Fernando Machado

Blog

Tag desfilaram

Edilene Torreão vence o Miss Pernambuco de 1960

Maria Edilene Torreão by Victor Moreira e by Catalina (Fotos: O Cruzeiro)

Já era domingo, 22 de maio, quando foi anunciada a Miss Pernambuco de 1960, a belíssima morena Maria Edilene Torreão, representante do Santa Cruz. A festa aconteceu nos salões do Clube Português do Recife. Participaram do concurso cinco candidatas: Maria Edilene Torreão (Santa Cruz), Maria Nazaré Batista(Clube Intermunicipal de Caruaru), Célia de Farias Reis (Clube Português), Lina Cavalcanti Figueiredo(Clube Internacional) e Suely Lapenda (Clube Náutico Capibaribe).

Edilene sorrindo, Edilene desfilando, Edilene com as candidatas e Edilene sendo entrevistada pelo juri (Foto: Reproduções do Jornal do Commercio e Diário de Pernambuco)

No intervalo desfilaram a Miss Alagoas de 1960 Lunalva Lamenha Costa e a Miss Pernambuco de 1957, Zaira Pimentel. Sinta o peso do juri os atores Procópio Ferreira e Heloisa Helena, as senhoras Dulce Sampaio, Célia Ferreira, Madalena Freyre e Haydea Costa Cavalcanti, Manoel Antônio BrowneLourival Vilanova, Lula Cardoso Ayres, Álvaro Ferraz e Jordão Emerenciano.

Célia de Farias Reis e Maria Nazaré Batista (Foto: Reprodução do Diário de Pernambuco)

Eles escolheram como Miss Pernambuco Maria Edilene Torreão, em segundo ficou Maria Nazaré Batista, em terceiro Célia de Farias Reis, em quarto Lina Cavalcanti Figueiredo e em quinto Suely Lapenda. A nova Miss Pernambuco tinha 1m71 de altura, 56kg de peso, busto e quadril 92cm, coxa 58cm e cintura 58cm. Sem dúvida um corpo escultural. Maria Edilene usou um vestido verde criado pelo estilista Victor Moreira e confeccionado por Inês Peixe.

Lina Cavalcanti Figueiredo e Suely Lapenda (Fotos: Reprodução do Diário de Pernambuco)

Informação importante: Em 1959, Maria Edilene disputara o Miss Pernambuco, representando o Clube Náutico e ficou em terceiro lugar. No Miss Brasil de 1960 ficou em terceiro lugar e representou o Brasil, no Miss Mundo de 1960, realizado em Londres, ficando entre as seis mulheres mais bonitas do mundo. Portanto, hoje, faz 55 anos, que Edilene era Miss Pernambuco de 1960.

O personal trainer Hemê Pessoa, a coiffeur Aparecida e Maria Edilene comemorando o titulo (Foto: Acervo de Hemê Pessoa)

Miss Pernambuco de 1960: Maria Edilene Torreão

Já era domingo, 22 de maio, quando foi anunciada a Miss Pernambuco de 1960, a belíssima morena Maria Edilene Torreão, representante do Santa Cruz. A festa aconteceu nos salões do Clube Português do Recife. Participaram do concurso cinco candidatas: Maria Edilene Torreão (Santa Cruz), Maria Nazaré Batista(Clube Intermunicipal de Caruaru), Célia de Farias Reis (Clube Português), Lina Cavalcanti Figueiredo(Clube Internacional) e Suely Lapenda (Clube Náutico Capibaribe).

Maria Edilene Torreão by Victor Moreira e by Catalina (Foto: O Cruzeiro)

No intervalo desfilaram a Miss Alagoas de 1960 Lunalva Lamenha Costa e a Miss Pernambuco de 1957, Zaira Pimentel. Sinta o peso do juri os atores Procópio Ferreira e Heloisa Helena, as senhoras Dulce Sampaio, Célia Ferreira, Madalena Freyre e Haydea Costa Cavalcanti, Manoel Antônio BrowneLourival Vilanova, Lula Cardoso Ayres, Álvaro Ferraz e Jordão Emerenciano.

Célia de Farias Reis, Maria Nazaré Batista, Lina Cavalcanti Figueiredo e Suely Lapenda (Foto: Reprodução do Diário de Pernambuco)

Eles escolheram como Miss Pernambuco Maria Edilene Torreão, em segundo ficou Maria Nazaré Batista, em terceiro Célia de Farias Reis, em quarto Lina Cavalcanti Figueiredo e em quinto Suely Lapenda. A nova Miss Pernambuco tinha 1m71 de altura, 56kg de peso, busto e quadril 92cm, coxa 58cm e cintura 58cm. Sem dúvida um corpo escultural. Maria Edilene usou um vestido verde criado pelo estilista Victor Moreira e confeccionado por Inês Peixe.

Edilene sorrindo, Edilene desfilando, Edilene com as candidatas e Edilene sendo entrevistada pelo juri (Foto: Jornal do Commercio e Diário de Pernambuco)

Informação importante: Em 1959, Maria Edilene disputara o Miss Pernambuco, representando o Clube Náutico e ficou em terceiro lugar. No Miss Brasil de 1960 ficou em terceiro lugar e representou o Brasil, no Miss Mundo de 1960, realizado em Londres, ficando entre as seis mulheres mais bonitas do mundo. Portanto, hoje, faz 55 anos, que Edilene era Miss Pernambuco de 1960.

O personal trainer Hemê Pessoa, a coiffeur Aparecida e Maria Edilene a diretoria do Santinha comemorando mais uma vitória (Foto: Acervo de Hemê Pessoa)

Miss Rio Grande do Norte é Milena Balza

O Concurso de Miss Rio Grande do Norte é considerado pelos missologos o mais organizado e sério do Miss Brasil. Parabéns para o coordenador Geraldo Azevedo. Pois bem, terça-feira, no Teatro Riachuelo, em Natal, aconteceu a escolha da representante potiguar ao Miss Brasil de 2017. Participaram do concurso 25 candidatas que foram apresentadas pelo host Cristiano Felix. Também ajudaram na tarefa as misses RN Kelly Fonseca (2012), Deise Benicio (2014) e Manu Alves (2015).

Todas as candidatas no palco do Riachuelo (Foto: Elias Medeiros)

O top 15 (Foto: Elias Medeiros)

Antes de ser chamada o Top 15, as misses desfilaram com roupa casual da coleção militar da Riachuelo. E as 15 foram Cibele Abbot (Almino Afonso), Flávia Fernandes (Apodi), Jamille Barbosa (Areia Branca), Isabella Cecchi (Canguaterama), Manuella Byone (Ceará Mirim), Brenda Marinha (Guamaré), Kathianny Almeida (Jardim de Angicos), Clarissa Matias (Macaiba), Beatriz Brito (Mossoró), Sarah Torres (Natal), Karina Aguiar (Parnamirim), Maria Luiza Godeiro (Patu), Milena Balza (São Gonçalo do Amarante), Germana Amaral (São Miguel do Gostoso), Lara Vidian (Tenente Laurentino Cruz).

Milena, Sarah, Isabella, Cibele e Beatriz (Foto: Elias Medeiros)

Milena, Sarah, Isabella, Cibele e Beatriz (Foto: Elias Medeiros)

Depois as 15 desfilaram de longo e traje de banho e ficou defindo o Top 5: Cibele Abbot (Almino Afonso), Isabella Cecchi (Canguaterama), Beatriz Brito (Mossoró), Sarah Torres (Natal), e Milena Balza (São Gonçalo do Amarante). E encerrando foi divulgado. Em 5º lugar ficou Cibele Abbot (Almino Afonso), em 4º lugar Sarah Torres (Natal), em 3º lugar Isabella Cecchi (Canguaterama), em 2º lugar Beatriz Brito (Mossoró) e a vitoriosa Milena Balza (São Gonçalo do Amarante).

Milena Balza e Danielle Marion (Foto: Elias Medeiros)

Martha Vasconcellos, Milena Balza e Roberto Macedo (Foto: Elias Medeiros)

Milena Balza, tem 22 anos e estuda Publicidade, foi coroada pela Miss Rio Grande do Norte de 2016, . No dia 19 de agosto, estará na passarela em São Paulo disputando o Miss Brasil. A comissão julgadora estava estrelada, quando destacariamos com a Miss Universo de 1968, Martha Vasconcellos; a primeira dama do Rio Grande do Norte Juliane Faria, o PHD em misses o baiano Roberto Macedo.