Fernando Machado

Blog

O samba pede passagem

O batuque do maracatu, os acordes do samba e os grandes clássicos da música popular brasileira, na voz de um dos seus maiores representantes, foram os ingredientes de sábado, na primeira noite do Carnaval do Recife 2011, no Polo Brasília Teimosa.

e-samantha-diniz-renata-campos-luana-aragao1
No Municipal a primeira dama, Renata Campos, entre Samantha Diniz e Luana Aragão (Foto: Cortesia)

Por volta das 23h, o ex-jogador de futebol, goleiro de times como Santa Cruz e Sport; Vasco da Gama, Madureira e Portuguesa (RJ) e CRB (RN), e sambista pernambucano Belo Xis, subiu ao palco para cantar as músicas que o consagraram em 30 anos de carreira como intérprete e compositor e 12 discos lançados.

e-vania-ayres-ines-pessoa-paulo-ayres
Vânia Ayres, Maria Ines Pessoa e Paulo Ayres curtindo o Segura o Avião (Foto: Fernando Machado)

Em seguida, o carioca Emílio Santiago, 36 anos de carreira e 29 álbuns gravados, desfilou alguns dos seus inúmeros sucessos, como Aquarela Brasileira, Saigon e Verdade Chinesa. “Ótimo, como sempre. Esta é a primeira vez que faço show no Carnaval do Recife e estou encantado”, disse.

e-ilona-koehler-ana-queiroz
Ilona Koehler e Ana Queiroz no Segura o Avião (Foto: Fernando Machado)

A surpresa da noite foi o cantor e compositor Alcirrone, de Brasília Teimosa. Fã da cantora maranhense Alcione, ele aproveitou para gravar seu primeiro CD durante a apresentação.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.