Fernando Machado

Blog

Tag goleiro

Flashes

Suely Pittigliani e Ricardo Stambowsky, do high society carioca, comemoraram sábado, 47 anos de casados.

O deputado federal Marcelo Freixo está lutando para que o delegado Alexandre Ramagem não assuma a direção da PF.

Os brasileiros querem saber quem matou Marielle e mandou matar o o MIto. O DG da PF, Maurício Valeixo, nunca anunciou.

Além competente Maycon Cleiton é bonito (Foto: Face)

Ontem, foi o Dia do Goleiro, e o blog homenageia o goleiro do Santa Cruz Maycon Cleiton que do alto dos seus 1m91 faz miséria no arco.

Márcia Simpkin e Although Phil, que moram na Inglaterra, foram muito cumprimentados, ontem, pelos seus 20 anos de casados.

Faleceu mês passado a personal trainer Alda de Lira, irmã do também personal trainer Otavio Catanho. Ela tinha 85 anos.

O Dia do Goleiro e de Manga

Manga na sua juventude e adulto (Fotos: Divulgação)

Hoje, no Brasil, é o Dia do Goleiro. Uma homenagem ao pernambucano Hailton Correia de Araujo, mas conhecido como Manga, que nasceu no dia 26 de abril de 1937 e tem 1m86 de altura. Começou a atuar no Sport Clube do Recife na sequencia seguiu para o Botafogo do Rio de Janeiro, Nacional do Uruguai, Internacional de Porto Alegre, Operário do Mato Grosso do Sul, Coritiba do Paraná, Grêmio de Porto Alegre, e Barcelona de Guayaquil no Equador.

Manga quando jogava no Botafogo carioca (Foto: Divulgação)

O Mito Manga, deverá ser cumprimento no Retiro dos Artistas, pelos 83 anos de idade, onde está residindo, teve uma carreira brilhante. Aposentou-se em 1982, aos 45 anos de idade. Jogou na seleção brasileira, na Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra. Sobre sua vida familiar pouco se sabe apenas que foi casado duas vezes. Do primeiro casamento teve dois filhos Adilson que morreu em 2011 e Wilson Pereira de Arruda. Manga foi, segundo a crítica especializada, um dos melhores goleiros da história do futebol brasileiro.

Manga se encontro com o filho Wilson de pois de duas décadas (Foto: Igor Castello Branco)

De Volta para o Passado

Há 120 anos, morria na Bahia, aos 74 anos, o 23º bispo de Olinda, dom Manoel dos Santos Pereira.

Há 110 anos, nascia no Rio de Janeiro, o compositor Custódio de Mesquita, que morreu no dia 13 de março de 1945.

Há 105 anos, nascia em Pernambuco, a cangaceira Dadá (Sérgia Ribeiro da Silva), que morreu em fevereiro de 1994.

Há 95 anos, nascia em Minas Gerais, a escritora Janet Clair, que morreu no dia 16 de novembro de 1983.

Há 90 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Alexandrino Rocha, que morreu no dia 7 de junho de 2018.

Há 85 anos, era apresenta o projeto da sede do Clube Português, pela firma J. Brandão e Magalhães, do arquiteto Hugo Marques.

Há 75 anos, chegava ao Recife, a atriz Kay Frances, para fazer um show para o pracinhas.

Há 65 anos, o goleiro Vicente Lobão pendurava as chuteiras.

Há 65 anos, o cantor Carlos Alberto, da radio Jornal do Commercio, matava seu amante, o garçom José Alves Guimarães, na Rua da Detenção.

Há 30 anos, morria no Rio de Janeiro, a vedete Sonia Mamed, que nasceu no dia 4 de julho de 1936.

Há 30 anos, morria em Pernambuco, o executivo Aldemar da Costa Carvalho, que nasceu no dia 1 de dezembro de 1909.

Há 25 anos, morria nos Estados Unidos, a atriz Ginger Rogers, que nasceu no dia 16 de julho de 1911.

Flashes

Muito bom o artigo de Leonardo Dantas Silva, ontem, no Diário de Pernambuco, sob o titulo O tributo que o Recife não deve.

O cantor André Rio estará 19h, no canal IG @andreriooficial ou no YouTube https://www.youtube.com/channel/UCxSc-xO37PHxrp5iVqe0pJw.

O ex goleiro Manga, que iniciou sua carreira no Sport, é o primeiro atleta a ir morar no Retiro dos Artistas, no Rio de Janeiro. Está com dificuldade$.

Manga outro ídolo esquecido pelos brasileiros (Foto: Internet)

Maique, do Paulistano, é o primeiro caso de coronavírus entre atletas brasileiros, da Liga Nacional de Basquete, conforme apurou a ESPN.

Padre Giuseppe, pároco de Robbiano, na Itália, oficiou uma missa original, domingo, colocou fotos dos fiéis nos bancos. Ideia genial.

Mário Gesteira, Cirurgião Torácico da Clínica M-Tórax, do Memorial São José, opera dois pacientes por semana cirurgia do suor, chamada Simpatectomia.