Fernando Machado

Blog

Há 50 anos morria sua majestade Chanel 

Coco Chanel no Hotel Ritz de Paris (Foto: Divulgação)

Há 50 anos, morria sozinha no Hotel Ritz, em Paris, uma daquelas estilistas mágicas, uma mulher de ouro para a moda. Estamos nos referindo a Coco Chanel, que do alto dos seus 87 anos deixava um legado infinitamente rico. Coco era muito além do seu tempo. Foi amante, entre outros, do compositor Igor Stranvinski (1882/1971), que era casado e foi morar com a mulher Katarina e quatro filhos na casa de Coco Chanel.

Coco Chanel em clima de relax mas sem esquecer o cigarro (Foto: Divulgação)

Tudo que fazia era objeto de desejo. Seus tailleurs são referencia até hoje, por conta deles Chanel conseguiu colocar a mulher no nível dos homens nas empresas. Suas roupas passaram a vestir as grandes estrelas de Hollywood. Em 1920 criou o perfume Chanel Nº 5, arrasou quarteirão, graças à diva do cinema Marilyn Monroe (1926/1962) confessando que dormia nua apenas com uns pingos de Chanel Nº 5.

Marilyn Monroe e seu perfume preferido Chanel Nº 5 (Foto: Divulgação)

Durante a II Guerra Mundial Chanel fechou sua Maison, mas permaneceu morando na Cidade Luz. Como não poderia deixar de ser teve um relacionamento com Hans Dincklage, da inteligência alemã, que atuava na França. Em 1954 reabriu sua casa de costura, mas os franceses que condenaram esse romance viraram as costas para sua loja. Por conta disso Chanel passou por dificuldades financeiras e decidiu terminar o namoro.

Chanel sempre ao lado do cigarro (Foto: Divulgação)

Chanel dividia seu tempo entre a França e a Suíça, onde se relacionou amorosamente com banqueiros, empresários, condes, duques e políticos. Graças a então primeira dama dos Estados Unidos Jacqueline Kennedy (1929/1994) sua cliente, retomou para as paginas das revistas de moda, com seus tailleurs. Depois Chanel retornou a residir em Paris. Por conta da sua idade foi morar em hotéis, pois não se sentia sozinha. Gabrielle Bonheur Chanel nasceu na França em 19 de agosto de 1983.

Chanel e o bailarino russo Serge Lifar (Foto: Divulgação)

0

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado.