Fernando Machado

Blog

Categoria Sou Santa Cruz de Corpo e Alma

Santa Cruz: 100 anos de glória

Quando, Walter Spencer, o mestre de cerimônias da Reunião Extraordinária do Conselho Deliberativo em homenagem ao centenário do Santa Cruz, lembrou que naquela data Dom Hélder Câmara (1909/1999), completaria 105 anos, se vivo fosse, foi ovacionado pela plateia.

d-joão-caixero-antonio-luiz-neto-rodolfo-aguiar

João Caixeiro, Antônio Luiz Neto e Rodolfo Aguiar (Foto: Fernando Machado)

d-fatima

Nossa Senhora de Fátima observa Tony Almeida entrevistar Ricardo Rocha (Foto: Fernando Machado)

Apesar de torcer pelo Santinha ele nunca foi homenageado pelas diretorias do clube. Dom Hélder que deveria está por lá cochichou no ouvido de Frei Damião Bozzano: “As pessoas são pesadas demais para serem levadas nos ombros. Levo-as no coração”. Sábia frase do ex arcebispo de Olinda e Recife.

d-anchieta-james-thorp-filho-james-thorp-neto

James Thorp Filho com Anchieta e James Neto (Foto: Fernando Machado)

d-paul-nicklin-tonico-araujo-usha-pitts

Paul Nicklin, Tonico Araújo e Usha Pitts (Foto: Fernando Machado)

A cerimônia começou com uma hora e meia de atraso, porque o presidente Antônio Luiz Neto, que nunca chega cedo aos eventos, mas tinha um motivo maior para tal: Estava em São Paulo buscando incentivo para o clube. A entrega dos titulos aconteceu sobre um tablado montado no dancing. A atrás dele, repousava um painel que remetia aos fatos históricos do Santa Cruz e na sua frente estava uma imagem de Nossa Senhora de Fátima atenta aos detalhes.

d-josé-neves-carlos-alberto-silva-mendonça-filho

José Neves, Carlos Alberto Silva e Mendonça Filho (Foto: Fernando Machado)

d-ricardo-rocha-evaristo-de-macedo-aluisio-lessa

Ricardo Rocha, Evaristo de Macedo e Alusio Lessa (Foto: Fernando Machado)

Entre os Conselheiros Natos destacamos Augusto Coutinho, Jonas Alvarenga, José Augusto Alves de Paula, Ricardo Moura Alves de Paula, Roberto Rodrigues Arraes e Romero Jatobá. Pelos Sócios Beneméritos lembramos André Alves de Paula Filho, Antonio Luiz Neto, Iuri Maia Leite, James Thorp Filho, Aluisio Lessa, Mendonça Filho, Luiz Felipe Moura, Paulo de Moraes, Evaldo Costa, Romerinho Jatobá, Tacio Maciel e Sergio Magalhães.

d-alan-costa-junior-getulio-cavalcanti-luiz-felipe-moura

Alan Costa, Getúlio Macedo e Luiz Felipe Moura (Foto: Fernando Machado)

d-andré-alves-de-paula-filho-andrea-andre-alves-de-paula

André Alves de Paula, a filha Andréa e o pai André Alves de Paula (Foto: Fernando Machado)

No item Mérito Tricolor os agraciados foram a consul dos Estados Unidos Usha Pitts, Zelia Lafayete, Carlso Alberto Silva, Evaristo de Macedo, Aluisio Ferrer Moraes, Leonardo Dantas e Wilton de Souza. Depois Getúlio Cavalcanti interpretou sua musica Santa Cruz Cem Anos de Paixão, que no final foi muito aplaudido.

d-edelson-judite-barbosa

Edelson e Judite Barbosa (Foto: Fernando Machado)

d-iuri-maia-leite-tonico-araujo

Iuri Maia Leite e Tonico Araújo (Foto: Fernando Machado)

