Fernando Machado

Blog

Categoria Pausa Poética

Pausa Poética

“É tão bom José!” O radialista Reinaldo Belo 

Pausa Poética

“O que eu não tinha em casa o que não nos encontrava outros, na rua. Afeto, atenção, um olhar. Naquela casa ninguém me via — a não ser para condenar por qualquer coisa”. Miss Brasil de 1954 Martha Rocha (1936/2020)

Pausa Poética

“A solidão é perigosa e viciante. Quando você se dá conta da paz que existe nela, não quer lidar mais com pessoas”. Carl Jung (1875/1961)

Pausa Poética

“Vamos fazer uma pausa sem pensar até amanhã”. Modelo coreano Park Kang Hyun