Fernando Machado

Blog

Tag universal

Josué Rodriguez é o Mister Universal Ambassador

Os vencedores e os demais candidatos (Foto: Andy Cayna)

Quarta-feira, no Glawis, em Tóquio, no Japão, Josué Rodriguez da Republica Dominicana, foi eleito Mister Universal Ambassador de 2019. Participaram do concurso 14 candidatos. Ele recebeu a faixa do MUA de 2018, George Reylor de Lumen, de Filipinas. Tinha 15 mas, não se sabe o porque, o Mister Estados Unidos, Lance Manibog, o mais bonito, foi desclassificado. Depois do desfile de trajes típicos, de banho e de terno, foi indicado o Top 9.

Nelson Cáceres, Nasyr Turgunbaev, Josué Rodriguez, Sakarin Kotcha e Andrea Botaitis (Foto: Drew Francisco)

Os nove finalistas foram Sakarin Kotcha da Tailandia, Nelson Cáceres do Chile, Aditya Sobari da Indonésia, Nasyr Turgunbaev do Guisguistão, Andrea Botaitis da Grécia, Matthew Diaz de Guam, Josué Rodriguez da Republica Dominicana,  Luca d’Alessio da Italia e  José Jacinto Iral das Filipinas. O que foi criado, em 2015, por Edin Muhammada, tem sede em Bali.

Nasyr Turgunbaev, Andrea Botaitis e Josué Rodriguez (Foto: Drew Francisco)

O resultado final foi este  Nelson Cáceres do Chile, ficou no 5º lugar; Nasyr Turgunbaev do Guisguistão, ficou no 4º lugar; Sakarin Kotcha da Tailandia, ficou no 3º lugar; Andrea Botaitis da Grécia (onde acontecerá o Mister Ambassador de 2010), ficou no 2º lugar e Josué Rodriguez da Republica Dominicana, foi o vencedor.

Os 14 candidatos no palco (Foto: Drew Francisco)

Participaram do concurso Karan Bathia (Australia), Nelson Cáceres (Chile), Josué Rodriguez (Republica Dominicana), Andrea Botaitis (Grécia), Matthew Diaz (Guam), Aditya Sobari (Indonesia), Luca d’Alessio (Itália), Takuya Niidoi (Japão), Jang Hogyo (Coreia), Nasyr Turgunbaev (Guisguistão), Shwe Tayza (Mianmar), Felix Ruiz (Panamá), José Jacinto Iral (Filipinas), e Sakarin Kotcha (Tailandia).

O Mister Universal Ambassador de 2018, George Reylor de Lumen e o Mister Universal Ambassador de 2019, Josue Rodriguez (Foto: Drew Francisco)

Hoje tem o Mister Universal Ambassador

Os 15 candidatos curtindo uma sauna (Foto: Missosology)

Hoje em Tóquio, no Japão teremos a escolha do Mr Universal Ambassador de 2019, patrocinado pela IMP Organization, com sede em Bali, na Indonesia. O primeiro concurso aconteceu em Setembro de 2015 na cidade de Surubaia e o vitorioso foi Christian Daniel de Porto Rico. Em 2016, venceu Aleksa Gavrilovié da Sérvia; em 2017 ganhou Luong Gia Huy do Vietnã e em 2018, o vitorioso foi George Reylor de Lumen das Filipinas. O criador do evento é Edin Muhammada.

Mister Austrália, Karan Bathia (Foto: Concurso)

Mister Japão, Takuya Niidoi (Foto: Concurso)

Vão participar do concurso esse ano 15 rapazes: Karan Bathia (Australia), Nelson Cáceres (Chile), Josué Rodriguez (Republica Dominicana), Andrea Botaitis (Grécia), Matthew Diaz (Guam), Aditya Sobari (Indonesia), Luca d’Alessio (Itália), Takuya Niidoi (Japão), Jang Hogyo (Coreia), Nasyr Turgunbaev (Guisguistão), Shwe Tayza (Mianmar), Felix Ruiz (Panamá), José Jacinto Iral (Filipinas), Sakarin Kotcha (Tailandia) e Lance Manibog (Estados Unidos).

Mister Panamá, Felix Ruiz (Foto: Concurso)

Mister Mianmar, Shwe Tayza e Mister Indonésia, Aditya Sobari (Foto: Concurso)

Já foram escolhidos a Mister Passarela Takuya Niidoi do Japão, Mister Inteligência Karan Bathia da Australia, Mister Fotogenia – Sakarin Kotcha da Tailandia, Mister Personalidade Felix Ruiz do Panamá e os Misteres Social Media Shwe Tayza do Mianmar e Aditya Sobari da Indonesia. Havia uma possibilidade do Brasil, participar até seu nome foi anunciado, Marcos Vinicius Clarindo, mas não apareceu.

