Fernando Machado

Blog

Tag agencia

Noticias do Rio Grande do Norte

A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) aprovou a revisão extraordinária do contrato de concessão do Aeroporto Internacional de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte, em razão dos impactos econômicos provocados pela Covid-19.

Considerando as perdas econômico-financeiras decorrentes da queda de demanda de passageiros de transporte aéreo provocada pela pandemia em 2020, o objetivo é recompor o equilíbrio econômico-financeiro do contrato.

Nos bastidores da política

O Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) desembolsou sexta-feira um empréstimo de US$ 750 milhões, o equivalente a R$ 4 bilhões, para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Com um aporte de US$ 150 milhões em contrapartida por parte do banco brasileiro, serão oferecidos o equivalente a quase R$ 5 bilhões a micro, pequenas e médias empresas brasileiras.

Conforme dados divulgados sexta-feira pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o mês de novembro apresentou o maior fluxo de passageiros transportados desde o início da pandemia provocada pelo novo coronavirus. Ao todo, os aeroportos do país movimentaram aproximadamente 4,8 mi de pessoas no penúltimo mês do ano. No entanto, na comparação com o mesmo período do ano passado, houve redução de 40,7% no indicador.

Noticias de Sergipe

Em artigo publicado no site EPBR, a Diretora Técnica da Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de Sergipe, Regina Rosário, discute os “Desafios das agências reguladoras estaduais na abertura do Novo Mercado de Gás Natural”. No texto, citando o PL do Gás que tramita no Senado (4476/2020), Regina observa que “a regulação dos serviços locais de gás canalizado tem se deparado com a fundamental necessidade de olhar para frente vislumbrando a ampliação da cadeia do gás natural. E tal necessidade tem nome, definição e conceitos incutidos”.

Ela reivindica para as agências reguladoras estaduais “o protagonismo quanto a observar a dinâmica desse novo mercado, implementando normas que o mantenham ativo e que resulte, efetivamente, em ampliação do acesso aos mais diversos usuários”. A diretora técnica da Agrese observa que, em Sergipe, “a regulação pioneira na abertura do mercado por meio da modernização do seu arcabouço regulatório, em alguns aspectos muito próximo ao texto da nova lei, já possibilita observar a movimentação de agentes com intuito de serem supridores do insumo e outros de se tornarem consumidores livres”.

Anotações do Cotidiano

A tarifa aérea doméstica do 3º trimestre de 2020 apresentou redução de 23% em relação ao valor praticado no mesmo período do ano passado. Segundo dados divulgados pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), o valor médio do bilhete aéreo comercializado entre julho e setembro deste ano foi de R$ 330,75. A crise sanitária provocada pelo novo coronavírus continuou impactando diretamente nos resultados do setor aéreo. Durante à pandemia, apesar dos principais indicadores do transporte aéreo apresentaram crescimento mensal em comparação com os meses anteriores, no 3º trimestre do ano, a oferta de voos das companhias acumula redução 65,5% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Hoje a dermatologista Sarita Martins cujo telefone é 3465.3930 ou 999665889, fala das manchas devido ao sol. A primeira delas são as efélides também conhecidas como sardas. São manchas castanho claras ou escuras que surgem dos 5 aos 18 anos após uma queimadura solar. Tem caráter hereditário e são comuns em pessoas de pele clara. Já a melanose solar surgem nas áreas expostas ao sol em adultos e idosos. São também de cor castanho clara ou escura, superfície rugosa e frequentes na face, antebraços e dorso das mãos. A última são manchas de cor branca, circulares, de pequeno diâmetro que também surgem em áreas expostas ao sol e são conhecidas com o nome de leucodermias gutata. Acomete pessoas de pele clara e tem caráter familiar.