Fernando Machado

Blog

Tag vernissage

De Volta para o Passado

Há 145 anos, nascia em Pernambuco, o político Estácio Coimbra, que morreu no dia 9 de novembro de 1937.

O baritono Corbiniano Villaça (Foto: Divulgação)

Há 105 anos, se apresentava no Clube Internacional do Recife, o barítono Corbiniano Villaça. Ele foi acompanhado pela pianista Guilhermina Zeller de Carvalho e pelo violinista J. Andrade.

Há 100 anos, nascia no Japão, a atriz Joan Fontaine, que morreu no dia 15 de dezembro de 2013.

Há 95 anos, acontecia no Recife, um corso em homenagem ao governador Sérgio Loreto.

Há 95 anos, morria m Pernambuco, o empresário português Antônio Ferreira Baltar, que nasceu no dia 7 de janeiro de 1853.

Há 65 anos, nascia em Pernambuco, o escritor Humberto França, que morreu no dia 25 de outubro de 2013.

Há 35 anos, acontecia vernissage do artista plástico Cícero Dias, na Galeria Ranulpho, em Boa Viagem.

Há 35 anos, morria em Pernambuco, a escritora Dulce Chacon, que nasceu no dia 8 de janeiro de 1906.

Há 10 anos, se casavam no TJPE no Recife, Marcela Machado e Julien Vanègue.

De volta para o passado

O restaurante Leite e seu primeiro proprietário Armando Manoel Leite (Fotos: Divulgação)

Há 135 anos, Armando Manoel Leite inaugurava o Restaurante Leite, depois passou para Bernardino Wenceslau  da Silva.

Há 85 anos, acontecia no Gabinete Português de Leitura, vernissage do caricaturista Alvaro de Barros. São 408 trabalhos.

Há 70 anos, nascia em Pernambuco, o radialista Mané Queiroz (Manoel Marciano Queiroz), que morreu no dia 4 de janeiro de 2014.

Há 35 aos, morria no Rio de Janeiro, o jornalista Alexandre Von Baumgarten, com 52 anos.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, o poeta Alberto Cunha Melo, que nasceu no dia 8 de abril de 1942.

Há cinco anos, morria em Santa Catarina, o criador dos Trapalhões Wilton Franco, que nasceu no dia 25 de julho de 1930.

Noticias de Sergipe

O Corredor Cultural Irmão, da Secretaria de Estado da Cultura, movimentará na próxima quarta-feira, às 10h30, o vernisage Bahá´u`lláhVida, Missão e Obras. A mostra é compostas de elementos referentes à cultura persa, fazendo alusão ao bicentenário de Bahá´u`lláh. Nascido em Teerã em 22 de outubro de 1817, Bahá’u’lláh, que significa A Glória de Deus, foi filho de um nobre ministro da Corte da Antiga Pérsia. Vítima de perseguição religiosa sofreu mais de 40 anos de aprisionamento e no exílio.

A Secretaria de Estado da Educação, por meio do Conservatório de Música de Sergipe, cujo diretor é o professor Heitor Mendonça, promoveu quarta-feira, o Recital de Guitarras. O evento reuniu alunos do curso técnico-profissional, ouvintes, cantores profissionais e a comunidade. Até o dia 23 de novembro o Conservatório apresenta uma programação de recitais de Baterias, Choro, Musicalização, Flauta, Canto e Coral e de Teclado. É bom lembrar que os eventos são abertos gratuitamente ao público.

De volta para o passado

Há 435 anos, morria na Espanha, Santa Tereza de Ávila, que nasceu no dia 28 de março de 1515.

Há 160 anos, nascia em Pernambuco, o Conselheiro Francisco de Assis Rosa e Silva, que morreu no dia 1 de julho de 1929.

Há 100 anos, acontecia vernissage no Liceu de Artes e Oficos, do pintor argentino S.M. Fransciscovich. Marcou época a exposição.

Há 70 anos, acontecia no Clube Internacional do Recife, a escolha da Miss Universidade. A parte musical ficou com o Bando Academico e o Jazz Band Academico. Participaram do concurso Carli Gonçalves (Belas Artes), Semiramis Regueira (Direito), Dayse Dias dos Santos (Ciências Contábeis), Sonia Ortigas (Agronomia) e Terezinha Rezende (Quimica). A vencedora foi Dayse Dias dos Santos, em 2º Lugar ficou Semiramis Regueira e em 3º lugar Carly Gonçalves. O professor Genaro Guimarães coroou a rainha.

Nivaldo Fischer campeão na Classe Médio (Fotos: Acervo do blog)

Há 65 anos, acontecia o I Campeonato de Exercício Físico (Halterofilismo), no Náutico. Na classe ouro venceu José Soares, na levíssima Ledilson Carneiro, na classe leve Fernando Dias, na classe médio Nivaldo Fischer, na meio pesado o fuzileiro Afonso Jacinto dos Santos, na pesados Rubem Ribeiro Filho.

Há 65 anos, chegava ao Recife, via Air France, o critico literário do Le Figaro André Elie Rousseau.

Há 65 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Alécio Nicolak, que morreu no dia 25 de agosto de 2011.

Há 45 anos, a Polícia de Pernambuco proibia o uso do monoquíni no Estado.