Fernando Machado

Blog

Tag saladas

Novo Cardápio do Solar do Douro

A executiva gastronômica Luanda Guerra recebeu, segunda-feira, um grupo de jornalistas e blogueiros, para degustar o novo cardápio do restaurante Solar do Douro, localizado no JCPM Trade Center, no Pina, harmonizado com vinhos da Quinta Maria Izabel. No cardápio rezava 26 itens criados pelo chef Wellington Olimpio. Como entrada berinjela à Veneza Brasileira e Filetinho dos Navegantes.

João Alberto, Sheila Wanderley, Luanda Guerra, Carla Seixas, Flávia de Gusmão e Bruno Albertim (Foto: Fernando Machado)

Como saladas tínhamos a de Salmão (Mix de folhas, salmão em cubos grelhados, manga em cubos, tomates confitados, parmesão e molho Aioli de manjericão) e Thai era composta de alface americana, acelga, pimentões confitados, camarões mornos, gergelim torrado e molho tarê. Foram apresentados três pratos lights: Frango Poço da Panela, Pescada Parnamirim e Polpettrones Apipucos.

Clarissa Chagas, chef Leandro Ricardo e Mylenna Luz (Foto: Fernando Machado)

Depois vieram as massas. Ravioli Bom Jesus, Canelone Marco Zero e E como não podia faltar surgiu o Risoto Casa Forte (pato confitado destrinchado envolvido com risoto de parmesão com leve toque de molho de vinho) e o Risoto Boa Viagem (clássico risoto de camarão com tomates pelados e ervilhas). Em ralação aos peixes tivemos pescada Calhetas, salmão dos Corais e bacalhau Serrambi.

Iago Torres, Amanda Urbano, Breno Araújo e Camila Ferraz (Foto: Fernando Machado)

No item Frutos do Mar foram servidos Arroz de Polvo Muro Alto e Camarão Carneiros. Quanto às aves degustamos Frango Cais José Estelita (filé de peito de frango recheado com espinafre, mozarela, manteiga comm ervas empanado em farinha de pão com alho, servido com batatas parisienses e arroz com bacon. Não esquecer o Pato a Poivre (coxa de pato marinado e cozido em baixa temperatura, servido com batatas rústicas e arroz de alho poro).

Mariana Moreira, Jéssica Cavalcanti, Bruno Reis, Barbara Malheiros e Caio Niceas (Foto: Fernando Machado)

No quesito carnes: Filé Rio Branco (filé mignon em lascas ao molho de vinho Cabernet, servido com risoto de parmesão), Filé Capibaribe (escalope de filé mingnon ao molho rôti com cachaça, servido com risoto assado com cebolinho e açafrão) além de Bracciola Paço Alfandega (filé mignon com recheio de parmesão, mozarela, chouriço, croutons, tomate, cebola roxa e manjericão, servido com feituccine ao queijo com molhode rôti.

O chef Wellington Olimpio (Foto: Fernando Machado)

E encerrando este festival gastronômico, o chef Wellington apresentou Bricelet Bonfim (tradicional biscoito das freiras servido com sorvete de creme e calda de choicolate); Queijadinha Sítio da Trindade (queijadinha especial feita na casa servida com sorvete de creme); Torre Malakoff (mil folhas preparada com massa folhada recheada com doce de leite aromatizado com anis servido com sorvete de creme), e Cheesecake Aflitos (tradicional torta à base de queijo e biscoito com frutas vermelhas e farofa de crumble).

Anotações do Cotidiano

Maria Elisa Schuler ao ler ontem, nosso post sobre a Quinta Avenida fez uma viagem ao passado. “Realmente, caminhar pela Quinta Avenida nesta época é um “colírio para os olhos”, apesar do frio intenso. Já tive o grande prazer de passar um réveillon em Nova York, vendo os fogos no Central Park. Foi um jantar inesquecível com minhas amigas Lucia Helena Santos, Cristina Tude e Maria Amélia Cavalcanti.”

O chef André Falcão (Foto: Divulgação)

O chef André Falcão promove curso sobre Saladas, no seu La Pasta Galleria, em Poço da Panela, amanhã às 19h. O curso abordará a preparação desses alimentos, sem abrir mão do sabor e da textura icônicos de ingredientes utilizados na culinária italiana. Inscrições R$ 100 por pessoa, e podem ser feitas pelo telefone: (81) 3037.0149 ou no restaurante.

Boa Viagem ganha frango crocante

O Recife, ou melhor, Boa Viagem, ganhou desde dezembro a primeira lanchonete de frango crocante, suculento e sem vestígios de gordura. Estamos nos referindo ao Holy Frango Crocante, de Anderson Sadashi e Rodrigo Magero. A lanchonete é inspirada no modelo de rapidez do fast-food, estilo KFC, norte-americano, mas adaptada para o mercado Recifense. A Holy Frango Crocante é uma ótima opção para almoço, happy hour e jantar, já que ela funciona de domingo a domingo, das 11h às 23h.


Rodrigo Maero, Jaqueline Damasceno e Anderson Sadashi (Foto: Fernando Machado)

No cardápio da Holy existem várias opções de petiscos (holysticos), refeições (executivos Holy), sanduíches e saladas que incluem o frango crocante. Porém, o carro-chefe da casa são os baldes com pedaços de frango extremamente crocante, acompanhados com um dos molhos exclusivos da casa (barbecue, mostarda com mel, maionese apimentada e oriental). A consultora e gerente do estabelecimento é a paulista Jaqueline Damasceno.


Paullo Almeida, Tomaz Vieira, Alexandra Rezende, Rodrigo Magero, Jaqueline Damasceno e Anderson Sadashi (Foto: Fernando Machado)

A ambientação foi grifada pelo arquiteto Eric Perman, especialista neste setor, que aproveitou os 80m², para disponibilziar 10 mesas de quatro lugares. Nas paredes mini posters de Nova Iorque, com foco para a Times Square. No inicio a Holy Frango Crocante estava prevista apenas para atender o público que fosse ao estabelecimento, mas devido à grande procura já conta, inclusive, com o serviço de entrega. Informações pelo fone 3040.3636.