E na pérgula da piscina tivemos os lançamentos do livro Santa Retrospectro 2000 2013 de Carlos Celso Cordeiro e Luciano Guedes Cordeiro; o do CD do compositor tricolor Getúlio Cavalcanti, intitulado Aos Mestres, com saudade, onde uma das faixas é Santinha, Santa Cruz Cem Anos de Paixão. Estava previsto um desfile de apresentação dos noves uniformes do Santa Cruz para o ano de 2014.

d-francisco-siqueira-dirceu-paiva-andre-de-paula2

Francisco Siqueira, Dirceu Paiva e André de Paula (Foto: Fernando Machado)

d-romero-romerinho-jatobá

Romero Jatobá e o filho Romerito (Foto: Fernando Machado)

Informações importantes: Dom Helder Câmara, James Thorp e Getulio Cavalcanti foram os mais aplaudidos da noite. Metade da venda dos CDs de Getúlio Cavalcanti será revertida para o clube. A senhora Aldeci Santos, como faz todos os anos, trocou a coroa de Nossa Senhora de Fátima.

Meu coração é de Jesus e a minha alegria é o Santa Cruz

Ontem à noite mais de 20 mil torcedores do Santa Cruz fizeram uma peregrinação até o Pátio de Santa Cruz. Uns para assistirem a Missa na Igreja da Santa Cruz do Bom Jesus da Via Sacra e a maioria para assistir ao show de cantores tricolores em frente ao templo. Como todos sabem neste lugar José Luiz Vieira, Abelardo Costa, Augusto Ramos, Quintino Paes Barreto, Augusto Câmara, Luiz Barbalho Uchoa Cavalcanti, Orlando Santos, José Glycerio Bonfim, Oswaldo Ramos e Alexandre Carvalho, fundaram o time das multidões.

c-aluisio-lessa-joão-lira-neto-ricardo-rocha

Aluísio Lessa, vice-governador João Lira Neto e o jogador Ricardo Rocha  (Foto: Fernando Machado)

c-antonio-sebastião-junior-andre-carlos-tony-acacio-joão-bosco-david-gonçalves-vila-verde-josé-frança

O diácono Antônio Sebastião, e os padres Júnior, André Carlos, Tony, Acácio, João Bosco, David Gonçalves, José Vilaverde e José Roberto França (Foto: Fernando Machado)

A Igreja da Santa Cruz do Bom Jesus da Via Sacra, que em 2015 vai comemorar 300 anos, tem como padroeiros São Joaquim e Nossa Senhora de Sant’Anna. A igreja é linda, o douramento da Capela Mor foi do artista plástico Francisco José Pinto, e da igreja do artista Manuel de Jesus Pinto. As imagens foram confeccionadas pelo escultor Antônio Basilio de Oliveira. Quando a gente olha para alto e ver as pinturas fica deslumbrado com a arte do painelista Caetano da Rocha Pereira.

c-batolomeu-bueno

O desembargador Bartolomeu Bueno  (Foto: Fernando Machado)

c-cruz

Cristo Crucificado no altar mor (Foto: Fernando Machado)

Desde 1840 que a fachada da Matriz, na época, tinha duas torres e era de alvenaria e pedras ordinárias depois foram trocadas por cantarias made in Portugal. Apesar do abandono ela continua imponente. As imagens de São Joaquim e São José foram grifadas pelo notável escultor Manuel da Silva Amorim. O Santíssimo Sacramento datado de 9 de junho de 1793 já não existe mais foi levado para a Matriz da Boa Vista. Apesar de ter perdido aquela relíquia e o status de matriz, o esplendor e a história permanecem inabaladas.

c-dirceu-paiva-marcos-soares

Dirceu Paiva e Marcos Soares (Foto: Fernando Machado)

c-edelson-barbosa-carlos-alberto-silva

Edelson Barbosa e o técnico Carlos Alberto Silva (Foto: Fernando Machado) 

Pois foi neste cenário Hollywoodiano que aconteceu a Missa de Ação de Graças pelo centenário do Santa Cruz Futebol Clube, presidida pelo Padre José Roberto de França, pároco da Igreja do Morro de Nossa Senhora da Conceição. E a cerimônia foi muito solene e concelebrada pelos padres Acácio, André Carlos, David Gonçalves, João Bosco, José Vilaverde, Júnior, e o norte-americano Tony, além do diácono Antônio Sebastião. Informação importante todos eram torcedores do Santa Cruz. Eles entraram em procissão tendo como fundo musical a musica do Padre Zezinho, Nova Geração.  

