Fernando Machado

Blog

Tag usina

Nos bastidores da política

Segunda-feira, foi realizada em Sobradinho, na Bahia, o evento de inauguração do Usina Solar Flutuante de Sobradinho, com a presença do presidente Jair Bolsonaro, onde a P Mais leia-se Paulo Menezes, foi a empresa organizadora do evento. Quem roubou a cena foi o garoto Abner, que é fã de Bolsonaro. Após a execução do Hino Nacional, Abner começou a acenar para o Mito e ele chamou o garoto para o palco. O melhor de tudo, é que ele fez o garoto participar de toda a cerimônia.

O garoto Abner foi um sucesso na cerimonia do presidente Bolsonaro (Foto: Alan Santos/PR)

Este é o presidente que todos os brasileiros, de bem, claro, quer. Jair Bolsonaro assinou a medida provisória que retira a obrigatoriedade de empresas de capital aberto publicarem balanços financeiros em jornais. Tem que cortar mostrar para a mídia que ela não é a tal. Sem dúvida uma um gesto de louvor, pois ele é alvo de ataques da imprensa. “Não estou sentindo cheiro de mortadela aqui”, afirmou, arrancando risos da plateia, em Itapira, São Paulo. Gente fina é outra coisa.

Amanda, Clóvis e Recepção

Os noivos Clovis e Amanda (Foto: Fernando Machado)

Na Usina Dois Irmãos a gente pisa em parte da história do saneamento recifense. Como frisei ontem tudo começou no século XIX, quando os ingleses a construíram para sediar a Companhia do Beberibe, o que corresponde a uma companhia de abastecimento de água. O terreno era numa riquíssima reserva da mata atlântica e a Companhia do Beberibe foi inaugurada no dia 1 de julho de 1887. Localizada no pátio do antigo e tradicional Engenho Dois Irmãos, a Companhia do Beberibe emergiu como referência de modernidade em pleno Século XIX.

Sheila, Clovis Fernando e Ana Carolina WAnderley (Foto: Fernando Machado)

A mãe do noivo Linda Wanderley (Foto: Fernando Machado)

Amanda Barcala e Clóvis Wanderley Vinhosa receberam os convidados neste lindo set, que estava maravilhoso graças a decoração de Paulinho Melo. O grande salão foi divido em duas partes. Na maior ficaram as mesas e na outra o dancing, o palco onde subiram Neto Brayne, Nanara Belo e o próprio noivo que tinha uma banda. O DJ Wagner Campos apresentou um repertório que agradou a gregos e troianos. No espaço onde estavam os doces de Dona Brigadeiro e Benta Brigadeiro e o bolo de quatro andares by Lucinha Cascão, uma cortina de folhas de jasmins, rosas, lírios e orquídeas deu o tom de beleza.

Os irmãos João Alberto e Maria do Carmo Martins Sobral (Foto: Fernando Machado)

As irmãs Ana Luiza e Ana Carolina Wanderley (Foto: Fernando Machado)

A decoração do salão principal remetia a um imenso jardim. Do teto caiam 18 luminárias de madeira e ainda um pergolato de galhos secos tendo como contraponto esferas de vidro com orquídeas.  O bufê de a gente comer rezando para Nossa Senhora de Fátima foi grifado pela Blu’Nelle, leia-se o chef Welllington Correia. No coquetel volante tínhamos salada vietnamita com camarão, carpaccio de filé mignon, com emince de rúcula e chips de parmesão; lichia com creme de framboesa na cama de amêndoas.

Sheila Wanderley, tia do noivo (Foto: Fernando Machado)

Clóvis Fernando Wanderley, Amanda Salles e Paulo Queiroz Neto (Foto: Fernando Machado)

No coquetel quente podia-se degustar funil com creme de palmito e lâminas de Parma, folhadinho Philadelphia, real de queijos finos com frutas secas, dadinho de tapioca com queijo de coalho e geléia de pimenta, cestinha de gruyere no perfume de canela, tartalete de salmão ao siciliano, mini quiche de cordeiro com geléia de menta, guiyoza ao molho ponzu, ninho de filé mingnon com alho poro e mostarda Dijon, camarão com crisp de coco ao molho agridoce picante, camarão crocante com molho de rapadura.

