Fernando Machado

Blog

Tag tragédia

O Baile do Deus Morto

A obra multidisciplinar de Flávio de Carvalho (1899/1973), expoente do modernismo brasileiro, será homenageada em exposição na Galeria Almeida e Dale. Com curadoria de Kiki Mazzucchelli, a mostra abre hoje, e reúne registros das polêmicas performances do artista, além de pinturas e desenhos produzidos entre 1930 e 1970. Para marcar a abertura, às 11h30, o Teatro Oficina faz uma apresentação única de trecho da peça O Baile do Deus Morto.

O sociólogo Flavio de Carvalho quando saiu de saiote em São Paulo (Foto: Divulgação)

Escrita pelo artista em 1933, a obra discorre sobre a tragédia da morte de deus e apresenta a vida criativa do homem livre de mitos. Com direção de Marcelo Drummond, os 12 atores da Companhia encenam com a musicalidade característica do Oficina e vestem as réplicas das máscaras criadas por Flávio. Após a encenação, as máscaras serão expostas para o público na mostra individual, em cartaz na Galeria até o dia 19 de outubro.

Fora Renan, fora Maia e fora os corruptos!

b-lula

A faixa mais criativa (Foto: Fernando Machado)

O Movimento Vem Pra Rua voltou a botar sua cara na Avenida Boa Viagem e o fez com muita força, hoje pela manhã. O point foi diante da Padaria Boa Viagem e depois os manifestantes se deslocaram até o 2º Jardim de Boa Viagem. Mais de 10 mil pessoas (muitos jovens e idosos), com apitos, faixas e cartazes tinham um só objetivo: protestar contra Renan Calheiros, Rodrigo Maia, alguns ministros do STF e apoiar a Operação Lava Jato e o juiz Sergio Moro. Os mortadelas se infiltraram entre os coxinhas, mas viraram pamonhas.

b-jarbas

Os parlamentares pernambucanos foram destaques (Foto: Fernando Machado)

b-mordaca2

O boneco gigante da mordaça (Foto: Fernando Machado)

Um calor de mais de 35 graus não intimidou o povo, muitos de verde e amarelo e alguns de preto, contra amordaça. Tivemos a execução do Hino do Brasil, Vassourinhas e samba. Entre 10h e 13h os manifestantes gritavam palavras de ordem. O campeão da revolta foi Renan Calheiros e na seqüência Rodrigo Maia, e os deputados federais pernambucanos que votaram a favor da corrupção, numa noite onde o Brasil chorava pela tragédia da Chapecoense. A faixa mais criativa foi Lula, não deixe Fidel Esperando.

b-renan

O blog também apoia Forrrrrrrrraaaaaaa Renan (Foto: Fernando Machado)

Je suis Paris et Je suis Recife

d-bruno-bisson-li-feiyue

O cônsul geral da França, Bruno Bisson e a cônsul geral da China Li Feiyue (Foto: Fernando Machado)

Nós choramos pela tragédia, mas nunca devemos temer os terroristas. Este era o sentimento que senti, ontem no final da tarde, quando o cônsul geral da França no Nordeste, Bruno Bisson, convocou o recifense para este ato de solidariedade, pelo que aconteceu sexta-feira, em Paris. O encontro aconteceu no Marco Zero sem muita divulgação, mas a colônia francesa o recifense que ama Paris estavam lá.

d-françois-michéle-madera

François e Michéle Madera (Foto: Fernando Machado)

Alguns cartazes traziam esta frase Je suis Paris. Muita gente enrolada com a bandeira da França. Outros visivelmente emocionados pareciam dizer Estamos com vocês. Um grupo da turma alegre, indiferente aquele momento de dor, dançavam funk como se fossem a ultima vez de suas vidas. E plagiando o tema de revolução francesas remeto para liberdade, igualdade, fraternidade, nunca a não a selvageria.

d-andre-regis-fernando-campello

O vereador André Régis e o presidente da Aliança Francesa Fernando Campello (Foto: Fernando Machado)

Na ocasião tivemos duas falas uma do monsieur Bisson e outra do secretario Pedro Eurico. Os dois disseram que era o momento de solidariedade. Depois um coral com cerca de 100 vozes cantou La Marseillaise, muitos não conseguiram esconder as lágrimas. E leiam esse hino e meditem pois o terrorismo não é somente isso que aconteceu em Nova Iorque, dia 11 de setembro de 2001, e em Paris, 13 de novembro de 2015.

d-isabel-bernard-durand-veronique-durand

O ex adido cultural do consulado da França Bernard Durand, entre Izabel e Veronique (Foto: Fernando Machado)

“Avante, filhos da pátria / O dia da glória chegou / Contra nós a tirania / A bandeira ensanguentada é levantada / Ouvi nos campos rugirem / Esses ferozes soldados? / Vêm eles até nós / Degolar nossos filhos, nossas mulheres / Às armas cidadãos! Formai vossos batalhões! / Marchemos, marchemos! / Que a terra se sacie de sangue impuro!”

d-juan-vazquez-matt-keener-paloma-gonzalez-brian-cohen

O vice-cônsul Juan Vazquez, os cônsules Matt Keener e Paloma Gonzalez, além de Brian Cohen (Foto Fernando Machado)

E lembrei-me da visita que fiz a Igreja de Santa Madalena, nos arredores de Paris e da Ave Maria de Schubert. Parecia ouvir: Ave Maria cheia de graça / Salve, Salve, Senhor / O Senhor é contigo / Bendita és tu entre as mulheres / E bendito seja o fruto do ventre / Do teu ventre, Jesus / Ave Maria, a mãe de Deus / Roga por nós pecadores / Agora e na hora da morte / Na hora da nossa morte”.

Flashes

Governadores e Prefeitos atualmente só pensam na segurança por conta da tragédia da Santa Maria. Daqui a uma semana eles só pensam em Carnaval.

Eu fiquei horrorizado quando fui pagar, domingo, um copo de Coca-Cola de 300ml na Habbib’s e cobraram quatro reais. É um roubo.

Hoje, no Bar Real, em Casa Forte, temos mais um acerto do bloco Pára-quedista Real.


Savio Moreira é o Muso dos Blocos Líricos (Foto: Fernando Machado)

O blog já escolheu o Muso dos Blocos Líricos é o gato Sávio Moreira o rei do Bloco Rosas da Boa Vista. Falta agora escolher a Musa.

Giovanni Pontes adorou o Baile Muncipal de Gravatá, que aconteceu sábado no Centro Desportivo Gravataense.

Lucas, filho de Marta e Silvio Pessoa, comemorou aniversaria domingo, no Playstation, no Plaza. Ele é neto de Luiza Leão.

Adorei o CD Toquinho e Paulo Ricardo cantam Vinicius que Roberto Filho, diretor da Imobi, me presenteou via Tatiana Marques.

  • 1 2