c-eduardo-bacellar-gil-bacellar-neto-janise-mariana-bacellar-pedro-lucas-rocha-maria-eduarda-bacellar-ademilde-miranda

Eduardo e Gil Neto, Janice e Mariana Bacellar (netos de Lacraia), Pedro Lucas Rocha e Maria Eduarda Bacellar (trinetos de Lacraia) e a nora Ademilde Miranda  (Foto: Fernando Machado)

c-getulio-cavalcanti-padre-joão-bosco

O compositor Getúlio Cavalcanti e Padre João Bosco (Foto: Fernando Machado)

O comentarista foi o ex-presidente tricolor Rodolfo de Aguiar Filho. A primeira leitura foi feita por outro tricolor Tonico Araújo. O salmo foi cantado por João Batista Melo. A leitura do Evangelho coube ao diácono Antônio Sebastião. A homilia, e que homilia, foi do padre André Carlos. Ele passeou pela história do Clube das Multidões, sem esquecer que Jesus era o condutor de tudo aquilo. A oração da Assembleia foi do deputado Aluísio Lessa. A igreja estava lotada, dona Maria Luiza Maranhão, que cuida da Santa Cruz do Bom Jesus da Via Sacra, estava preocupada que o povão causasse danos ao prédio.

c-iuri-maia-leite-carlos-ivan

O publicitário Iuri Maia Leite e o jornalista Ivan Mauricio  (Foto: Fernando Machado)

c-igreja-povo

Uma visão do interior da igreja (Foto: Fernando Machado)

Afinal ela nunca tinha visto tanta gente rezando e gritando palavras de ordem. Posso afirmar sem medo de errar foi uma das missas mais acolhedoras e bonitas que já assisti. Não tinha um órgão de tubo como a Igreja de São Patrick, na Quinta Avenida, em Nova Iorque, mas o ministério musical com o Quinteto do Oficio, deu o recado. O grupo estava formado por Damião Mota, Yandro Oliveira, João Batista Melo, Karlla Teixeira e Milena Silveira.

c-padre-david-gonçalves

Padre David Gonçalves  (Foto: Fernando Machado)

c-pedro-luna-jesus-tricolor

Jesus Tricolor junto a imagem de Nossa Senhora (Foto: Fernando Machado)

Durante o canto do Evangelho, juro que vi Dom Hélder Câmara sentadinho no coro, encantado com o que via, à côté Frei Damião Bozano. O povão tão descriminado rezando pelos 100 anos do Santinha. Quando corri para agradecê-lo por ter feito o nosso clube chegar aos 100 anos majestoso, não estava mais lá, apenas um jasmim branco repousava no local. Quando o Quinto do Oficio atacou deSanta Cruz junta mais essa vitória, juro que vi o autor da musica, Capiba junto dele mais feliz do que as pastoras do Madeira do Rosarinho, cantando: “E dizer bem alto que a injustiça dói.”

c-yandro-oliveira-milena-silveira-damião-mota-karlla-teixeira-joão-batista-melo5

O Quinteto Oficio Yandro Oliveira, Milena Silveira, Damião Mota, Karlla Teixeira e João Batista Melo  (Foto: Fernando Machado)

c-publico

O torcedor do Santa Cruz é assim (Foto: Fernando Machado)

Também tivemos a fala do presidente Antônio Luiz Neto, que chegou muito atrasado. Ficou visivelmente emocionado quando lembrou os nomes de grandes tricolores. Confessou que Lacraia, o primeiro negro a jogar futebol em Pernambuco, será homenageado com o titulo de Presidente Emérito ou de Honra, não lembro, porque ele esqueceu de citar, apenas citar o nome do nosso Dom Helder Câmara, torcedor fiel e acho que mais fiel do que os corintianos, do Santa Cruz. Não tem importância, ALN, é difícil ser tricolor mais ele não vai desistir. 

