Fernando Machado

Blog

Noticias da Alemanha

O analfabetismo não é um problema apenas de países pobres ou em desenvolvimento. Ele também faz parte do cotidiano de nações privilegiadas, como a Alemanha. Se em 2004, estimava-se que o país tinha cerca de quatro milhões de analfabetos dentro de suas fronteiras, um estudo patrocinado pelo Ministério Federal da Educação revelou que hoje há 7,5 milhões de alemães considerados analfabetos funcionais.

Desse total, cerca de 2,3 milhões (o equivalente a 4% da população total da Alemanha) podem ser considerados analfabetos de fato, capazes de escrever apenas seus próprios nomes. A pesquisa também mostra que mais da metade desses cidadãos – 4,4 milhões – têm o alemão como língua materna; os demais são de origem migrante. Quem nos informa é o adido de imprensa do Consulado da Alemanha, Martin Mahn.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.