Fernando Machado

Blog

Pausa Poética

“No morro a gente / Leva a vida que quer / No morro a gente / Gosta de uma mulher / E quando a gente / Deixa o morro e vai embora / Quase sempre chora”. Heitor dos Prazeres (1898/1966)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.