Fernando Machado

Blog

Tag Brasil

Em tempo de Passarela

O educador Luis Morales, 24 anos, tem 1m87 de altura, representará Salamanca no concurso Mister Internacional Espanha, que será realizado em Oropesa del Mar em julho, no complexo hoteleiro Marina D ‘Or. O concurso, inicialmente estava marcado para junho, foi adiado e não está descartado que continuará sendo adiado, mas será realizado. Luis Morales foi eleito Mister Salamanca de 2020 online. Ele enviou seu perfil e fotos. Ele não sabe quantos rivais ele tinha nessa seleção, mas ele já está em um grupo do WhatsApp no ​​qual participam os 52 candidatos ao título de Mister Espanha.

Luís Morales forte candidato ao Mister Internacional Espanha de 2020 (Fotos: Concurso)

Willian Ribeiro estará disputando o Miss Brasil CNB de 2020 (Fotos: Concurso) 

Willian Ribeiro, de Palmas, dentista, tem 23 anos de idade e 1m78 de altura, foi eleito em Live Mister Tocantins CNB 2020  e deverá participar do Mister Brasil CNB de 2020, em novembro, em Brasília. Inscreveram-se 28 candidatos e depois foi indicado o Top 8. Participaram do concurso Dhavylla Hortegal, de Palmas, 22 anos e 1m86; Dyego Henrique, de Palmas, de 31 anos e 1m76; Emerson Almeida, de Palmas, 18 anos, 1m74; Gabriel Bastos, de Paraíso, 21 anos e 1m82; Kaio Erlyn, de Palmas, 27 anos e 1m83; Mariano Junior, de Palmas, 35 anos, 1m83; Max Carneiro, de Palmas, 26 anos e 1m67; e Willian Ribeiro, de Palmas, 23 anos, 1m78.

Os mais bonitos trajes Típicos

Exaltação dos Pampas de Ieda Vargas (Foto: Manchete)

Dois trajes típicos que me chamaram muito a atenção nos concursos de Miss Brasil. O primeiro foi a baiana criada pelo figurinista paraibano radicado em Pernambuco Marcilio Campos (1930/1991) para a Miss Brasil de 1961, Stäel Abelha de Minas Gerais. E o outro foi Exaltação dos Pampas grifado pelo figurinista Djalma dos Santos (1929/2013), para Ieda Maria Vargas, Miss Rio Grande do Sul, Miss Brasil e Miss Universo de 1963.

A baiana estilizada de Stäel Abelha (Foto: O Cruzeiro)

Nos tempos das passarelas

Martha Rocha, Miss Brasil de 1954 (Foto: O Cruzeiro)

Finalmente acabou o mistério. A BAND não detém mais os direitos para a organização, produção e transmissão do Concurso Miss Estadual e Miss Brasil, cuja representa disputa o Miss Universo, devido a não renovação do contrato de transmissão e licenciamento. Portanto ninguém poderá realizar concursos remetendo à empresa. Esse foi o recado da diretora Nacional de Rede de Televisão, Magda Magalhães.

Ieda Maria Vargas, Miss Brasil e Miss Universo de 1963 (Foto: O Cruzeiro)

Para mim não fará nenhuma falta, pois desde o ano que os Diários Associados deixaram de promover o concurso, as misses nunca mais foram as mesmas. Antes as jovens que queriam participar do Miss Brasil não pagavam taxas. O concurso virou uma fonte de renda para os coordenadores. Tenho uma saudade do Maracanãzinho com um publico de 30 mil pessoas.

Martha Vasconcellos, Miss Brasil e Miss Universo de 1968 (Foto: Manchete)

Miss Brasil Beleza Internacional de 2019

Quinta-feira, no Teatro Municipal do Rio de Janeiro, aconteceu o Miss Brasil Beleza Internacional de 2019. Participaram do concurso 15 candidatas. A carioca representando Pernambuco, Isabella Oliveira faturou o 2º lugar.

As misses Pâmela Calderolli, Dulce Torres, Livia Heinkel, Isabella Oliveira e Carolina Stanskevicius no Municipal (Foto: Instagram)

No 5º lugar ficou Pâmela Calderolli de Santa Catarina, em 4º Dulce Torres de Minas Gerais, em 3º Livia Heinkel do Rio Grande do Sul e a vencedora foi Carolina Stanskevicius do Rio de Janeiro.