Fernando Machado

Blog

Tag baile

De Volta para o Passado

Há 670 anos, nascia na Espanha, São Vicente Ferrer, que morreu no dia 5 de abril de 1419.

Há 335 anos, nascia na Alemanha, o compositor Georg Haendel, que morreu no dia 14 de abril de 1759.

Há 115 anos, Paul Percy Harris fundava, em Chicago, nos Estados Unidos, o Rotary Clube.

Há 60 anos, no programa de Fernando Castelão, na Radio Jornal, Rosita Reis era eleita Rainha Morena do Carnaval de 1960.

Há 55 anos, morria nos Estados Unidos, o ator Stan Laurel, que nasceu no dia 16 de junho de 1890.

Há 30 anos, acontecia no Hotel 4 Rodas, em Olinda, o Baile Dourado, tendo como homenageado Chacrinha.

De Volta para o Passado

Há 110 anos, nascia em Pernambuco, o executivo Mario Amorim Dubeux, que morreu no dia 19 de setembro de 1992.

Há 100 anos, morria em Portugal, a pastora Jacinta Marto, que nasceu no dia 11 de março de 1910.

Helena Peixe, Ranusia Azevedo e Violeta Botelho (Foto: Acervo de Helena Peixe)

Há 60 anos, acontecia no Clube Português, a I Baile do Vassourinhas. A decoração foi de José Teixeira. Vieram do Rio o cronista Jean Pouchard do Diário Carioca e a Rainha das Atrizes Elizabeth Blair. Na categoria Luxo venceu Violeta Botelho com Maria Tereza, Rainha da França de Marcilio Campos. No 2º lugar ficou Maria Helena Peixe com Rainha de Sabá de Victor Moreira, e no 3º lugar Ranuzia Azevedo de Fada.

Há 60 anos, morria em Pernambuco, o poeta imortal da APL Mariano Lemos, que nasceu no dia 9 de maio de 1886.

Evandro de Castro Lima e Mucio Ctão (Fotos: Katarina Real / Diário da Manhã)

Há 55 anos, acontecia o V Baile Municipal do Recife, no Clube Português. Vieram do Rio Solange Dutra Novelli, Vanja Orico, Ilka Soares e Eva Vilma. As fantasias mais luxuosas foram a de Núcia Miranda com Rainha Cristina e de de Evandro de Castro Lima com Mauricio de Nassau. Em Originalidade venceu Mary Marques com Bumba Meu Boi. Na categoria Pernambucana venceu Mucio Catão com Papa Figo.

Há 50 anos, morria no Rio de Janeiro, o presidente Café Filho, que nasceu no dia 3 de março de 1899.

Há 45 anos, saia pela primeira vez o bloco Nóis Sofre, mas Nóis Goza.

Há 20 anos, morria em Pernambuco, a médica Mercês Cunha, que nasceu no dia 27 de janeiro de 1929.

Há 15 anos, morria nos Estados Unidos, a atriz Sandra Dee, que nasceu no dia 23 de abril de 1942.

Muni entra na história

O prefeito Geraldo Julio e a primeira dama Cristina (Foto: Fernando Machado)

O governador Paulo Câmara e a primeira dama Ana Luíza (Foto: Fernando Machado)

O último e o 56º Baile Municipal do Recife, do prefeito Geraldo Julio de Mello Filho e da primeira dama Cristina Quirino de Mello, foi colossal. Mais de 13 mil foliões caíram na folia, no Classic Hall.  As globais Bianka Carvalho e Mônica Silveira foram as hostesses do baile. Cristina sempre uma figura notável estava espetacular num modelo produzido pela Sarça e pintado pela artista plástica Polyanna Ferreira.

O secretário Antônio de Pádua Cavalcanti e Lailah Bressani (Foto: Fernando Machado)

O brigadeiro Cesar Faria Guimarães e Taciana Moura (Foto: Fernando Machado)

Segundo os organizadores a renda chegou a quase meio milhão de reis, que será destinada para a Creche Beneficente Amiguinhos, o Instituto de Assistência Social Dom Campelo, o Centro Social Dom João Costa, a União de Mãe de Anjos, a Tribo Indígena Carijós do Recife e a Fundação Alice Figueira. Desde 2013, o arrecadou cerca de R$ 3,65 Milhões distribuídos para 45 instituições filantrópicas.

