Fernando Machado

Blog

Tag galerista

Carlos Ranulpho: O Mercador da Beleza

Maria José das Neves e João Ranulpho (Fotos: Reprodução do livro)

Hoje, às 19h, vamos ter na Galeria Ranulpho, no Recife Antigo, o lançamento do livro Carlos Ranulpho – O Mercador de Beleza, escrito pelo competente jornalista Marcelo Pereira. Paralelamente acontece uma exposição intitulada Uma História de Arte. Na obra Marcelo nos leva para tour pelo mundo deste colecionador e galerista. Começa falando sobre o seu pai, J. Ranulpho, caricaturista e desenhista e que era fã de Luiz Carlos Prestes e por isso, recebeu o nome Carlos.

Filipe entre os pais Carlos Ranulpho e Maria Dulce (Foto: Reprodução do livro)

Carlos Ranulpho de Albuquerque nasceu na Rua da Praia, no Recife, em 28 de abril de 1929, filho de João Ranulpho Lopes de Albuquerque e Maria José das Neves. Antes de ser marchand, Ranulpho foi comerciante, sua primeira loja foi na Rua da Aurora, a It Presentes, depois virou Ranulpho Joalheiros. Seu primeiro trabalho como marchand foi com o artista plástico cearense Chico Silva. Os maiores nomes das artes plásticas como Cícero Dias, Vicente do Rego Monteiro, Wellington Virgolino, para citar apenas nomes, passaram pela sua galeria.

O biografo e jornalista Marcelo Pereira (Foto: Heudes Régis)

Nesta viagem sentimental Marcelo Pereira coloca com maestria dados importantes da vida de Carlos Ranulpho, como o casamento com Maria Dulce, seu filho Filipe (ambos já falecidos), dos vernissages que mexiam com a sociedade pernambucana. Em abril de 1975 ele inaugurou a Galeria na Rua dos Navegantes, em Boa Viagem e em 2001 a atual, na Rua do Bom Jesus, onde acontecerá a festa de hoje. Adorei o livro, com suas imagens que me levaram ao Recife do glamour.

Parabéns

Hoje, 07, Dia do Imaculado Coração de Maria, de São Pedro de Códova, da Liberdade de Imprensa e do Citricultor, aniversariam os executivos Atalarico Moreda e Monica Brito Azevedo, o arquiteto Saulo Barros, a galerista Lúcia Santos,

A executiva Anuska Azevedo (Foto: Face)

De volta para o passado

Há 140 anos, nascia em Pernambuco, o medico Oscar Coutinho, que morreu no dia 19 de agosto de 1975.

Há 105 anos, nascia em Cuba, o cantor Bienvenido Granda, que morreu no dia 8 de julho de 1983.

Há 100 anos, acontecia no Recife, um meeting (passeata) contra a carestia de vida.

Há 90 anos, nascia nos Estados Unidos, o figurinista Geoffrey Beene, que morreu no dia 28 de setembro de 2004.

Há 65 anos, se apresentava na Radio Jornal do Commercio, o pianista da Republica Tcheca Eric Landerer.

Há 55 anos, nascia em Pernambuco, o galerista Marcoantonio Vilaça, que morreu no dia 1 de janeiro de 2000.

Há 35 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, o violoncelista Antonio Menezes.

Parabéns

Hoje, 07, Dia de São Pedro de Córdova, do Imaculado Coração de Maria, da Liberdade de Imprensa, aniversariam arquiteto Saulo Barros, os executivos Atalarico Moreda, Anuska Azevedo Mônica Brito Azevedo, a galerista Lúcia Santos,

O diplomata alemão Dietmar Anton Bock (Foto: Fernando Machado)