Me dá um beijo Mandarim

Beijar faz tão parte da festa de Carnaval quanto o samba, o axé, o frevo e as marchinhas. Além de liberar endorfina, hormônio que dá sensação de prazer e bem-estar, um beijo bem dado pode até queimar, em média, 12 calorias. Mesmo com tantos benefícios, beijar também tem suas desvantagens. É que algumas doenças são transmitidas justamente pela boca e saliva, portanto, as chances de quem beija muito e muitas pessoas diferentes ser infectado é maior. Por outro lado, nenhuma dessas doenças é grave.

A mais comum delas é a mononucleose, que também é conhecida como doença do beijo, e é causada pelo vírus Epstein-Baar que se aloja na região da amígdala. Os principais sintomas da doença podem ser confundidos com o de uma virose qualquer, pois são febre alta, dor de garganta, de cabeça, dores musculares e ínguas. Algumas pessoas infectadas podem apresentar vermelhidão pelo corpo, semelhante ao que ocorre no sarampo e na rubéola, e icterícia (cor amarela da pele e do branco dos olhos). Informa o dentista Fernando Tavares do Instituto Tavares Vieira. http://www.institutotavaresvieira.com.br/