Mister Tailândia, Sakarin Kotcha (Foto: Concurso)

Mister Universal Ambassador 2019

Marcos Vinicius Clarindo do Brasil (Foto: Concurso)

A partir de quarta-feira começam a chegar em Toquio os candidatos ao titulo de Mister Universal Ambassador de 2019, coordenado pela IMP Organization. O criador do con curso é Edin Muhammada, que destaca o evento como uma criação de laços de amizade, atividades sociais, cultura, diversidade e práticas esportivas. Para disputar o candidato deve ter entre 18 e 30 anos.

Luca D’Alessio da Itália (Foto: Concurso)

O quinto concurso será realizado no próximo dia 13. Em 2015, o vencedor foi Christian Daniel de Porto Rico, em 2016 o ganhador foi Aleksa Gavrilović da Servia, 2017 ganhou Lương Gia Huy do Vietnã e no passado George Reylor de Lumen das Filipinas. Até agora estão inscritos 25 candidatos. Hoje vamos apresentar o brasileiro Marcos Vinicius Clarindo, o italiano Luca d’Alessio e o vietnamita Nguyen Vu Linh.

Nguyen Vu Linh do Vietnã (Foto: Concurso)

George de Lumen é o Mister Universal Ambassador 2018

Anthonio Maia, Chea Kheangchhe, George Reylor de Lumen e Omit Om Malik (Fotos: Concurso)

Ontem, em Jaipur, na Índia, tivemos a escolha do Mister Universal Ambassador de 2018. O nível dos candidatos foi fraco e alguns devem ter sido recrutados por lá mesmo. Estava previsto que 25 jovens participaram mas no dia foram 15. O vencedor não era o melhor. Somente os asiáticos foram os vencedores. Uma pena que dois deuses de ébanos não participaram: Naykel Nino da Nicaragua (1m95) e Marvin Quincy Halden do Suriname (1m83). Eram lindos.

Agung Wira Jaya , Hirosuke Ota, Liam James Willie e Susan Maharjan (Fotos: Concurso)

Parece que não houve desfile de sunga, apenas sem camisas. Teve os indefectíveis desfiles de trajes típicos, que como os concursos de misses são verdadeiras alegorias. O vencedor foi George Reylor de Lumen das Filipinas e de quebra ganhou o de melhor traje típico. Pense numa marmota. O apresentador eu não consegui saber o seu nome, era muito chato e prolixo. Em síntese foi uma competição desorganizada.

Gabriel Sergeys, Ricardo Brens, Markus Jaghammar e Chitsanunpong Soeksiri (Fotos: Concurso)

O top 12 foi formado por Markus Jaghammar (Suécia), Chitsanunpong Soeksiri (Tailândia), Amit Om Malik (Índia), Anthonio Leilson Maia (Brasil), Ricardo Brens (República Dominicana), Hirosuke Ota (Japão), Liam James Willie (Malásia), Susan Maharjan (Nepal), George Reylor de Lumen (Filipinas), Agung Wira Jaya (Indonésia), Chea Kheangchhe (Cambodja) e Gabriel Sergeys (Panamá).

Os vencedores Agung Wira Jaya, George Reylor de Lumen e Chitsanunpong Soeksiri (Foto: Instagram)

Depois de muito bla, blá blá, divulgaramo Top 6: George Reylor de Lumen (Filipinas), Amit Om Malik (Índia), Chitsanunpong Soeksiri (Tailândia), Liam James Willie (Malásia), Markus Jaghammar (Suécia) e Agung Wira Jaya (Indonésia). Depois anunciaram o Top 3: Agung Wira Jaya (Indonésia), Chitsanunpong Soeksiri (Tailândia) e George Reylor de Lumen (Filipinas).

O top 18 de traje esportivo

E o resultado final ficou mais asiático do que nunca: O vencedor foi George Reylor de Lumen das Filipinas, o 2º ficou com Agung Wira Jaya da Indonésia e o 3º lugar ficou com Chitsanunpong Soeksiri da Tailândia. O Mister Universal International mais foi bonito foi o de  2016 Aleksa Gavrolovic da Servia. Não sei se o Mister Universal Ambassador de 2017 Luong Gia Huy do Vietnã estava por lá.