Fernando Machado

Blog

Notícias da Alemanha

Dinheiro inesperado para os Estados alemães orientais. Mais de duas décadas após o fim da República Democrática da Alemanha (RDA), cerca de 230 milhões de euros dos ativos do antigo SED (Partido Socialista Unificado) deverão voltar para a Alemanha. Um tribunal suíço ordenou, em segunda instância, que o UniCredit Bank Austria pague 128 milhões de euros, acrescidos de mais 5% de juros, aos Estados agregados à República Federal da Alemanha após a reunificação em 1990.

O valor faz parte dos bens do SED apreendidos após o colapso da Alemanha Oriental, avaliados em 1,16 bilhões de euros, e que desapareceram sem deixar rastro em 1992. A ex-ativista de direitos civis e membro do Parlamento alemão, Vera Lengsfeld, respondeu satisfeita à decisão. Quem nos informa é o Adido de Imprensa do Consulado Geral, Martin Mahn.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.