e 95 de quadris e 64 de cintura.

O Top 9, Maria Teresa, Elizabeth Helena, Carmen, Vera Araujo,  Vera Couto, Elci, Sonia Regina, Vania Lucia, Marta Helena e Vânia (Foto: O Cruzeiro)

A comissão julgadora foi formada pelo figurinista Evandro Castro Lima, o escultor Mateus Fernandes, diretor de reportagem de O Cruzeiro Arlindo Silva, a modista Mena Fiala, o diretor do Copacabana Palace Oscar Ornstein, diretora do Suplemento Feminino de O Jornal Walda Menezes, o cirurgião plástico Georges da Silva, o diretor da Manchete Oscar Bloch e diretor de O Globo Roberto Faria.

A apresentadora Marly Bueno enfaixando Vera Lúcia Couto Foto: O Cruzeiro)

No Top 9 ficaram Maria Teresa (Grajaú Tênis Club), Elizabeth Helena Braga (Fluminense), Carmen Caminha (Montanha), Elci Wurzler (Barra da Tijuca Country Club), Vera Lucia Couto dos Santos (Renascença), Vânia Lucia Araujo (Marã), Sonia Regina (Sindicato dos Bancários), Maria Helena (Vila Isabel), Vânia Pinto Padilha (Campo Grande).

 

O primeiro round de Vera foi vencer o Miss Clube Renascença; no 2ª lugar ficou Vera Lúcia Amaral e no 3º lugar ficou Esmeralda Barros (Foto: Manchete)

A classificação final ficou assim 1º lugar Vera Lucia Couto dos Santos, em 2º lugar Vera Lucia Araújo, 3º lugar Elcy Wurzler, 4º lugar Carmen Caminha, 5º lugar Sônia Regina, 6º lugar Elizabeth Helena Braga (Fluminense), 7º lugar Maria Helena, 8º lugar Maria Teresa , e no 9º lugar Vania Padilha. Pela primeira vez aconteceu o baile de coroação, no dia 5 de julho no Santapaula Quitandinha Clube.

Por essa passarela, em forma de ferradura, passaram as 26 candidatas (Foto: O Cruzeiro)

  • 1 2