O desembargador Stenio Neiva Coelho e Isabela (Foto: Fernando Machado)

O executivo Enrique Ambrósio (Foto: Fernando Machado)

Homenageados do Carnaval deste ano, o Maestro Edson Rodrigues e o Bloco das Flores foram muito festejados. A Orquestra de Edson Rodrigues abriu o espetáculo. Não sei se tocou o hino do Carnaval de Pernambuco, Vassourinhas de Mathias da Rocha (1864/1907) e Joana Batista Ramos (1877/1952). Gostei muito do Coral de Edgard Moraes, que apresentou aquelas músicas que levavam o publico ao delírio.

Sheila Wanderley de arranjo from Las Vegas e João Alberto (Foto: Fernando Machado)

Jô Mazzarolo e Angélica Tasso (Foto: Fernando Machado)

Valores do Passado de Edgar Moraes (1904/1974) “Bloco das Flores, Andaluzas, Cartomantes / Camponeses, Apôis Fum / e o Bloco Um Dia Só / Os Corações Futuristas, Bobos em Folia / Pirilampos de Tejipió / A Flor da Magnólia / Lira do Charmion, Sem Rival / Jacarandá, a Madeira da Fé / Crisântemos Se Tem Bote e / Um Dia de Carnaval / Pavão Dourado, Camelo de Ouro e Bebé / Os queridos Batutas da Boa Vista / E os Turunas de São José / Príncipe dos Príncipes brilhou / Lira da Noite também vibrou / E o Bloco da Saudade, assim recorda tudo que Passou”. Mexeu com meus velhos carnavais.

Desembargador Mauro Alencar e Claudia (Foto: Fernando Machado)

Brigadeiro Rodrigo Santos e Leila Lucena (Foto: Fernando Machado)

Outro frevo que sempre toca na pernambucanidade é Madeira que Cupim não rói, do grande Capiba (1904/1997): “Madeira do Rosarinho / Vem à cidade sua fama mostrar / E traz com seu pessoal / Seu estandarte tão original / Não vem pra fazer barulho / Vem pra dizer e com satisfação / Queiram ou não queiram os juízes / O nosso bloco é de fato campeão / E se aqui estamos, cantando essa canção / Viemos defender a nossa tradição / E dizer bem alto que a injustiça dói / Nós somos madeiras de lei que cupim não rói”.

Ana Nery e Rômulo Meneses (Foto: Fernando Machado)

Katia Betmann e Silvio Meira (Foto: Fernando Machado)

Ainda subiram ao palco do Classic Hall, Gustavo Travassos, Gerlane Lopes e sua orquestra de Bambas, maestro Spok, Nena Queiroga, Almir Rouche, André Rio, Margareth Menezes e Fafá de Belém. Cristina e Geraldo Julio encerraram seus Bailes Municipais em ritmo de vitória. O único ponto negativo foi o terrorismo do Batalhão de Transito que multava os carros que parassem mais perto da entrada do Classic Hall para deixar os foliões.

Ângela Mota Pragana e Fábio Rogério Magalhães (Foto: Fernando Machado)

Evaldo Costa e Nadya Alencar (Foto: Fernando Machado)

Baile Municipal do Recife

Amanhã à noite pertence ao Baile Municipal do Recife que celebra seu 56º Carnaval e promete lotar o Classic Hall de cores, fantasias, frevo e samba. Na coordenação estão o prefeito Geraldo Julio de Mello Filho e a primeira dama Cristina Mello. A renda do Municipal será revertida para a Creche Beneficente Amiguinhos, o Instituto de Assistência Social Dom Campelo, o Centro Social Dom João Costa, a União de Mãe de Anjos, a Tribo Indígena Carijós do Recife e a Fundação Alice Figueira. As cantoras baiana Margareth Menezes, da paraibana Elba Ramalho e a paraense Fafá de Belém estão confirmadas.

O prefeito Geraldo Julio e a primeira dama Cristina (Foto: Fernando Machado)

Esta edição do Baile terá como cicerones o maestro Edson Rodrigues e o Bloco das Flores, os homenageados do Carnaval 2020. A abertura da noite ficará por conta de Edson Rodrigues, que levará ao palco como convidado Gustavo Travassos e Coral Edgar Moraes. O samba invade os salões com a apresentação de Gerlane Lops e sua orquestra de Bambas e a apoteose da noite fica por conta de Maestro Spok, que receberá Nena Queiroga, Almir Rouche e André Rio. O valor dos ingressos é o mesmo do ano passado: R$ 50,00 (pista) e R$ 600,00 (mesa para quatro pessoas).