Mister Supranational Brasil de 2019

Ítalo Cerqueira e Luan Antonelli (Foto: Taisa Belfort)

O Mister Supranational Brasil aconteceu anteontem, em Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, o vencedor foi Ítalo Cerqueira da Paraíba. Aliás, ele está mais um tatame do que para uma passarela. Ele bonito, mas falta porte de mister. O segundo lugar ficou com Luan Antonelli de Santa Catarina e virou Mister Internacional Brasil e o 3º lugar foi para Matheus Giora da Baixada Santista e é Mister Manhunt Brasil. Também participará do Mister Manhunt, o Mister Fernando de Noronha, Cuca Souza. Participaram do concurso 40 candidatos.

Matheus Giora é o Mister Manhunt Brasil e Cuca Souza Mister Manhunt Fernando de Noronha (Fotos: Taisa Belfort)

Gustavo Jobbs era um charme na passarela (Fotos: Face e Taisa Belfort)

Não entendi Gustavo Jobbs de Goiás, não ter ficado no Top 5, e Joaldo Gonçalves de Sergipe e Bruno Consoni de São Paulo Capital não terem ficado no Top 10. Gleidson Minarini de Minas Gerais poderia ter ficado no Top 3. As bermudas tiraram o glamour dos bofes. Que marmota era aquilo? Os meninos ficaram feios e desengonçados. Tenho que reconhecer que os concursos de beleza mudaram. Beleza física não é mais o foco. Sorry, periferia.

Os injustiçados Gleidson Minarini de Minas Gerais e Bruno Consoni de São Paulo Capital (Fotos: Taisa Belfort)