Fernando Machado

Blog

Parabéns, Cristina Vita!

As irmãs Cristina Vita, Luiza Carneiro e Carmen Vita (Foto: Fernando Machado)

Mais de 50 amigas cantaram os tradicionais parabéns para Cristina Vita, quinta-feira, no prestigiado almoço de adesão que as suas amigas promoveram quinta-feira, no The Black Angus, em Boa Viagem. Na coordenação estava Mônica Rios Rodrigues. Depois tivemos corte do bolo grifado pela filha da aniversariante Marina Vita.

Alice Sousa Leão, Eliane Neves Baptista, Germana Monteiro de Carvalho, Tinane Almeida e Rosa Peres (Foto: Fernando Machado)

Alizete Maynard e Sandra Bandeira (Foto: Fernando Machado)

Cristina não quis presentes, cada uma doou 50 reais para a Associação dos Ostomizados de Pernambuco. O DJ Thiago Carvalho apresentou um set-list começando pelas musicas que fizeram sucesso nos anos 70 até 80, mas terminou frevos e marchinhas de carnaval.

Cecilia Lucena de Melo, Célia Moraes, Cristina Vita e Mônica Rios Rodrigues (Foto: Fernando Machado)

Clarinha Dubeux, Cristina Vita e Ângela Maciel (Foto: Fernando Machado)

O primeiro hit foi Máscara Negra de Zé Kéti e Pereira Matos: “Tanto riso, oh quanta alegria / Mais de mil palhaços no salão / Arlequim está chorando pelo amor da Colombina / No meio da multidão”. Na sequencia veio uma música junina “Balancê Ô balancê, balance / Quero dançar com você / Entra na roda, morena, pra ver / Ô balancê, balance”.

Cristina Vita, Germana Monteiro de Carvalho, Mônica Rios Rodrigues e Márcia Carneiro (Foto: Fernando Machado)

Lidia Lopes, Lourdes Barreto, Iara Dubeux, Eliana Lapenda Guerra e Cristina Vita (Foto: Fernando Machado)

Também tivemos Dançando com Ivete Sangalo: “Mamãe vai fazer, papai vai fazer / só falta você / Dançando, dançando, / dançando, dançando / Dançando, dançando, dançando, / Dançando, dançando, dançando, / Dançando, dançando, dançando, dan dan dan dan, dan, dançando / Dance comigo”. Algumas sofrências de Reginaldo Rossi e Despacito.

Márcia Carneiro e Glória Alves (Foto: Fernando Machado)

Rosinha Spinelli e Dora Rangel Moreira (Foto: Fernando Machado)

As marchinhas cariocas fizeram sucesso, principalmente o Hino do Cordão do Bola Preta “Ô Abre Alas, / Que eu quero passar / Eu sou da Lira / Não posso negar / Ô Abre Alas, / Que eu quero passar. / Rosas de Ouro é quem vai ganhar”; “Mamãe eu quero, mamãe eu quero, / Mamãe eu quero mamar! / Dá a chupeta! Dá a chupeta! Dá a chupeta / Dá a chupeta pro bebê não chorar! / Eu tenho uma irmã que se chama Ana: / De tanto piscar o olho já ficou sem a pestana.”

Lourdes barreto, Fátima Maia e Mônica Rios Rodrigues (Foto: Fernando Machado)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.