Fernando Machado

Blog

Tag terraço

Fatos Diversos

Tuti Moury Fernandes estará à frente do XII Bazar Solidário do Lar do Nenen, nos dias 28 e 29, que acontece no Arcádia Boa Viagem, das 10h às 19h. A renda será revertida para a manutenção da ONG, que acolhe crianças de 0 a 3 anos em situação de abandono ou risco.

O Terraço do Maricota, da chef Carla Chakrian, recebe hoje, às 18h, a exposição fotográfica Reflexo no Olhar. O projeto tem à frente os fotógrafos Anderson Steven, Paulo Romão, Filipe Ramos, Rogaciano Nunes e Dani Pires.

Fatos Diversos

Até o próximo dia 29, o Casa DecorShow, no Terraço de Eventos e Pracinha do Shopping Recife, poderá conhecer a varanda conceito Sheraton Reserva do Paiva, projeto do Arquiteto Paulo Veloso. No dia 18, o chef Fernando Fonseca de 16h às 22h , apresenta um menu harmonizado com vinhos da Mistral, e tem entrada gratuita.

O projeto Ponto Cidadão, que oferece educação e iniciação profissional para jovens em situação de vulnerabilidade social em Igarassu e região, foi selecionado para a segunda fase do prêmio Melhores ONGs do Brasil. Agora, o projeto aguarda o resultado que sai em novembro e que definirá quais serão as 100 organizações escolhidas.

Bravo, João Câmara!

O palacete do século XIX, que pertenceu a Augusto Frederico de Oliveira, filho do Barão de Beberibe, tornou-se sede própria do Museu do Estado de Pernambuco a partir de 1940. No começo do século XX, o prédio foi modificado com o acréscimo do segundo pavimento e, em dezembro de 1951, foi incorporado ao patrimônio do Museu um novo pavilhão, denominado de Anexo I, ampliando o espaço cultural para novas atividades.

João e Adelaide Câmara com a filha Adriana e a neta Clarice (Foto: Fernando Machado)

Cristina Guimarães Ribeiro e o curador Emanoel Araujo (Foto: Fernando Machado)

Em 1988, o Museu ganhou nova reforma, desta feita nos porões do casarão, e passou a oferecer ao público duas galerias de exposições temporárias. O Museu ocupa uma área de 9.043m², com amplo estacionamento e jardins ornamentados com esculturas e vasos de cerâmica portuguesa. A entrada principal é guardada por dois grifos de bronze: cabeça de águia, corpo de leão e cauda de serpente.

A diretora do Museu Margot Monteiro (Foto: Fernando Machado)

Renata Brennand, Vera Magalhães e Lourdes Brennand (Foto: Fernando Machado)

Estátuas de zuavos, soldados da infantaria francesa made in Argélia, ladeiam a escadaria que nos leva ao terraço frontal do Museu, onde estão, em mármore, as Musas, que presidem as Artes. Memmosina, da memória, Euterpe, da música; Polímmnnia, da retórica; Erato, da poesia; Melpomene, da tragédia; Tália, da comédia; Clio da história; e Calliope, da epopeia.

Luíza Nogueira e o deputado Raul Henry (Foto: Fernando Machado)

Sheila Wanderley e João Alberto Sobral (Foto: Fernando Machado)

No terraço lateral um canhão holandês, de bronze, com três metros de comprimento e, atrás do Museu quatro canhões da artilharia portuguesa, complementam a coleção de armaria. Pois bem foi nesse set cinematográfico que aconteceu o vernissage João Câmara – Trajetória e Obra de um Artista Brasileiro de João Câmara. A mostra ficará aberta ao publico até o dia 20 de agosto.

Verônica Machado Guimarães e Genita Rabinovitch (Foto: Fernando Machado)

Carlos Rangel e Ricardo Bandeira de Melo (Foto: Face)

Outro destaque vai para o coquetel, grifado pelo Armazém Xavier, cujo chef é Teo. No cardápio pães artesanais, cortados em rodelas, e antepastos. Os pães eram de tomate, jerimum, olívia, azeitona e sementes. Os antepastos eram compostos de caponata, cogumelos, terrine de queijos, tomate confite com salame e ratatouile.

O jornalista Ivan Maurício (Foto: Fernando Machado)

O chef Teo do Armazém Xavier (Foto: Fernando Machado)

Uma noite, sem dúvida, espetacular onde se pode admirar um artista completo e com peças impactantes. As telas enormes nos dava impressão que os personagens queriam falar. Quem não foi perdeu show de arte e de cores. O que não foi nenhuma surpresa para mim, pois João Câmara é João Câmara.

Parabéns, Estados Unidos!