c-joao-caixero-aluisio-lessa-evandro-carvalho-antonio-luiz-neto-joão-lira-neto-

João Caixero, Aluísio Lessa, Evandro Carvalho, Antônio Luiz Neto e João Lira Neto (Foto: Fernando Machado)

c-nave-central-coro

Vejam que beleza o altar mor da Igreja (Foto: Fernando Machado)

Outro momento que levou os fiéis ou seria torcida tricolor ao delírio foi quando o padre David Gonçalves cantou “O meu coração, é só de Jesus / A minha alegria, é a Santa Cruz. / Nada mais desejo, não quero sinão / Que viva Jesus, no meu coração. / Eu só peço a Deus, na minha oração / Que viva Jesus, no meu coração.” E finalizou “O Meu coração, é só de Jesus e minha alegria é o Santa Cruz”. Será já sabem como foi a reação da turma tricolor dentro da Igreja da Santa Cruz do Bom Jesus da Via Sacra?

Parabéns, Santa Cruz!

Há 100 anos era fundado no Pátio de Santa Cruz, diante da Igreja Igreja da Santa Cruz do Bom Jesus da Via Sacra, o Santa Cruz Futebol Clube. Os fundadores do Santa Cruz foram José Luiz Vieira (1º presidente), Abelardo Costa, Augusto Ramos, Quintino Paes Barreto, Augusto Câmara, Luiz Barbalho Uchoa Cavalcanti, Orlando Santos, José Glycerio Bonfim, Oswaldo Ramos e Alexandre Carvalho.

sc-1915

Esse foi o time do Santa Cruz em 1915 (Foto: Divulgação)

Eis a Ata de fundação do Santinha, em 3 de fevereiro de 1914. “Aos treis de fevereiro de mil novecentos e quatorze a rua da mangueira no. 02, distrito da Boa Vista, pelas19 horas, reuniram-se os srs. Quintino Paes Barreto, José Luiz Vieira, José Glycerio Bonfim, Abelardo Costa, Augusto Franklin Ramos, Orlando Elias dos Santos, Alexandre Carvalho, Oswaldo dos Santos Ramos, Luiz de Gonzaga Barbalho Uchoa e Augusto Dornelas Câmara, para a fundação de uma sociedade de “foot-ball”.”

sc-jose-quintino

O primeiro presidente José Luiz Vieira e o segundo, Quintino Miranda (Foto: Divulgação)

E prossegue: “Proclamado presidente o Sr. Augusto Ramos é pelo mesmo aceito tendo convidado o Sr. Luiz Barbalho para secretariar a mesma. O presidente expôs o fim da reunião que é a fundação de uma sociedade que tomaria por título “Santa Cruz Foot-Ball Club” adoptando como principal sport o foot-ball. Sendo posta em discussão é aprovada. O sr. presidente comunica que vai-se proceder a eleição para a primeira directoria procedida é eleita a seguinte. E a primeira diretoria ficou formada; Presidente Sr. José Luiz Vieira, Vice Presidente Sr. Quintino Miranda Paes Barreto, 1o Secretário Sr. Luiz Gonzaga Barbalho Uchoa, 2o. Secretário e Orador Sr. Augusto Dornellas Câmara, Thesoureiro Sr. Augusto Franklin Ramos e Diretor de Sports Sr. Orlando Elias dos Santos.”

sc-capiba-nelson-luiz

Capiba, Nelson Ferreira e Luiz Bandeira estão no céu cantando “Parabéns para você” (Fotos: Divulgação)

Tendo sido empossada, o Secretário lê os estatutos da nova sociedade que são aprovados em seguida tratou-se das cores que o clube adoptaria a seu pavilhão, sendo escolhido as cores branca e preta, sendo aprovada tendo o sr. Alexandre Carvalho portado-se mal é repreendido pelo presidente e porto na acta um voto de censura ao mesmo não havendo assumptos a discutir-se o sr. Presidente encerrou a sessão depois de haver marcado o dia 07 de fevereiro para nova reunião. (a) Augusto Câmara –2o. secretário”.