Felipe Cadena e Camila Marinho (Foto: Fernando Machado)

Francisco Monteiro e Dafne Barcala (Foto: Fernando Machado)

Também tivemos mini entradas creme de siri com farofinha de dendê, canelone de queijos finos com tomate seco ao perfume de manjericão; rondelli de filé migon, ao molho cremoso de Shiimeji, musselin de bacalhau com fios de alho poro, gratinado com Grana Padano; arroz cremoso de bacalhau; anel de abóbora com camarão (uma delicia), peru com molho chutney, farofa Brunelle, pernil defumado, lamina de lombo marinado ao azeite de ervas, terrine que queijos finos; saladas (pernambucana, italiana e Bru’Nelle).

Os pais do noivo João Vinhosa e Linda Wanderley (Foto: Fernando Machado)

Os pais do noiva Ocir Marques e Mayra Barcala (Foto: Fernando Machado)

Não esquecer de que mulheres elegantes estavam no casamento, como Linda, Sheila, Ana Luiza e Ana Carolina Wanderley by Maison, Amanda Barcala, Camila Marinho, Dafne Barcala, Livia Barroso, Aline Almeida, Theresa Camilo. De parabéns o gerente Robson Pontes e o maitre Edson Luiz, da Brunelle, sempre atenciosos e competência.

Pedro Henrique Carvalho e Aline Almeida (Foto: Fernando Machado)

A elegante Theresa Camilo (Foto: Fernando Machado)

 

Anotações do Cotidiano

A tradicional Chuva de Poesia, um dos eventos mais festejados pelo público do MIMO Festival, fará este ano um tributo às grandes poetas. Em Olinda, serão atirados 28 mil tiras de papéis coloridos com poemas do alto da Igreja da Sé. O evento acontecerá amanhã, às 18h. Idealizado pelo poeta e editor mineiro Guilherme Mansur, o evento ocupa desde 1993 as torres das igrejas de Ouro Preto e foi incorporado à programação do festival.


Chuva de Poesias na Matriz de Nossa Senhora dos Milagres (Foto: Beto Figueiroa)

Hoje, no Festival de Arte da Usina Santa Terezinha, em Água Preta, acontece a exposição fotografica de Joãomiguel Pinheiro e Francisco Baccaro, intitulada de Rurais. O corte da cana de açúcar, as queimadas pós colheita, a cultura dos brincantes e todo o universo que compõe o dia-a-dia do homem rural da zona da mata do estado é o tema dos fotógrafos. A mostra de 14 fotos fica em cartaz até amanhã. O acesso a visitação é gratuito.

O cortador de cana by Francisco Baccaro

A Comissão Organizadora do Mayo Clinic Nefrofórum, leia-se o presidente Frederico Castelo Branco Cavalcanti, realiza hoje, às 8h15, no Hospital Português, a Cerimônia de Abertura do Mayo Clinic Nefrofórum 2017. Às 8h30, teremos a entrega da Medalha Professor William Stanford para o provedor Alberto Ferreira da Costa e para a nefrologista Ivaílda Fonseca.

Os cortadores de cana by Joãomiguel Pinheiro

Gabriela, Paulo & Recepção

Paulo Andrade e Gabriela Perez com Rosa Mineiro Dias (Foto: Fernando Machado)

Na Usina Dois Irmãos a gente pisa em parte da história do saneamento recifense. Ela faz parte da memória viva do Recife. Tudo começou no século XIX, quando os ingleses a construíram para sediar a Companhia do Beberibe, o que corresponde a uma companhia de abastecimento de água. O terreno era numa riquíssima reserva da mata atlântica e a CB foi inaugurada no dia 1 de julho de 1887. Localizada no pátio do antigo e tradicional Engenho Dois Irmãos, a Companhia do Beberibe emergiu como referência de modernidade em pleno Século XIX.

