Fernando Machado

Blog

Tag clube

Anotações do Cotidiano

Artistas que integram o Clube de Colecionadores do MAM São Paulo abrem seus espaços de trabalho em uma série de lives no Instagram do Museu de Arte Moderna de São Paulo (@mamoficial ). A programação do #LiveNoAteliê acontece aos sábados, às 15h, com conversas entre os artistas e os curadores Eder Chiodetto, a frente do Clube de Colecionadores de Fotografia, e Felipe Scovino, responsável pelo Clube de Gravura.

O cônsul geral da Argentina, Alejandro Funes Lastra, nos comunica que os argentinos comemoraram no dia 10 de junho o Dia da Afirmação dos direitos argentinos sobre as Ilhas Malvinas, a Geórgia do Sul e as Ilhas Sandwhich do Sul, bem como sobre as zonas marítimas circundantes. O objetivo é retomar as negociações de soberania com o Reino Unidas o mais rápido possível, a fim de encontrar uma solução definitiva para esta situação colonial.

Sônia Maria Campos vence o Miss Pernambuco de 1958

Domingo fez 62 anos que a deusa de ébano Sonia Maria CamposMiss Santa Cruz Futebol Clube, era eleita nos salões do Clube Português do Recife, o concurso de Miss Pernambuco de 1958. Desfilaram no festival da beleza nove candidatas para um publico estimado em cinco mil pessoas. Era o tempo do glamour dos concursos de misses, que nunca mais voltará. Deste tempo restaram as lembranças.

Iara Portella, Maria Helena Padilha, Lígia Villar, Maria de Lourdes Costa, Ingrid Hoffmann e Silvia Martins Almeida (Reprodução do Diário de Pernambuco)

As candidatas foram Josefina Barreto do America, Ligia Villar do Cabanga, Maria Helena Padilha do Circulo Militar, Silvia Martins de Almeida do Clube Internacional do Recife, Maria de Lourdes Costa do Jet Clube, Louise Brendell do Clube Náutico Capibaribe, Sonia Maria Campos do Santa Cruz Futebol Clube, Iara Portella do Clube dos Universitários e Ingrid Hoffmann do Clube Português do Recife.

Sonia Maria Campos desfilando de vestido e maiô (Fotos: O Cruzeiro)

O concurso de Miss Pernambuco de 1958 foi coordenado por Alex, que também fez parte do júri. As misses foram maquiadas por Alberto Zampolioni, Hemê Pessoa e Mucio Catão, e penteadas pelos cabeleireiros Alécio, Alberto Zampolioni, Ernane e Aparecida. As misses tiveram como personal trainer Otavio Catanho.

Lygia Villar, Sonia Maria Campos, Louise Brendell, Josefina Barreto, Helena Padilha, Silvia Martins de Almeida, Maria de Lourdes Costa e Iara Portella (Foto: Correio do Povo)

Já era manhã do domingo quando Zayra Pimentel, Miss Pernambuco de 1957 passou a faixa para Sônia Maria Campos que usava um modelo criado por Marcilio Campos e confeccionado por Cecília Campos. No segundo lugar ficou Ingrid Hoffmann que nasceu na Paraíba e o terceiro lugar ficou com Louise Brendell recém chegada da Alemanha, que usou um modelo de Victor Moreira.

Louise Brendell, Zayra Pimentel, Silvia Martins de Almeida, Helena Padilha, Maria de Lourdes Costa, Sonia Maria Campos e Iara Portela (Foto: Correio do Povo)

A vitória de Sônia foi contestada por ser mulata e ter vencido duas loiras. Em 1957, Sônia representando o Círculo Militar do Recife ficou no segundo lugar. O cronista social Altamiro Cunha, que não participou da comissão julgadora torceu por Sonia Maria Campos. Já o sociólogo Gilberto Freyre do júri não escondia que Sônia era a candidata mais pernambucana de todas.

Ana Lucia vence o Miss Pernambuco de 1980

Há 40 anos a jovem Ana Lúcia Caldas de Souza, representante do Clube Internacional, era eleita nos salões do Clube Português, Miss Pernambuco de 1980. Por sinal o último concurso promovido pelos Diários Associados. A apresentação foi de Carmen Towar Albuquerque Pereira. O show ficou por conta de Ronnie Von, Elba Ramalho e Dominguinhos. O fundo musical foi com Os 7 Homens de Ouro do maestro Fernando Borges.

Mariza Albuquerque, Maria Eimar Rodrigues, Ana Lucia Caldas, Silvana Gomes e Liliane Dias (Reprodução do Diário de Pernambuco)

No Top 11 ficaram Andrea Elizabeth de Araujo (AABB de Santa Cruz do Capibaribe), Maria Eimar da Conceição (BNB Clube), Maria Izamires Albuquerque (Bonito), Soraya Tenório Camelo (Arcoverde), Valdenice da Silva Batista (Castores de Ribeirão), Ana Lucia Caldas de Souza (Clube Internacional), Liliane Monteiro Dias (Clube Português), Kalina Moura (Curso Radier), Edlene Maria Néri (Jaboatão dos Guararapes), Silvana Maria Ferreira Gomes (Sport) e Maria Marta Baltar Maroja (Telpe).