Sou Santa Cruz de Corpo e Alma

Amanhã o Santa Cruz comemora 100 anos de fundação. Leia o local onde tudo começou. A Igreja da Santa Cruz do Bom Jesus da Via Sacra, localizada no Pátio de Santa Cruz, foi inaugura no dia 26 de julho de 1716 e tem como padroeiros São Joaquim e Nossa Senhora Santana. Nos seus arredores, alguns anos atrás, podíamos ver o Grupo Escolar Manoel Borba, cuja diretora era dona Dulce Gondim, que no ano passado fez 100 anos. No local funciona, em estado deplorável, a Associação dos Ex Expedicionários.

sc-igreja-de-santa-cruz

Foi diante desta igreja que nasceu o Santa Cruz (Foto: Divulgação)

Também lá temos a Federação Carnavalesca, onde em algum lugar do passado tinha como presidente Antônio Português. Como escreveu o maestro Nelson Ferreira na Evocação nº 1, Dos Carnavais saudosos. Era de lá que saia desfilando sua realeza, pelas ruas do Recife, Dona Santa, (1877/1962) do Maracatu Leão Coroado e depois Maracatu Elefante, e a eterna Rainha do Maracatu. A igreja quando era Matriz teve como pároco o irmão do artista plástico Murilo Lagreca, o monsenhor Antônio Lagreca, era deslumbrante.

sc-altar-mor

O altar-mor da Igreja da Santa Cruz do Bom Jesus da Via Sacra (Foto: Maria Luiza Maranhão)

O douramento da Capela Mor foi grifado pelo artista plástico Francisco José Pinto, e o da igreja pelo artista Manuel de Jesus Pinto. As imagens foram confeccionadas pelo escultor Antônio Basilio de Oliveira. As pinturas dos altares da capela mor foi do artista plástico Joaquim Carneiro Leal. O mestre painelista Caetano da Rocha Pereira também deixou seu talento na Matriz nos idos dos anos 1844.

 sc-altar-carm

O altar de Nossa Senhora (Foto: Maria Luiza Maranhão)

Em1840 foi demolida a fachada da Matriz que perdeu uma das duas torres. E a alvenaria e pedras ordinárias foram trocadas trocadas por cantarias vindas de Lisboa, Portugal. Ela ficou mais majestosa e imponente. Em 1888 foram concluídos os trabalhos da fachada. Em 1879 no altar mor repousava imagens dos evangelistas São Mateus, São Marcos, São Lucas e São João.

sc-altar-coração-de-jesus2

O altar do Sagrado Coração de Jesus (Foto: Maria Luiza Maranhão)

O santuário perdeu o cunho originário quando em 1921 foi inaugurada a nova Capela mor. Em 1831 o famoso escultor Manuel da Silva Amorim confeccionou as imagens de São Joaquim, São José e São Raimundo Nonato. O Santíssimo Sacramento datado de 9 de junho de 1793 foi levada para a Matriz da Boa Vista. E com isso a Santa Cruz do Bom Jesus da Via Sacra foi perdendo seu esplendor, mas nunca sua rica história.

sc-dom-helder-camara-cruzeiro

Dom Hélder Câmara deve dar uma forcinha hoje em Caruaru, caso contrário com minhas preces tirou o clube do fundo do poço (Foto: Manchete)

Pois bem, foi neste cenário de glória que um grupo de rapazes da alta sociedade da Boa Vista criou o glorioso Santa Cruz Futebol Clube, no dia 3 de fevereiro de 1914. O primeiro jogo do Santa Cruz, foi em 1914, contra o Rio Negro. O Santinha formado por Valdemar Monteiro, Abelardo Costa, Humberto Barreto, Raimundo Diniz, Osvaldo Ramos, Zé Bonfim, Quintino Miranda, Carlos Sylvio Machado, José Vieira, Augusto Ramos e Oswaldo Ferreira, venceu por 7 x 0. O atleta Carlos Machado fez cinco na goleada.