Fernando Machado

Blog

Tag vernissage

Fatos Diversos

A Associação Pernambucana de Atacadistas e Distribuidores e a Associação Pernambucana de Supermercados movimentam café da manhã, em que serão anunciados todos os detalhes da feira Super Mix 2019. O encontro amanhã, amanhã, às 9h, no Coffe Shop São Braz, na Avenida Visconde de Suassuna.

Quinta-feira acontece vernissage da exposição fotográfica A primavera pela lente do celular organizada pela jornalista Ana Cláudia Thorpe, na Audi Center Recife. A curadoria é de Soares Jr. As imagens fazem parte do acervo pessoal de 20 formadores de opinião nas mais diversas áreas em seus momentos de folga.

 

De volta para o passado

Há 110 anos, nascia em Pernambuco, o reitor Murilo de Barros Guimarães, que morreu no dia 8 de março de 2003.

Há 80 anos, no palacete de Associação dos Empregados do Comercio, na Rua da Imperatriz, acontecia o vernissage do pintor Nilo Porpino.

Há 55 anos, a seleção feminina de vôlei de Pernambuco, ao vencer a de Minas Gerais, por 3×2, era campeã do JUBS. PE jogou com Conceição Selva, Miriam, Vera Lopes, Ivanise, Nercy, Ester, Teresa, Cirene e Helena Amazonas.

Há 55 anos, a norte-americana Ruth Hills, que fundou há 26 anos, a ACF, veio de Corpus Christ, nos EUA, morar no Recife. (Tela de Fedora Fernandes)

Há 65 anos, Luiz Maranhão se despedia dos palcos, depois de 30 anos, encenando a peça Casa Grande e Senzala, no Teatro de Santa Isabel. A peça foi dirigida por José Carlos Cavalcanti, adaptada do livro de Gilberto Freyre.

Há 60 anos, se apresentava no Náutico, a Orquestra Cassino de Sevilha.

Há 52 anos, se casavam na Igreja da Soledade, Tânia e Fernando Campello. A cerimônia foi conduzida por Padre Guedes.

Há 50 anos, morria em São Paulo, o jogador Arthur Friedenreich, que nasceu no dia 18 de julho de 1892.

Há 45 anos, morria em Pernambuco, o poeta Luiz Delgado, que nasceu no dia 11 de abril de 1906. (Foto: Reprodução Dalva Oliveira)

De volta para o passado

Há 85 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, concerto do violinista amazonense Claudio Santos.

O pintor Mário Tullio (Foto: Diário da Manhã)

Há 80 anos, acontecia na A Decoradora, na Rua da Imperatriz, 193, vernissage do artista plástico Mário Tullio.

De volta para o passado

Há 270 anos, nascia na Alemanha, o romancista Johan Wolfgang Von Goethe, que morreu no dia 22 de março de 1832.

Há 100 anos, acontecia o vernissage do artista plástico Alfredo Norfini, no salão nobre do Teatro Santa Isabel.

Há 90 anos, acontecia recital de despedida do maestro Fernand Jouteux, no Circulo Católico de Pernambuco. Participaram a violinista Amélia Bandeira e o celista Luiz de Oliveira.

Há 85 anos, acontecia no Gabinete Português de Leitura, vernissage do artista plástico Carlos Amorim.

Há 85 anos, acontecia recital do violinista amazonense Carlos Santos, acompanhado do maestro Alberto Figueiredo, no Palácio do Campo das Princesas.

Há 40 anos, o presidente João Batista Figueiredo sancionava a Lei da Anistia.

Há um ano, morria em Pernambuco, o medico Hilton Chaves, que nasceu no dia 18 de março de 1955.