Ana Lucia recebendo a faixa de Anna Maria e a coroa de Anne Elizabeth (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Resultado final: 5º lugar Liliane Monteiro Dias (Português), em 4º lugar Maria Izamires Albuquerque (Bonito), em 3º lugar Silvana Maria Ferreira Gomes (Sport), em 2º lugar Maria Eimar da Conceição (BNB Clube) e em primeiro lugar Ana Lucia Caldas de Souza (Internacional) que recebeu a faixa de Anna Maria Maciel e a coroa de Anne Elizabeth Brasileiro (Miss Pernambuco de 1979).

Ana Lucia desfilando na passarela e cumprimentando o mestre Capiba (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Participaram do concurso 30 candidatas Edlene Maria Neri (Jaboatão dos Guararapes), Maria Marta Baltar Maroja (Telpe Clube), Andrea Elizabeth Araujo (AABB de Santa Cruz do Capibaribe), Maria Betânia Cavalcanti (João Alfredo), Valdenice Batista da Silva (Castores de Ribeirão), Joseide Santino de Oliveira (Imperio do Samba), Liliane Monteiro Dias (Clube Português), Nelba Maria Alves (Palmares).

O grupo de 1 a 15 jovens  (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Ainda Ana Lúcia Caldas de Souza (Clube Internacional), Maria Eimar da Conceição Rodrigues (BNB Clube), Christiane H. Mafra (Miss Elefante de Olinda), Silvana Maria Ferreira Gomes (Sport), Cristiane Araújo Pinheiro (Curso 2001), Kalina Moura (Curso Radier), Luzia Maria da Silva (Escada), Soraya Tenório Camelo (Arcoverde), Zelma Guadalupe Cordeiro (União Curso), Ada Ourem dos Santos (Colonia Z-4), Mariza Izamiris Albuquerque (Bonito).

O restante do grupo de candidatas (Reprodução do Diário de Pernambuco)

E finalmente Erinalda Azevedo de Andrade (Quipapá), Rivera Vieira Xavier (Joaquim Nabuco), Célia Maria Nascimento (Timbaúba), Maria Izilda Wolpert (Curso Brasil), Lúcia Maria Rego Barros (Maraial), Lucia Inês Silveira (Junior League), Sonia Maria Xavier (Santa Cruz do Capibaribe), Maria Alcione Lira (Facho), Marilena Roseira Pontes (Clube das Pás), Josenilda E. da Silva (Colégio Walt Disney) e Joselita Ramos Soares (Paudalho).

Maria Eimar Rodrigues, Ana Lúcia e Silvana Ferreira Gomes (Foto: Fernando Gusmão)

A comissão julgadora foi presidida pelo colunista social João Alberto Sobral e composta pela primeira dama de Pernambuco Anna Maria Maciel, a primeira da dama do Recife Clea Krause, Diana Bittencourt, Renée Nebl Jardim, Cleane Cipriano, Débora Bárbara, Mauro Mota, Capiba, Carlos Ranulpho e Ricardo Costa Pinto. O cenário foi assinado por Ary Nóbrega. O resultado final ficou assim 1º lugar Ana Lúcia by Ricardo de Castro, no 2º lugar ficou Maria Eimar Rodrigues do BNB e em 3º lugar Silvana Maria Ferreira Gomes do Sport.

Maria Lucia vence o Miss Pernambuco de 1961

Maria Lucia em traje de maiô e traje de gala (Reprodução do Diário de Pernambuco)

Hoje faz 59 anos, que a Miss Clube Internacional do Recife, Maria Lúcia Santa Cruz, do alto dos seus 1m70 de altura, 98cm de busto e quadris, 58cm de coxa e cintura, era eleita nos salões do seu Clube, Miss Pernambuco de 1961. O concurso teve o menor número de candidatas, assim o júri formado por cinco membros. O festival da beleza feminina pernambucana foi apresentado pela atriz Heloisa Helena (1917/1999).

Carmen Aurélia Rodrigues, Guaracy Gouveia, Gicelda Nascimento e Maria Lúcia Santa Cruz (Reprodução do Diário de Pernambuco)

A comissão julgadora foi presidida por Almeida Castro e composta pelo médico Álvaro Ferraz, pelo advogado Joel Pereira, pelas socialites Lais Cabral da Costa e Hughete Leimig. Participaram do concurso apenas quatro candidatas: Guaracy Gouveia (Clube Português), Carmen Aurélia Rodrigues (Clube Náutico Capibaribe), Maria Lúcia Santa Cruz (Clube Internacional do Recife) e Gicelda Nascimento (Clube Líbano Brasileiro).

Maria Edilene Torreão passando a faixa para Maria Lucia (Reprodução do Diário de Pernambuco)

O resultado final ficou assim: em quarto lugar Gicelda Nascimento, em terceiro lugar Guaracy Gouveia, em segundo Carmen Rodrigues e a vencedora foi Maria Lúcia Santa Cruz que usou um modelo deslumbrante desenhado por Victor Moreira, e costurado por Inês Peixe. Informação importante: Carmen Rodrigues representou o Rio Grande do Norte no Miss Brasil, porque a eleita Ronnie Pacheco, renunciou para casar com Carlos Regnier.

Hemê Pessoa, a coiffeur Aparecida, o figurinista Victor Moreira, Maria Lúcia Santa Cruz e coiffeur Fausto (Foto: Acervo de Hemê)