A data nacional dos Estados Unidos foi comemorada no Terraço do Shopping Tacaruna, sem dúvida uma novidade. Caso não esteja enganado foi à recepção mais concorrida dos últimos anos, acho que em torno de 350 pessoas. Com o tema Uma Viagem pelo Oeste dos Estados Unidos, no palco um telão enorme exibia paisagens da Califórnia, do Havaí, de Oregon, de Nevada, de Washington e do Arizona. Quando vi a Golden Gate Bridge, suspensa e no estilo art déco, que liga San Francisco a Sausalito, me bateu uma saudade. E voltei ao ano de 1970.

John Barret, Gilberto Freyre Neto e William Popp (Foto: Fernando Machado)

Mike Conklin, Sheila Wanderley, João Alberto e Antonio de Pádua Cavalcanti (Foto: Fernando Machado)

A musica que George C. Cory Jr., Douglas Cross, compuseram em 1962, é linda demais: “De certa forma, os encantos de Paris / Parecem tristemente divertidos / A glória de Roma / Já está ultrapassada / Fiquei terrivelmente só e esquecido em Manhattan / Estou indo para casa, para minha cidade à beira da baia. / Meu coração ficou em São Francisco / Que chama por mim do alto de uma colina / Onde os bondinhos / Sobem até a metade do caminho para as estrelas / A névoa da manhã pode ser fria / Mas eu não ligo! / Meu amor me espera em São Francisco / Acima do mar azul e de sua brisa  / Quando eu chegar, São Francisco / Seu sol dourado brilhará pra mim”.

Ana Laura e Guido Stütz (Foto: Fernando Machado)

Álvaro Dantas e Karla (Foto: Fernando Machado)

Recebendo os convidados estavam dois gentlemen John Barrett, Cônsul Geral dos Estados Unidos no Nordeste e o Encarregado de Negócios da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília, William Popp, que está como Embaixador interino. Neste duelo de simplicidade, educação e fidalguia não houve vencedor. A recepção era para comemorar os 243 anos da Independência dos Estados Unidos da América do Norte e estava previsto para acontecer entre 16h30 e 19h30. Todavia passou chegou às 20h30.

O coronel André Ribeiro do CMNE e chefe da Casa Militar do Ceará, Andrade Mendonça (Foto: Fernando Machado)

Eduardo Jatobá e Stuart Beechler (Foto: Fernando Machado)

A hostess Joanna Ferreira, assessora de imprensa do consulado, subiu ao palco para a apresentação dos Hinos do Brasil e dos Estados Unidos, ambos interpretados por Allana Barkokebas e Layssa Araujo (estudantes da rede publica que participaram do programa Ganhe o Mundo). Depois tivemos as falas do diplomata norte-americano, que fez um discurso belíssimo. Fez uma comparação entre o oeste norte-americano e o nordeste brasileiro.   Depois foi a vez do secretario de Cultura, Gilberto Freyre Neto, foi curto e muito mais precioso.

Andy Sellhorn, Walter Benjamim de Medeiros e Mike Conklin (Foto: Fernando Machado)

Mercia e Helcio Villar com Eliane Luna (Foto: Fernando Machado)

E finalmente foi a vez do embaixador em exercício, William Popp. Lembrou que na semana passada tinha participado de 9 comemorações do Independence Day, mas a do Recife tinha um significado especial. Foi na terra do frevo do maracatu surgiu o primeiro consulado dos Estados Unidos na America Latina. Gostei muito também do speech do Mister Popp. O diplomata fala um português excelente.

Hegla e Rubem Prado (Foto: Fernando Machado)

Joanna Ferreira e Daniel Stewart (Foto: Fernando Machado)

Encerrada essa parte protocolar a Back on the Road, subiu ao palco e arrasou seu setlist. Não podemos esquecer o cardápio servido. A chef Danielle Johney serviu avocado toast, mini hambúrgueres com molho chiplote; tacos de frango, carne e peixe; espetos de camarão e abacaxi e croquetes de salmão. A Faculdade de Boa Viagem (Wyden University) serviu mini-donuts e sanduiches de sarne suína, preparados pelos alunos de gastronomia, que tem como professora Isabela Jarock.

Patricia Menge e Fabíola Rios (Foto: Fernando Machado)

Shao Weitong e Shang Siyuan (Foto: Fernando Machado)

A Subway apresentou sanduiches e cookies e o Sheraton Reserva do Paiva, cujo gerente geral é o competente Guido Stütz, serviu tortas de maçã, que estavam de a gente comer rezando para São Pedro, preparadas pelo chef Fernando Fonseca. É bom lembrar que os vinhos e as cervejas artesanais vieram da Califórnia. O uísque foi Jack Daniels. E com tristeza informo que essa foi à penúltima recepção tendo John Barrett como cônsul geral dos Estados Unidos.

  • 1 2 4