Fernando Machado

Blog

Tag grand

Réquiem para Tereza de Souza Campos

O Grand Monde perdeu, ontem, a última deusa do high society. Foi à última das famosas listas de elegantes, do ano dourado. Estamos nos referindo à princesa Tereza de Orleans e Bragança, que casou pela primeira vez com Eduardo de Souza Campos, e viúva do Príncipe João de Orleans de Bragança (1916/2005). Passou seis meses morando em Maceió decorando o apartamento de Lilibeth e Fernando Collor de Mello.

A divina Thereza Souza Campos (Foto: Cruzeiro)

Do primeiro casamento nasceu Diduzinho que faleceu ano passado. No dia 11 de janeiro a princesa Tereza de Orleans e Bragança celebrou 93 anos, que adorava vestidos pretos. Quanta saudade dos tempos das divas Carmen Mayrink Veiga, Dolores Guinle, Elisinha Moreira Sales, Fernanda Colagrossi, Josefina Jordan, Lais Gouthier, Lourdes Catão, Maria Eudocia Cunha Bueno e Tereza Souza Campos.

Vietnã vence o Mister Grand International

Os candidatos em traje de banho (Foto: Missosology)

O representante do Vietnã, Nguyen Van Tua, tem 24 anos e 1m85 de altura, foi eleito Mister Grand International de 2019, em concurso realizado domingo, no Tawin Garden Hotel Yangon, em Mianmar. Jairo Sanchez do Brasil ficou no 2º lugar, Paolo Galhardo das Filipinas no 3º lugar, Kitsada Nimala da Tailândia no 4º lugar e Gregory Nunez de Porto Rico no 5º lugar.

O Top 8 (Foto: Missosology)

O proprietário do concurso é Nawat Itsaragrisil. No Top 8 ficaram Gregory Nunez de Porto Rico, Kitsada Nimala da Tailândia, Myat Min San de Mianmar, Thevat Sukadiya da Índia, Nguyen Van Tua do Vietnã, Jun Wu dos Estados Unidos, Paolo Galhardo das Filipinas e Jairo Sanchez do Brasil. Participaram do Mister Grand International 14 candidatos.

Kitsada Nimala da Tailândia, Jairo Sanchez doBrasil, Richamond Kevin MGI de 2018, Nguyen Van Tua MGI de 2019, do Vietnã, Paulo Galhardo das  Filipinas e Gregory Nunez de Porto Rico (Foto: Missosology)

Jairo Sanchez (Brasil), Thevat Sukadiya (Índia), Yuma Chandrahera (Indonésia), Jack Kho (Malásia), Myat Min San (Mianmar), Sandip Ray Panta (Nepal), Elvis Franceschi (Panamá), Paolo Galhardo (Filipinas), Gregory Nunez (Porto Rico), Vimukthi Wijekulasooriya (Sri Lanka), Kitsada Nimala (Tailândia), Psy Gurus (Ucrania), Jun Wu (Estados Unidos) e Nguyen Van Tua (Vietnã).

Bruno é o Mister Grand International 2018

Bruno Poczinek é brasileiro que ama sua pátria (Foto: Instagram)

Ele é paranaense mais representou Santa Catarina no Mister Brasil. Estamos nos referindo ao Bruno Poczinek, Mister Brasil de 2017, que foi eleito domingo, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, Mister Grand International de 2018. Participaram do festival de beleza masculina candidatos de 20 paises. Primeiro foi anunciado o Top 7, composto por Porto Rico, Suriname, Venezuela, Chile, Brasil, Espanha e Camarões.

De sunga ou fardamento Bruno arrasa quarteirão (Fotos: Instagram)

A classificação final foi assim: 3º lugar Mister Venezuela, no 2º lugar ficou o Mister Chile e Bruno Poczinek foi consagrado o bofe mais bonito da noite e recebeu a faixa do Mister Grand International de 2017, o também brasileiro, William Herculano. Informação importante: Bruno é Policial Militar em Joinville. Tem 1m93 de altura e 29 anos de idade. Já foi convidado para ser modelo, mas não pretende deixar a farda.

 

Alguns misteres que participaram do Mister Grand International de 2018 (Foto: Instagram)

Miss Grand International de 2018

Songyl Meniqi, Gabrielle Vilella, Xing Wan Xin e Taliya Nailevna (Foto: Concurso)

Amanhã no The One Intertainment Park, em Rangun, no Myanmar, teremos a escolha da Miss Grande Internationl 2018. A vencedora será coroada pela Miss Grand International de 2017, Maria José Lora. A apresentação será de Xian Lim. O concurso pertence ao magnata tailandês Nawat Itsaragrisil, nesta edição terá a presença de 75 candidatas que visitaram três cidades de Mianmar: Rangum, Bagan e Kawthaung.

Gladys Carredeguas, Sheyla Quizena, Catalina Flores e Natasja Kunde (Foto: Concurso)

O Top 20 já foi escolhido: Meenakshi Chaudhary (Índia), Nicole Marie Colon Rivera (Porto Rico), Eva Psychee Patalinjug (Filipinas), Nadia Purwoko (Indonesia), Lezly Viridiana Díaz Pérez (México), Moss Namoey Chanaphan (Tailandia), Biliannis Guillermina Álvarez Chirinos (Venezuela), María Clara Sosa Perdomo (Paraguai), Andrea Moberg Tobies (Peru).

Erika Helin, Klaudia Kalia, Lezly Díaz e Malwina Ratajczak (Foto: Concurso)

Ainda Kristýna Langová (Republica Checa), Priscilla da Silva Alves (Portugal), Haruka Oda (Japão), Sheyla Quizena (Colômbia), Gabrielle Vilela de Souza (Brasil), Patricia López Verdes (Espanha), Queen Mugesi Ainory Gesase (Tanzania), Nicole Menayo Alvarado (Costa Rica), Kimberly Gundani (Australia), Su Myat Phoo (Mianmar) e Gladys Carredeguas Mayor (Cuba).

Nadia Purwoko, Kadejah Anderson, Safina Barsatie e Grace Diamani (Foto: Concurso)

  • 1 2