Fernando Machado

Blog

Tag teatro

De volta para o passado

Há 105 anos, o coronel Agostinho Bezerra Cavalcanti e Carneiro da Cunha inauguravam o Teatro Moderno, na Praça da Concórdia.

Há 85 anos, estreava no Teatro Moderno, a Cia Brasileira de Revistas e Operetas, com a peça Brasil da Gente, de Velho Sobrinho, Gastão Penalva, Marques Porto e Ary Barroso. No elenco a atriz Itala Ferreira.

Há 80 anos, acontecia no Gabinete Português de Leitura o vernissage da artista plástica polonesa Helena Teodoravick.

Há 80 anos, nascia em Pernambuco, o jogador Nado (José Rinaldo Tasso Lassalvia), que morreu no dia 3 de maio de 2013.

Há 75 anos, chegava ao Recife, o novo comandante da 7ª Região Militar, general Newton Carvalho.

Há 55 anos, chegava ao Aeroporto dos Guararapes, o Vôo do Frevo com os convidados para o III Baile Municipal, no Internacional. Vieram Sonia Dutra, Gisela e Carlos Machado, Cesar Ladeira, Renata Fronzi, Carlos Niemeyer, Judith Bueno, Jece Valdão, Arnaldo Montel e Ilka Soares.

Há 25 anos, morria no Rio de Janeiro, o ator Milton Moraes, que nasceu no dia 4 de setembro de 1930.

Há 10 anos, morria em Pernambuco, o cantor Valdir Silva, que nasceu no dia 25 de outubro de 1925.

De volta para o passado

Há 105 anos, era fundada a Escola de Odontologia do Recife, durante reunião na Sociedade de Medicina de Pernambuco, sob a presidência de Ascanio Peixoto (autor da idéia).

Há 100 anos, nascia no Rio de Janeiro, compositor Jacob do Bandolim (José Pick Bittencourt), que morreu no dia 13 de agosto de 1969.

Há 95 anos, nascia no Rio de Janeiro, a cantora Carmélia Alves Curvello, que morreu no dia 3 de novembro de 2012.

Há 90 anos, nascia em Pernambuco, o advogado José David Gil Rodrigues, que morreu no dia 14 de novembro de 1997.

Há 85 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, a soprano Maria Helena Lacerda, acompanhada pelo pianista Ernane Braga.

Há 80 anos, nascia em Pernambuco, a executiva Maria Helena Peixe, que morreu no dia 19 de dezembro de 2009.

Há 45 anos, era demolido o Teatro Marrocos, que ficava na Praça da Republica.

Há 20 anos, morria em Pernambuco, o escritor Luiz Vidal Duarte, que nasceu no dia 5 de janeiro de 1921.

Há cinco anos, morria em São Paulo, o líder político Fernando Lyra, que nasceu no dia 8 de outubro de 1938.

De volta para o passado

Há 120 anos, nascia na Alemanha, o poeta Bertold Brecht, que morru no dia 14 de agosto de 1956

Há 115 anos, se apresentava no Teatro de Santa Isabel, a Companhia Japonesa de Teatro de Kakuki de Toquio, Cia Hahdara.

Há 95 anos, começava o Carnaval e acontecia o Bal Masqué no Internacional. A decoração foi de Mario Nunes e Álvaro Amorim.

Há 80 anos, era inaugurado o novo farol do Recife: Torre Malakoff.

Há 60 anos, morria na França, a professora Bernadete Xavier, que há três anos lutava contra o câncer. Estava em peregrinação a Lourdes.

Há 60 anos, morria no Rio de Janeiro, o artista plástico José Pancetti, que nasceu no dia 18 de junho de 1903.

Há 60 anos, nascia no Rio de Janeiro, a atriz Cláudia Magno, que morreu no dia 5 de janeiro de 1994.

Há 50 anos, acontecia no Clube Internacional, o Bal Masqué. , que pela primeira vez acontecia no salão grande. A mascaras vitoriosa foi a Beatriz Petit Fontes (Borboleta Imperial de Ricardo de Castro). Vestido mais bonito senhora Mendo Sampaio.

Há 45 anos, morria no Rio de Janeiro, o sanitarista Noel Nutels, que nasceu no dia 24 de abril de 1912.

Há 20 anos, morria em Pernambuco, Firmo Neto, que nasceu no dia 7 de outubro de 1917.

Há 15 anos, morria no Rio de Janeiro, o ator José Lewgoy, que nasceu no dia 16 de janeiro de 1921.

De volta para o passado

Há 110 anos, era encenada no Teatro de Santa Isabel, a opereta Amor Molhado em benefício da atriz Pepa Ruiz.

Há 100 anos, apesar da Guerra Mundial começava o Carnaval no Brasil.

Há 85 anos, acontecia no Teatro de Santa Isabel, recital do pianista e violinista Raul Laranjeira.

Há 80 anos, nascia em Pernambuco, o jornalista Aldo Pacheco, que morreu no dia 19 de novembro de 1993.

Há 65 anos, era anunciado que a decoração do Carnaval do Recife era do artista plástico Lula Cardoso Ayres.

Há 55 anos, acontecia no Internacional, o Bal Masqué. A animação ficou por conta das Orquestras de Frevo de Isnard Mariano e José Menezes. A decoração foi de Ladjane Bandeira. Fantasia mais bonita foi a Ana Maria Ramiro Costa (Mandarim). A fantasia mais original foi para o casal Mauro Almeida (Don Quixote e Sancho Pança). A Máscara mais bonita foi Sandra Medeiros. Mestre de Cerimonia foi João Café. No júri estavam Madalena Arraes, Naná Toscano, Argentina Castelo Branco, Joaquim Amadeu, Julieta Pereira Borges, Hersilio Canto, Antônio Botelho, Manuel Gadelha, Marijó Farias, Alex e Victor Moreira.

Há 35 anos, morria no Rio de Janeiro, o cantor Blecaute, que nasceu no dia 5 de dezembro de 1919.