Fernando Machado

Blog

Tag amiga

Fatos Diversos

Minha amiga Vera Ferraz escreve para mim dizendo: “O Balalaika reunia o que havia de melhor. Elas estavam fechando um ciclo quando eu entrei. Ainda joguei na seleção com Martinha, Ivanise e Vera Lopes. Tempo áureo do vôlei pernambucano, hoje pra lá de arrebentado”.

O poeta João Carlos Carvalho (Foto: Divulgação)

Os poemas contidos em Entrevozes do tempo (Editora Penalux, 2020), lançado pelo piauiense João Carlos de Carvalho, foram lapidados por quase vinte anos, em longa gestação, desencadeada logo após a publicação de “Poemas sobreviventes”, em 2002. Informa o curador e poeta Diego Mendes Sousa.

Defensoria Publica

A ex-defensora pública geral de Pernambuco, Marta Freire, deve estar satisfeita com a notícia da aprovação da Defensoria Pública pela população do país. Uma Pesquisa da Fundação Getúlio Vargas e da Associação dos Magistrados do Brasil, divulgada no início do mês, revelou que 78% dos brasileiros aprovam a atuação da Defensoria  Pública do País. Na gestão de Marta Freire, por exemplo, ela implantou diversos programas que continuam atendendo  a população.

Por exemplo: defensoria Amiga da Comunidade, aos sábados: atendimento nas Comunidades, Defensoria Sem Fronteiras, unindo Defensores de todo país em prol de uma determinada Área como a de Execução Penal, Direito de Família, Júris, ou seja, onde  área estiver mais carente de Defensores e outros programas mais. Marta Freire sempre será lembrada pela a sua grande contribuição na Defensoria Pública de Pernambuco.

Flashes

Minha amiga a eterna cônsul Maria Sanchez-Carlo fez um brinde pelo meu aniversário, em Verona, na Itália, onde passa outra temporada.

O bolo de milho cremoso que Ricande Canto prepara é para a gente comer de joelhos para Santo Antonio, São João e São Pedro. Adorei estrela.

Hoje, às 18h, na Alepe, acontece reunião solene em homenagem aos 75 anos da Associação dos Fornecedores de Cana de Pernambuco.

Termina hoje a inscrição do curso de escrita científica da Faculdade Esuda no site bit.ly/cursosgeia. As aulas começam amanhã custam 30 reais.

Amanhã, às 19h, e segue toda semana, na ZV Tatoo e Galeria, na Galeria Joana D’Arc, no Pina, o vernissage de Augusto Barros com a mostra Refugo.

Ouvi numa roda de amigos: Joaquim Levy arrumou o BNDES para evitar que o brasileiro saiba qual foi o rombo petista na entidade.

Ainda tem muito petista no governo Bolsonaro. Por isso tanto vazamento para imprensa. Presidente, demita esses bandidos.

Gisella Amaral: A dama do bem-querer

Uma nuvem de tristeza encobriu nosso blog, ontem, quando chegou a notícia do falecimento, no Rio de Janeira, da diva Gisella Amaral. Ela que lutava contra um câncer há muito tempo, era muito católica e sempre se reunia com as amigas cariocas para rezar o terço. Era uma lady, na verdadeira acepção do termo. Gisella era filha de uma pernambucana, dona Elvira que conheceu seu pai, o carioca Alfredo Amaral, casaram e foram morar no Rio de Janeiro.

Thereza Lapa, Cristina Cunha, Luis Augusto de Britto, Gisella e Sonia Amaral numa previa de carnaval em 1957 (Foto: Acervo de TLCA)

Gisella nasceu no Rio de Janeiro dia 26 de junho de 1940. Estudou com uma amiga/irmã Theresa Lapa Carneiro de Albuquerque no Colégio Sacré-Coeur de Marie do Rio de Janeiro. E foi por intermédio da amiga Theresa Lapa Carneiro de Albuquerque conheci a dama do bem-querer, no dia 12 de outubro de 2010, quando veio até o Recife divulgar o Câncer de Mama, promovido pela Roche e era a Madrinha Nacional.

Gisella Amaral com o marido Ricardo (Foto: Instagram)

A festa aconteceu na Arcádia de Boa Viagem e teve como madrinhas as senhoras Margot Monteiro, Lilian Nejaim Bandeira de Mello, Maria Celina Mota e Theresa Lapa Carneiro de Albuquerque. Domingo Theresa falou com Gisella via Zap e sentiu que seria a ultima vez, no final ela mandou esta frase: “Tequinha, eu cansei de viver”.

Gisella Amaral e o filho Ricardo ng (Foto: Lu Lacerda

A blogueira Lu Lacerda escreveu: “E assim partiu Gisella, deixando o Rio de luto. Era o símbolo do bem-querer!” Gisella era formada em Enfermagem e Jornalismo, mas especializou-se em servir ao próximo. Ela foi casada com o empresário Ricardo Amaral foi mãe de dois filhos Ricardo e Bernardo e avó de três netas.

  • 1 2 9