Os pais da noiva, João Luiz Perez e Ana Claudia (Foto: Fernando Machado)

Sua construção é no estilo neoclássico e todo seu material veio da Inglaterra. Destaque-se o teto estrutura metálica, ainda preservada. No local onde se encontrava a antiga estação ferroviária construída, na década de 50, está a Praça Faria Neves, projetada pelo paisagista Roberto Burle Marx. Pena que os convidados não estavam nem um pouco interessados em admirar àquela relíquia. Estavam mais para admirar a decoração da casa de recepção, que estava belíssima, onde Gabriela Perez e Paulo Wanderley de Andrade, movimentaram a recepção do seu casamento.

Os pais do noivo Getúlio Alves Andrade e Maria de Fátima (Foto: Fernando Machado)

No hall de entrada a Donna da Casa montou um corredor de flores, por onde todos os convidados passariam para ingressar o salão de recepção. No hall que dava acesso ao salão principal caiam do teto guirlandas de também flores. No espaço estavam as mesas de doces, e que doces, de bem-casados e o bolo tudo feito pela mãe do noivo Fátima Wanderley. Que era de comer rezando para Nossa Senhoras Mãe de Deus. Fazia tempo que não degustava os doces mais gostosos do mundo. Eram aqueles doces que degustei no tempo do Recife de glamour. Senão vejamos.

Paulo Marcelo Perez e Tássia (Foto: Fernando Machado)

Tinhamos docinhos portugueses: barriguinha de freira, enroladinho de pistache, trouxinha de amêndoas, florzinha de coco e hóstia de gemas. Ainda copinho physalis, bombom carimbo, alpino brigadeiro de churros, brigadeiro rosé, coração belga rosé, copinho amarula, brigadeiros (raspa de tacho, de noiva, churros e ovomaltine), cestinha de nozes, flor de damasco, hóstia do reino e coração biscoito, assim como o bem-casado. No instagram tem as maravilhas de Fátima Wanderley.

Sheila Wanderley à côté João Alberto, Mariana Serpa e André Andrade (Fotos: Divulgação/Fernando Machado)

A decoração do salão principal remetia a um imenso jardim. Quando se olhava para cima lembrava um jardim suspenso. Realmente fantástico. Sobre as mesas repousavam arranjos de rosas e de boca de leão. Neste espaço estava montado o palco para a apresentação das bandas Jack Soul, Santa Clara e Leticia Bastos. O bufê foi grifado pela La Cuisine. No coquetel quente tinha cestinha de parmesão maçaricado, vol au vent de brie quente com mel e pistache.

Joana Brito e Bruno Guaraná (Foto: Fernando Machado)

Ainda rolinho de pato ao próprio molho e perfume de gengibre, cone crocante de peru defumado e lâminas de amêndoas, cubo de cordeiro com feta e Jullienne de cebolas roxas, brochette de file mignon com cebola carameladas e molho de gergelim, camarão empanado, primavera de carne seca com legumes confitados, parmesão maçaricado, panelinha de siri com amêndoas, mini gratinado de bacalhau com natas, mini risoto de Cablanca com aroma de vodka e pêra caramelizada.

Juliana e Carlos Augusto Costa (Foto: Fernando Machado)

Também no cardápio mini ceviche de peixe branco com sorvete de cajá Zucchine com queijo Boursin, Parma e Pistache de salmão defumado com cream chesse e grãos de pimenta, brochettes de camarão grelhado ao Teriaki de abacaxi, nouvelle capresse ao pesto, canapés de Haddock com rúcula ao Dijon, e farofa crocante. Para jantar foi servido ravióli de queijo com Emincé de filé ao molho Rotti, risoto de camarão com alho poró ao molho de laranja, cordeiro do Roquefort com purê de banana da terra e chips de raízes.

Felipe Licarião e Poliana Bernardo (Foto: Fernando Machado)

  • 1 2 5