Fernando Machado

Blog

Não Podemos esquecê-los (V)

Em Memória dos que foram assassinados pelo Brasil Livre do Comunismo lembramos, hoje, aqueles de 1971: os soldados PM Américo Cassiolato, Djalma Peluci Batista, Manoel da Silva Neto e Eduardo Timóteo Filho; o major do Exército José Julio Toja Martinez; o tenente da Aeronáutica Mateus Levino dos Santos; o suboficial da reserva da Marinha José do Amaral; os cabos PM João Campos e Nelson Martinez Ponce.

O major do Exército José Julio Toja Martinez (Foto: Divulgação)

Ainda o artesão Adilson Sampaio, a empregada domestica Maria Alice Matos, os civis Antônio Lisboa Ceres de Oliveira, Alberto da Silva Machado e Jaime Pereira da Silva; o comerciário Fernando Pereira; os seguranças Jayme Cardenio Dolce, Silvâno Amâncio dos Santos, Demerval Ferreira dos Santos, José Amaral Vilela e Hélio Ferreira de Moura; o taxista Gentil Procópio de Melo e o adolescente de 14 anos Marcelo Costa Tavares.

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.