50 anos de Fulbright no Brasil

A Embaixada dos Estados Unidos da América está comemorando os 50 anos da Comissão Fulbright no Brasil, com a exposição fotográfica Impressões Visuais, que retrata fatos e pessoas que marcaram o cotidiano dos Estados Unidos e do Brasil, nas últimas décadas, a qual já percorreu várias capitais brasileiras.

O curador João Kulcsár e o adido David Hodge (Fotos: Zilton Antunes)

Ao todo são 126 imagens, organizadas pelo curador João Kulcsár, em exposição na Galeria Marcantonio Vilaça, no Bairro do Recife. A mostra começou terça-feira, revelando com força e intensidade algumas diferenças e semelhanças entre as duas nações e ficará aberta ao público até o próximo dia 23. A montagem da mostra coube a Gil Silva, abrange seis segmentos: herança, política, cultura, cidadania, esportes e meio-ambiente.

Paulo Brito, Kátia Mesel, Nelson Cunha e Edson Menezes

Entre os presentes ao vernissage, registramos o adido cultural da Embaixada dos EUA, David Hodge, o curador João Kulcsár, Welington Nunes, Ana Maria e José Marcus Menezes, Beth Araruna e Lailson Cavalcanti, Magnólia Cavalcanti, Kátia Mesel, Ana Longman, Eva Caroline Mascarenhas, Vera Brandão, Tânia Cruz, Suelly Santos, Sofia Lins, Jean Victor Martin, Carlos Trevi, Edson Menezes, Paulo Brito, Elísio Moura, Murilo Santiago, Nelson Cunha, Zilton Antunes, Fernando Reis, Sérgio Vasconcelos e Thomas Baccaro.