Fernando Machado

Blog

Categoria Notícias da Caserna

Aqui é o seu lugar II COMAR      

O Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro do Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez, presidiu, sexta-feira, a cerimônia de reativação do Comando Aéreo Nordeste (II COMAR), no Recife. O Comandante foi recebido pelo Secretário de Economia, Finanças e Administração da Aeronáutica, Brigadeiro do Ar Marcelo Kanitz Damasceno, e o Brigadeiro do Ar Cesar Faria Guimarães que assumiram o cargo de Comandante do e do II COMAR.

A entrada do II COMAR (Foto: Soldado Anderson Soares)

O Comandante da Aeronáutica, Brigadeiro Bermudez, é carioca destacou a relevância do Projeto Piloto. O fundador do OM, brigadeiro Eduardo Gomes (1896/1981), deve ter voltado a ficar feliz com essa ação. O Brigadeiro Cesar, ao assumir o novo cargo, falou sobre o trabalho a ser desenvolvido. “Está sendo reativado o Comando Aéreo Nordeste – II COMAR, com uma visão holística, que permitirá exercer a supervisão das Organizações Militares subordinadas, baseadas em indicadores de desempenho, bem como retomar a representatividade do Comando da Aeronáutica na região Nordeste.”

O brigadeiro César Faria Guimarães (Foto: II COMAR)

O II Comando Aéreo Nordeste terá suas atividades focadas na supervisão, coordenação e controle, na sua área de jurisdição, bem como na gestão administrativa das Organizações Militares subordinadas, por meio de indicadores de desempenho regionais e de tendência, de maneira a mensurar o alcance dos objetivos estratégicos e metas correspondentes.

Navio-Escola Almirante Saldanha

O Almirante Saldanha no nosso porto (Foto: Diário da Manhã)

Há 85 anos, chegava ao porto do Recife, o navio-escola Almirante Saldanha, da Marinha de Guerra do Brasil, sob o comando do capitão de mar-e-guerra Durval de Oliveira Teixeira, trazendo a bordo 320 oficiais e marinheiros, sendo 29 guardas-marinha e 27 tenentes. O navio-escola partiu para a Europa no dia 1 de junho de 1935, em viagem de estudos.

Os guardas-marinha no convés do navio-escola (Foto: Diário da Manhã)

No dia seguinte, às 17h, o governador Carlos Lima Cavalcanti movimentou, no Palácio do Campo das Princesas, um chá dançante para a tripulação do navio-escola. A animação ficou por conta da Jazz Band Academica e o Orfeão da Brigada. A senhorita Leda Balthar deu uma canja e cantou músicas do cancioneiro brasileiro.

A tripulação de tenentes do Almirante Saldanha (Foto: Diário da Manhã)

No segundo dia aconteceram as provas de natação na piscina do Cais de Santa Rita, entre os times do Almirante Saldanha e do Sport Clube do Recife. Cerca de três mil pessoas prestigiaram a competição. Nos 100 metros livre venceu Benevenuto Nunes do Saldanha; nos 800 metros livre venceu Isaac Moraes do Saldanha; nos 100 metros de costa venceu novamente Benevenuto e na última prova, 100 metros a la brasse venceu Antônio Luis dos Santos do Saldanha.

Carlos de Lima Cavalcanti e o comandante Durval Oliveira Teixeira na mesa principal da recepção no Palácio (Foto: Diário da Manhã)

Ainda tivemos uma partida de water-polo, quando os meninos do Almirante Saldanha venceram os do Sport. O Almirante Saldanha jogou com Raul, Lacê, Nunes, Leôncio, Tornaghi, Paquet e Nei. Já os rubronegros jogoram com Assumpção, Zeleu, Arsenio, Cyrpriano, P. Maranhão, Sabino e Borel.

As senhoritas da nossa sociedade ouvindo, no Campo das Princesas, o Orfeão da Brigada (Foto: Diário da Manhã

Noticias da Caserna

Com a reforma do Comando da Aeronáutica, leia-se o brigadeiro Bermudez ,conforme esta coluna divulgou em primeira mão, vamos ter 8 comandos aéreos. O I Comar (Comando Aéreo Norte), será sediado em Belém do Pará; o II Comar (Comando Aéreo do Nordeste ) ficará no Recife; o III Comar (Comando Aéreo Leste) ficará no Rio de Janeiro; IV Comar (Comando Aéreo Sudeste) ficará São Paulo; o V Comar (Comando Aéreo Sul), ficará em Canoas no Rio Grande do Sul), o VI Comar (Comando Aéreo Planalto) será em Brasília, o VII Comar (Comando Aéreo Amazônico) será em Manaus e o VIII Comar (Comando Aéreo Oeste) fica em Campo Grande no Mato Grosso do Sul.

O Exército reforça ações de saúde aumentando a força de trabalho do Hospital de Guarnição de São Gabriel da Cachoeira com dez militares da área de saúde, em apoio emergencial ao combate à Covid-19. Em 17 de maio, dez militares da Força Terrestre, provenientes do Hospital Militar de Área de Brasília chegaram à região, por meio da Força Aérea Brasileira, para reforçar as equipes médicas, de fisioterapia e de enfermagem do Hospital de Guarnição de São Gabriel da Cachoeira. Essas equipes estão na linha de frente no tratamento de pacientes com o coronavírus. O Hospital recebeu também Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), materiais hospitalares e outros equipamentos.

Em São Paulo, militares usaram o espaço de 12 escolas para montaram 1,5 mil kits de alimentação, em apoio à prefeitura da capital paulista. No mesmo Estado, em outro apoio semelhante, foram armazenados 2 mil kits no município de Caçapava, para posterior distribuição. Outro auxílio, foi na montagem 300 mil kits de higiene e limpeza.  “A nossa atividade basicamente é receber os insumos, as doações que vem de maneira separada. Então nós temos que desmontar os insumos, organizá-los os itens em kits, fazer o controle de qualidade, realizar o seu fechamento, paletizar e deixar em condições de fazer o transporte”, destacou o Coronel Tiaraju, Comandante do 12º Grupo de Artilharia de Campanha, ao explicar o trabalho realizado.

II COMAR está voltando

Não será surpresa para esta coluna se o Brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez, Comandante Aeronáutica, fazer uma mudança na Estrutura Regimental do Comando da Aeronáutica. E como isso o II Comando Aéreo Regional volte ser sediado no Recife, de onde nunca deveria ter saído. Parabéns, brigadeiro Bermudez!

O comandante da Aeronáutica, brigadeiro Bermudez (Foto: Aeronáutica)

Farão parte do II COMAR os estados do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Sergipe, Bahia, Piauí, Alagoas e Ceará. O brigadeiro Eduardo Gomes deve está feliz da vida com essa resolução, afinal de contas foi ele quem criou essa Organização Militar, durante a II Guerra Mundial.